Mas e o Grêmio?


Está difícil ver o Grêmio jogar, ontem contra o Ceará o time levou um gol aos 40 segundos de jogo e ainda por cima contra – mais isso é do futebol – logo após tentou esboçar uma reação, que resultou em bolas alçadas para área sem muito objetivo. Acabou achando um gol, o Ceará devolveu o presente do inicio do jogo, fazendo contra. Mas pior que o resultado do jogo que acabou ficando 2X1 para o Ceará, que marcou aos 42 do segundo tempo, é ver a atitude do Grêmio, Douglas e Souza não marcam, deixando os volantes adversários livres, ai complica e acaba estourando na zaga que também anda com sérias dificuldades. Não sei se essa idéia de marcação é uma cultura aqui do sul, mas o mínimo que se espera quando um jogador de ataque perde a bola, que pelo menos cerque o adversário não precisa dar carrinho nem dividir bola com cara, mas mostrar atitude vontade, o que vimos em campo ontem foi uma atitude displicente principalmente do Douglas, que ao ser substituído saiu de campo caminhando. As vezes penso que seria bom ter no Grêmio mais jogadores Gaúchos, talvez estes teriam a consciência que para nós futebol é coisa séria e que falta de vontade, displicência e corpo mole lá pras bandas do Alegrete é no mínimo punível com “degolamento” na praça.

Anúncios