Livro – Blues, Da Lama a Fama


“Os blues são as raízes e as outras músicas são os frutos. É bom manter as raízes vivas, porque isso significa melhores frutos para o futuro”, disse Willie Dixon que compôs clássicos como Hoochie Coochie Man, representado abaixo na voz de Muddy Waters.
Escrito pelo crítico Roberto Muggiati, Blues – Da Lama a Fama conta a história deste secular gênero da música norte-americana que hoje está difundida em cada continente e nos mais diversos países. Tratando das origens, sua consequente evolução (nos anos 40 quando deixou de ser rural e passou a ser elétrico), abrangendo também a redescoberta nos anos 1960 de blueseiros há muito esquecidos e que foram resgatados pelos jovens ingleses que viriam a ser ídolos da geração seguinte. Bandas como Rolling Stones, Yardbirds e The Who.
O livro também aborda o blues no Brasil além de trazer a biografia de artistas fundamentais para o gênero como Muddy Waters, Robert Johnson, Howlin’ Wolf e BB King. Editora 34, 224 páginas.
Abaixo, dois inigualáveis representantes:

Anúncios