Esporte Bretão United: À procura de Eric / Maldito Futebol Clube


Lado A – À Procura de Eric (Looking for Eric) 2009
Em tempos de equipes mal estruturadas que se agarram em ídolos do passado como tábua da salvação (vide Brasil, Argentina e o próprio Grêmio) o filme de Ken Loach vem bem a calhar.
Eric (Steve Evets) encontra-se em uma crise pessoal com baixa auto-estima, sentimentos mal-resolvidos por sua ex-mulher e tomando conta de seus dois enteados. A solução encontrada parece ser a mesma dos times citados anteriormente.
O carteiro fanático pelo Manchester United passa a buscar conselhos do seu ídolo, o imaginário Eric Cantona (interpretando a ele mesmo) – imaginário pois somente o torcedor consegue vê-lo, ao contrário de seus amigos que pensam que ele tem problemas mais sérios ainda. Cantona passa a dar conselhos ao seu xará que culminam com uma seqüência inesquecível durante uma operação contra gângsteres que o ameaçavam.
É a história não só de Eric, o carteiro, mas de tantos clubes de futebol que buscam em tempos de glória a solução para um presente pouco glorioso.

Lado B – Maldito Futebol Clube (The Damned United) 2009
Quando Dom Revie (Colm Meaney) é convidado para treinar a seleção inglesa em 1974, o ex-artilheiro inglês e agora técnico, Brian Clough (Michael Sheen) é contratado para ocupar seu lugar. O detalhe é que meses antes, enquanto Clough treinava o Derby County, ele criticara duramente a maneira que a equipe do Leeds United jogava (ao seu entender, muitas vezes violenta e desonesta) além do fato de encarar Revie como um desafeto devido aos confrontos anteriores das duas equipes. Carismático e ao mesmo tempo controverso, ele entra em conflito com os jogadores que não aceitam seu comando e buscam referências no antigo treinador enquanto ele recebe duras críticas da torcida, imprensa e dos próprios dirigentes do clube.
O filme é rico em detalhes quando se trata da estilização de época. Carros, roupas e cabelos fielmente de acordo com o período retratado além da competente mistura de dramatização e imagens reais recuperadas dos jogos no período relâmpago de 44 dias em que a equipe foi treinada por Clough. O filme é baseado no livro de David Peace (The Damned Utd) com alguns fatos livremente adaptados para melhor se encaixarem no formato cinebiografia.
Exceção feita a esta passagem pelo Leeds United, Brian Clough executou um trabalho memorável por outros dois times ingleses. Assistam e depois respondam se vestiário não derruba treinador.

Anúncios