A onda dos Remakes


Já faz algum tempo que a indústria cinematográfica vem sendo criticada pela falta de criatividade em seus filmes. Recentemente duas produções suecas – não, não são os tão falados filmes suecos para adultos, trata-se do ótimo Deixe Ela Entrar e da trilogia Os homens que odiavam as mulheres – ganharam remakes hollywoodianos, atualmente em produção.
Para os defensores do formato este recurso atualiza a história em questão aproximando o público mais jovem que dificilmente teria interesse em um filme de um tempo em que ele nem era nascido. Mas isto por si só nem sempre é sinônimo de qualidade.
Vou inaugurar uma série de posts com alguns dos mais célebres e também, porque não, dispensáveis remakes já feitos.