LP – Rancid: … and out come the wolves 1995


O terceiro disco dos californianos do Rancid, é – ao lado de Dookie (Green Day) e Smash (The Offspring), um dos responsáveis pelo revival que o punk rock teve na década de 1990. Parcialmente gravado no Electric Lady Studios (concebido por Jimi Hendrix em Nova Iorque) este álbum foi lançado em agosto de 1995 e chegou a ocupar a posição 45 da Billboard além de emplacar videoclipes na MTV.
Misturando ska e hardcore a banda lançou um disco fundamental em toda e qualquer discoteca. Destaque para “Time Bomb”, “Ruby Soho” e “Roots Radicals”. A arte da capa foi inspirada em outra referência do hardcore, os americanos do Minor Threat – no caso, o EP First Two 7″s on a 12″ de 1984.

01. “Maxwell Murder” 1:25
02. “The 11th Hour” 2:28
03. “Roots Radicals” 2:47
04. “Time Bomb” 2:24
05. “Olympia WA.” 3:30
06. “Lock, Step & Gone” 2:25
07. “Junkie Man” 3:04
08. “Listed M.I.A.” 2:22
09. “Ruby Soho” 2:37
10. “Daily City Train” 3:21
11. “Journey to the End of the East Bay” 3:11
12. “She’s Automatic” 1:35
13. “Old Friend” 2:53
14. “Disorder and Disarray” 2:49
15. “The Wars End” 1:53
16. “You Don’t Care Nothin'” 2:28
17. “As Wicked” 2:40
18. “Avenues & Alleyways” 3:11
19. “The Way I Feel” 2:34