LP/CD – Ramones: Leave Home 1977


Os Ramones foram para o estúdio Sundragon no final de outubro de 1976 num processo que, a exemplo do primeiro disco, obedeceu a ordem em que as músicas foram compostas na intenção de mostrar a evolução no som da banda. Aliás, praticamente as 30 primeiras músicas que a banda gravou haviam sido compostas antes da assinatura do contrato com a Sire.

A diferença entre um álbum e outro ficou por conta da produção, desta vez, a cargo de Tony Bongiovi (produtor veterano da Motown) que havia trabalhado com Tommy Ramone em Band of Gypsys de Jimi Hendrix.

Leave Home foi lançado em 10 de janeiro de 1977 com 30 minutos e 49 segundos de duração. O primeiro single de divulgação seria Carbona Not Glue (Carbona não é cola) que acabou sendo retirada do disco (no total, 5 mil cópias haviam sido produzidas) para evitar um processo por parte do fabricante do produto.

No Reino Unido foi incluída Babysitter em seu lugar e em outra prensagem, destinada ao mercado americano, Sheena is a Punk Rocker que chegou ao Top 40 na Inglaterra no formato de single – e mais tarde, naquele mesmo ano, acabaria sendo lançada em Rocket to Russia.

Carbona ficaria no limbo por vários anos aparecendo na versão americana de Loco Live (1991), em 2001 na reedição de Leave Home em cd além do box Anthology e de alguns relançamentos em vinil Picture Disc. A coletânea de 1990 (All the stuff and more vol 1) incluiria a versão americana de Leave Home, com Babysitter como bônus.

Musicalmente, o álbum funciona como um lado B de Ramones (1976) (nesta lógica, All the Stuff 1 faz todo sentido). Comparando faixa a faixa, a cheiração de cola de Now i wanna sniff some glue é tema na censurada Carbona not Glue e Judy is a Punk dá lugar a Suzy is a Headbanger.

A cover da vez é California Sun dos The Rivieras que já era tocada em alguns shows da banda assim como I Fought the Law de Bobby Fuller que acabou não sendo gravada (o The Clash gravou-a dois anos mais tarde).

Se no disco anterior eles fizeram uma ingênua declaração de amor em I wanna be your boyfriend, aqui eles criaram uma ode ao fim do relacionamento em Glad to see you go (letra de Dee Dee para sua ex-namorada Connie) e You’re Gonna Kill That Girl deve ter ofendido tanto quanto Beat on the Brat.

You Should Never Have Opened That Door, inspirada novamente em filmes de terror B, é uma parceria inusitada entre Dee Dee e Johnny e Commando, uma das preferidas ao vivo com regras como ‘ser legal com a mamãe’ e ‘não falar com comunistas’- coverizada pelos Ratos de Porão no disco Anarkophobia.

E ainda havia Pinhead (retardado). Inspirado em um filme, o clássico cult Freaks de 1932, onde é entoado o canto “Gooble gabba, gooble gabba – we accept you, one of us” que Dee Dee simplificou para Gabba Gabba Hey.

Esta música passou a ser tocada no final dos shows da banda. Sempre que a música se aproximava do fim, o roadie que cuidava da bateria entrava no palco com a máscara de Pinhead e uma placa com o famoso slogan. Arturo Vega (diretor de arte da banda) foi o primeiro pinhead em um show em São Francisco (28 de dezembro de 1978), no entanto, Dee Dee detestava tocá-la.

Segundo ele, em depoimento a Legs McNeil no livro Mate-me por favor: “A coisa que estava me levando à loucura era tocar a maldita “Pinhead” toda noite. Meus dentes ficaram lascados porque eu tinha que cantar o refrão de “Pinhead”. A gente tinha um roadie que pesava cento e quarenta quilos – o nome dele era Bubbles, e ele vestia a máscara e a roupa de “Pinhead”. Mas ele era tão gordo que, quando pulava no palco, o palco inteiro tremia e o microfone em que eu estava cantando batia na minha boca. Eu odiava aquela maldita canção. Fico muito satisfeito por não ter mais que tocá-la toda noite. A única coisa boa a respeito daquilo é que eu pensava: “Deixa eu tocar essa maldita canção, que aí posso dar o fora daqui”.

A reedição de 2001 em CD continha como bônus, além de “Babysitter”, um show gravado ao vivo no Roxy, Hollywood, em 12 de agosto de 1976. Este show ficou famoso pois já aparecia em bootlegs da banda como Beating Brats in LA, Live at The Roxy, Raisin Hell e Hey, Ho… It Was 20 Years Ago ganhando agora uma versão definitiva e com mais qualidade que inclui Today your love, tomorrow the world (não creditada em alguns dos discos não oficiais).

Ficha Técnica:
Sire Records – produzido por Tony Bongiovi e Ed Stasium (engenheiro)

Joey Ramone – vocal
Johnny Ramone – guitarra
Dee Dee Ramone – baixo, backing vocal
Tommy Ramone – bateria

Letra das músicas
Partituras

Edição Original (Sire Records)
Lado A:
01. “Glad to See You Go” – 2:10 (Dee Dee Ramone, Joey Ramone)
02. “Gimme Gimme Shock Treatment” – 1:38 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)
03. “I Remember You” – 2:15 (Joey Ramone)
04. “Oh, Oh, I Love Her So” – 2:03 (Joey Ramone)
05. “Carbona Not Glue” – 1:56 (Dee Dee Ramone) – Babysitter (UK) e Sheena is a Punk Rocker (USA)
06. “Suzy Is a Headbanger” – 2:08 (Dee Dee Ramone, Joey Ramone)
07. “Pinhead” – 2:42 (Dee Dee Ramone)
Lado B:
08. “Now I Wanna Be a Good Boy” – 2:10 (Dee Dee Ramone)
09. “Swallow My Pride” – 2:03 (Joey Ramone)
10. “What’s Your Game” – 2:33 (Joey Ramone)
11. “California Sun” – 1:58 (Henry Glover, Morris Levy)
12. “Commando” – 1:51 (Dee Dee Ramone)
13. “You’re Gonna Kill That Girl” – 2:36 (Joey Ramone)
14. “You Should Never Have Opened That Door” – 1:54 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)


Prensagem Inglesa
R-2032746-1291126926R-2032746-1291126938

Prensagem da AIM
R-1771276-1315146554R-1771276-1315147200

Edição Picture Disc com Carbona not Glue

Edição da Sire com Babysitter

Edição em K7
ramones-leavehomek7ramones-leavehomek7 2

Edição 8 Track
ramones_leave

Edição em CD


ramones-leavehome2000 (1)ramones - leavehomecd (1)
ramones-leavehomecd (1)ramones-leavehomecd (2)
ramones-leavehomebrasil1ramones-leavehomebrasil2ramones-leavehomebrasil3ramones-leavehomebrasil4

Edição da Rhino em CD de 2001
Com exceção de “Babysitter” (faixa 15), todas as músicas foram gravadas ao vivo no Roxy, Hollywood, em 12 de agosto de 1976.
15. “Babysitter” – 2:44 (Joey Ramone)
16. “Loudmouth” – 2:08 (Ramones)
17. “Beat on the Brat” – 2:36 (Joey Ramone)
18. “Blitzkrieg Bop” – 2:13 (Tommy Ramone, Dee Dee Ramone)
19. “I Remember You” – 2:17 (Joey Ramone)
20. “Glad to See You Go” – 2:03 (lyrics by Dee Dee Ramone, music by Joey Ramone)
21. “Chain Saw” 1:51 (Joey Ramone)
22. “53rd & 3rd” – 2:27 (Dee Dee Ramone)
23. “I Wanna Be Your Boyfriend” – 2:22 (Tommy Ramone)
24. “Havana Affair” 1:53 (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone)
25. “Listen to My Heart” – 1:47 (Dee Dee Ramone)
26. “California Sun” – 1:58 (Henry Glover / Morris Levy)
27. “Judy Is a Punk” – 1:23 (Joey Ramone)
29. “I Don’t Wanna Walk Around With You” – 1:31 (Dee Dee Ramone)
30. “Today Your Love, Tomorrow the World” – 2:52 (Dee Dee Ramone)
31. “Now I Wanna Sniff Some Glue” – 1:28 (Dee Dee Ramone)
32. “Let’s Dance” – 1:06 (Jim Lee)
ramones-leavehomerhino2001 (1)ramones-leavehomerhino2001 (2)
ramones-leavehomerhino2001 (3)
ramones-leavehomerhino2001 (4)
ramones-leavehomerhino2001 (5)
ramones-leavehomerhino2001 (6)
ramones-leavehomerhino2001 (7)
ramones-leavehomerhino2001 (8)
ramones-leavehomerhino2001 (9)
ramones-leavehomerhino2001 (10)
ramones-leavehomerhino2001 (11)
ramones-leavehomerhino2001 (12)
ramones-leavehomerhino2001 (13)ramones-leavehomerhino2001 (14)
ramones-leavehomerhino2001 (15)

O disco fez parte ainda de uma compilação dupla que incluía as músicas da versão original e a íntegra de Road to Ruin com alguns bônus ao final:
Leave Home - Road to Ruin 1
Leave Home - Road to Ruin 2
Leave Home - Road to Ruin 3
Leave Home - Road to Ruin 5Leave Home - Road to Ruin 4
Leave Home - Road to Ruin 6

Edição da Rhino em LP de 2011
As 14 Músicas da prensagem original (exceto Carbona not Glue trocada por Sheena is a Punk Rocker) + EP 7″ Bônus:
01. “Swallow My Pride”
02. ”Pinhead”

O disco também fez parte da compilação dupla da Sire Records intitulada All The Stuff and More Vol 1 (1990) que incluía ainda a íntegra do primeiro álbum, Ramones (1976).
As 14 músicas da edição original (exceto Carbona not Glue trocada por Sheena is a Punk Rocker) + Bônus:
15. “Babysitter” – 2:45 – inicialmente incluída na segunda prensagem inglesa do álbum
16. “California Sun” [Live] (Henry Glover / Morris Levy) – 1:45
17. “I Don’t Wanna Walk Around With You” [Live] (Dee Dee Ramone) – 1:35


Singles:










usa7083usa7084
spain70097boot020
7boot014ramones-suzy-is-a-headbanger-big
ita7003jap704
The-Ramones-Swallow-My-Pride-573745

Mais sobre o disco*:

  • artigos publicados na revista Metal Head Especial nº 11 e General Especial.

promo 3promo 2
promo





Anúncios