Livro – Commando: the Autobiography of Johnny Ramone


Escrita pelo próprio Johnny Ramone a biografia teve edição de John Cafiero e a ajuda de Steve Miller e Henry Rollins como co-editores. O prefácio ficou por conta do baterista original e produtor dos Ramones, Tommy Ramone além da filha de Elvis Presley, Lisa Marie, que assina o epílogo.

As diversas fotos e o acabamento luxuoso do livro se destacam mas sem perder espaço/interesse para o que Johnny tinha pra contar. Sua infância proletária e delinquente em Nova Iorque, o gosto pela música e pelo beisebol, o começo dos Ramones e as turnês intermináveis.

Se no documentário End of the Century ele se esquivara de alguns temas, aqui a urgência da doença evita adiamentos. Johnny detalha tanto o famoso incidente com Linda (na época, namorada de Joey) quanto seus modus operandi de gerenciar a banda e seu relacionamento com os demais integrantes do grupo.

Organizado, ele mantinha registros detalhados de cada uma das 2263 apresentações da banda (o livro reproduz algumas páginas de suas agendas) as quais se referia dizendo ‘temos outro trabalho pela frente’ ao invés de ‘temos mais um show…’.

Logo no começo da banda já havia um plano para se aposentar e segundo o próprio guitarrista, foi com o final da banda que eles começaram a ganhar dinheiro de verdade com o licenciamento de produtos e o saudosismo dos fãs.

As músicas dos Ramones sempre foram rápidas, sinceras e iam direto ao ponto. Commando: the Autobiography of Johnny Ramone não poderia ser diferente. Editora Abrams Image, 192 páginas, em Inglês.

commando germany postcard 1commando germany postcard 2
ramones-billboard29abr2012-0
ramones-billboard29abr2012-1ramones-billboard29abr2012-2
ramones-billboard29abr2012-3ramones-billboard29abr2012-4


Anúncios