Livro – On the Road with The Ramones


Se os três mosqueteiros eram, na verdade, quatro os Ramones na realidade eram cinco. Se ao longo dos 22 anos de carreira existiram mudanças de empresário, baixista e, em maior número, baterista uma das posições que permaneceram inalteradas até a separação da banda em 1996 foi a do gerente de turnê e fiel escudeiro Monte Melnick.

Monte foi o responsável não só por dirigir a agenda da banda ao longo da carreira como literalmente dirigia a van que os conduzia em sua turnê nonstop que durou mais de duas décadas e 2263 shows.

Amigo de longa data de Tommy Ramone que seria o baterista nos três primeiros álbuns (Ramones – 1976; Leave Home e Rocket to Russia – 1977) Monte reúne aqui não só suas memórias como boa parte da família ramone.

A lista é longa e não é pra menos. Dos tantos livros já lançados, On the Road with the Ramones, examina como poucos as entranhas desta banda tão avessa aos estrelismos típicos dos rockstars e tão fiel a seu estilo próprio mantendo sua identidade imutável do começo ao fim.

Empresários (Danny Fields e Gary Kurfirst), artistas responsáveis pelo conceito gráfico e pela capa dos discos (Arturo Vega, Bob Gruen, John Holmstrom e George DuBose), músicos (Andy Shernoff e Chris Stein), produtores (Daniel Rey e Ed Stasium), familiares (a mãe, o irmão e a ex-namorada de Joey Ramone, a viúva e a ex-esposa de Dee Dee Ramone) além de técnicos de som, roadies e outros profissionais que faziam a banda funcionar ajudam o autor e Frank Meyer a contar o dia-a-dia do quarteto.

Graficamente a publicação (já na segunda edição) também se diferencia das demais. A ilustração da capa é de John Holmstron, responsável pela arte da capa de Road to Ruin e na contracapa de Rocket to Russia. A reprodução de inúmeras fotos de bastidor até então inéditas, flyers e credenciais de diversos shows e os esquemas de palco e exigências de hotel e camarim dão um panorama interessante de como era ser um ramone.

Nada mais justo que no final do livro Monte ainda listasse as datas de todos os shows feitos de 1974 a 1996. O prefácio é do próprio Tommy Ramone, único integrante original ainda vivo. Bobcat Books, 312 páginas, em inglês.

Anúncios