CJ Ramone em dose tripla no sul



Domingo é dia de missa e no dia 16/9/2012 os fãs de Ramones puderam entoar seus hinos de louvor em cerimônia conduzida por CJ Ramone em pessoa.

A turnê pela América do Sul começou por Estância Velha, cidade próxima da capital gaúcha. Lá, dois grupos de fãs eram maioria: o primeiro (me incluo aí) lamenta-se por não ter ido a um show da banda enquanto teve chance. O segundo grupo, lamenta não ter nascido antes e só descobrir a banda muito depois deles terem se separado.

Foi a chance de todos se redimirem por seus pecados começando pelo one, two, three, four de Judy is a Punk. O show seguiu com Blitzkrieg Bop, Psycho Therapy, Listen to my Heart e canções mais hardcore como Endless Vacation e Wart Hog.

Acompanhado de Michael Stamberg (bateria) e Steve Soto em uma das guitarras o sucessor de Dee Dee Ramone tocou ainda músicas de seu novo cd (Reconquista) – tributo a santíssima trindade (Joey, Johnny e Dee Dee).

Na van de volta a Porto Alegre tocava Cretin Hop e foi impossível não lembrar daquele episódio da banda na Argentina, ilustrado em Lifestyles of the Ramones.

Setlist:
Judy is a Punk/ Beat on the Brat/ Blitzkrieg Bop/ Cretin Hop/ What we gonna do now?/ Endless Vacation/ Listen to my heart/ She’s the One/ You’re the only one/ Sheena is a punk rocker/ Psycho Therapy/ I don’t wanna walk around with you/ Ghost ring/ Commando/ I Wanna be your boyfriend/ Glad to see you go/ Strength to endure/ Waiting for my man/ I wanna be sedated/ Aloha Oe/ Pinhead/ Three Angels/ Do you Wanna Dance/ California Sun/ R.A.M.O.N.E.S.

No dia seguinte foi a vez de um grupo de fãs poder entrevistar o baixista em um programa de tv local. CJ, bem humorado respondeu a todos eles e na saída ainda posou para fotos e autografou discos. Deu tempo ainda de ser entrevistado para uma rádio e para uma webrádio.

A tarefa parecia ter sido cumprida, afinal, ir ao show e acompanhar o baixista em um programa de tv já estava de bom tamanho. Eis que a providência divina se encarregou de uma grata surpresa pois os Ratos de Porão tocariam em Porto Alegre na noite daquela segunda-feira. E se domingo foi dia de missa, na segunda foi a noite da benção.

Em 1991 o vocalista do RDP, João Gordo, havia cantado Commando com os Ramones em São Paulo a convite do quarteto. Chegava a hora de retribuir o convite e no palco do Opinião, CJ tocou baixo na mesma música para delírio dos presentes. Agora sim, missão cumprida.


Anúncios