Livro – The Clash, o futuro não está escrito 1992


livro - the clashTão curto quanto a carreira da banda, The Clash, o futuro não está escrito é uma publicação rara a tratar da história do grupo surgido na Inglaterra no final dos anos 1970.

Àquela altura Joe Strummer já tinha certa experiência com a banda The 101’ers. Ao lado de Mick Jones, Paul Simonon e mais tarde, Topper Headon, Strummer foi co-responsável por dar um ar mais politizado ao punk britânico que nascia com os Sex Pistols, Buzzcocks e o próprio The Clash.

A inclinação da banda pelo ska e pelo dub os diferenciaram dos demais. Mas não apenas isto, deixaram também álbuns clássicos como The Clash (1977), Give ‘Em Enough Rope (1978), o duplo London Calling (1979), o triplo Sandinista! (1980) e o absoluto Combat Rock (1982).

Após apenas 10 anos (1976-1986) o The Clash acabaria e cada um seguiria seu destino. Joe Strummer primeiro em carreira solo e depois em projetos com os The Latino Rockabilly War e The Mescaleros. Mick Jones com o Big Audio Dynamite. Paul Simonon só recentemente tocou o The Good The Bad and The Queen ao lado de Damon Albarn do Blur/Gorillaz.

Esta edição lançada em Portugal em 1992, infelizmente ainda não encontrou similar no Brasil apesar da importância que o Clash representa na história da música. Editora Fora do Texto, 112 páginas.



Anúncios