Documentário – NY77: The Coolest Year in Hell 2007


ny-77-the-coolest-year-in-hell-3
O ano de 1977 em Nova Iorque começou com um tiroteio no Queens que vitimou os noivos Christine Freund e John Diel. John se recuperou dos ferimentos mas Christine morreria horas mais tarde. A polícia descobriria que David Berkowitz estava por trás deste e de outros atentados que teriam como saldo final 6 pessoas mortas e 8 feridas.

Os crimes do assassino em série que ficou conhecido como Filho de Sam ou Assassino da Calibre 44 tiveram início em julho do ano anterior. Ele acabou capturado em agosto de 1977 e depois de julgado, foi condenado a seis penas de prisão perpétua.

Outro fato marcante daquele ano foi o apagão que entre 13 e 14 de julho deixou praticamente toda a cidade às escuras durante 25 horas o que deu espaço a uma onda de saques e desordem generalizada.

Mas nem só notícias ruins marcariam aquele ano. O grafite e o hip hop tomavam as ruas. CBGB e Studio 54 eram palco para as recém surgidas cenas Punk e Disco. Estes são, aliás, o ponto principal deste documentário concebido para Tv.

NY77: The Coolest Year in Hell faz parte do RockDocs do canal VH1 e foi indicado ao Emmy de 2007. Conta com Geraldo Rivera, Afrika Bambaataa, Chris Stein (Blondie), Richard Hell, Legs McNeil e Tommy Ramone como entrevistados para relembrar aquele momento único.

Os djs da recente cena hip hop promoviam festa nas praças e parques da cidade. O já citado apagão possibilitou que muitos deles dessem um upgrade em seus equipamentos de som – e estes, eram ligados diretamente nos postes em uma época de crise para a polícia local que sofria cortes de efetivo enquanto a cidade sofria com uma administração precária.

Hilly Kristal em seu recém criado CBGB recebia Ramones, Talking Heads, Television, Blondie, Patti Smith e Richard Hell. A Sire Records abrigaria parte desta turma e seus fundadores Seymour Stein e Richard Gottehrer também dão seu testemunho sobre o original movimento de bandas que surgia.

Muitas fotos daquela época usadas pelo diretor Henry Corra são do renomado Bob Gruen que, assim como Richard Hell e Arturo Vega, retrata o que viu naquele ano memorável.

Ficha Técnica:
RockDocks – produzido pela VH1

Ramones
Joey Ramone – vocal
Johnny Ramone – guitarra
Dee Dee Ramone – baixo, backing vocal
Tommy Ramone – bateria

Richard Hell & the Voidoids
Richard Hell – vocal, baixo
Robert Quine – guitarra, backing vocal
Ivan Julian – guitarra, backing vocal
Marc Bell – bateria

Anúncios