Marcado como: 1965 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 10:00 em 08/10/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1948, 1965, , , , , , , ,   

    Aniversariantes do dia 8 de outubro 

    Era 1989, os Ramones já tinham 15 anos de estrada e eu nem isto de vida. Naquele ano eles lançariam Brain Drain que viria a ser o primeiro disco deles que tive embora só fosse tomar conhecimento deste disco no meu aniversário, três anos depois – atraso típico de quem cresceu em cidade perto de nada, a 100m de lugar nenhum.

    No meu caso, o disco que neste ano garantiria passagem só de ida para o universo ramônico seria outro: Rocket To Russia, uma obra maestra como dizem os hermanos. Era um disco emprestado, sem capa mesmo e com exceção de Surfin’ Bird, todo lado B havia sido inutilizado por éter ou algum outro produto químico inadvertidamente usado na tentativa de limpar o vinil. Não importa, começava pra mim a Ramonesmania.

    Em tantos anos dedicado a obra do quarteto sempre resisti à tentação de adotar o sobrenome Ramone. Ao invés disto, acordo a cada 8 de outubro pensando em como seria montar uma banda com os aniversariantes do dia: Johnny Ramone (1948), CJ Ramone (1965) e Eu (1978). Um power trio mesmo, três gerações, três acordes e tudo resolvido. Aí Johnny, quem sabe um dia?

    156500_421035564620108_2121540545_n

     
  • paulocarames 0:10 em 02/01/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1965, , , Dicionário de Punk e Hardcore, Los Saicos, Os peruanos que inventaram o Punk, , , Wild Teen Punk From Peru 1965   

    LP/CD – Los Saicos: Wild Teen Punk From Peru 1965 (2000) 


    A primeira banda punk da história é peruana e seu som, que lembra muito The Trashmen e The Troggs teria desbancado ainda MC5, Iggy Pop and The Stooges e outros nomes que sempre foram tidos como os pais do punk, inclusive os Ramones.

    Ao menos é o que garante o recém-lançado Dicionário do Punk e Hardcore. A banda dos anos 1960 não chegou a gravar um disco mas lançou seis compactos antes de terminar precocemente.

    A banda foi redescoberta e desde então ganhou um documentário (Saicomania, de Héctor Chávez com participação de Adam Renshaw, fundador da revista Punk, e do próprio Iggy Pop), teve sua obra re-editada e tem sido requisitada para shows tendo tocado na Espanha, México e Argentina.

    Tracklist:
    01 – Come On
    02 – Ana
    03 – Demolicion
    04 – Lonely Star
    05 – Camisa De Fuerza
    06 – Cementerio
    07 – Besando A Otras
    08 – Intensamente
    09 – Te Amo
    10 – (Fugitivo De) Alcatraz
    11 – Salvaje
    12 – El Entierro De Los Gatos


     
  • paulocarames 4:10 em 08/10/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1965, , , , , , , , ,   

    C. J. Ramone (8 de outubro de 1965) 

    Christopher Joseph Ward começou a carreira numa banda de metal chamada Guitar Pete’s Axe Attack com a qual gravou dois discos: Dead Soldier’s Revenge de 1985 e Nitemare de 1986.

    Mas foi em 1989 em sua nova banda é que ele ficou conhecido. Recrutado após diversos testes ele substituiu Dee Dee à frente do baixo dos Ramones e foi logo batizado – CJ Ramone.

    Sua estréia nos palcos foi em 30 de setembro daquele ano em Leicester na Inglaterra durante a turnê do álbum Brain Drain. Em 1991, CJ gravou seu primeiro álbum como um Ramone (Loco Live) e no ano seguinte seu primeiro registro em estúdio (Mondo Bizarro).

    Após o fim da banda ele seguiu em um novo projeto chamado Los Gusanos (que em 1994 havia lançado o EP I’d Love to Save The World e um split com Youth Gone Mad) além do disco Los Gusanos de 1998 produzido por Daniel Rey – produtor de vários discos dos Ramones.

    Em 2000 ele formou a The Warm Jets que teve um single lançado. No ano seguinte eles mudaram o nome para Bad Chopper evitando confusão com uma banda britânica de mesmo nome. Já em 2003 eles lançaram um novo EP (Real Bad Time), e em 2007 um disco que levava o nome do projeto.

    CJ ganhou seu primeiro baixo aos 13 anos e apesar de ter iniciado em uma banda de heavy metal, suas principais influências sempre foram Sid Vicious (Sex Pistols), Paul Simonon (The Clash) e Dee Dee (Ramones).

    Descendente de indígenas, CJ tem interesse particular por este tema e também por tatuagens e motos. Ex-marine americano ele chegou a ser preso por deserção e quase ficou de fora da banda.

    Com a questão legal já resolvida ele foi treinado por Johnny que descreveu o processo: “Eu dizia: CJ, olhe para lá e não para Marc. Olhe para o espelho. Quando você me vir avançando, avance também. Mantenha o baixo abaixo da cintura. Abra as pernas. Olhe pra frente, toque pra frente”.

    CJ e Johnny faziam aniversário na mesma data e no funeral do amigo ele fez questão de manifestar a admiração que tinha pelo parceiro.

    Abaixo você confere alguns vídeos de CJ em ação com Johnny nos Ramones e em carreira solo com Los Gusanos e também Bad Chopper. Detalhe, na entrevista que você vê abaixo o divórcio a que ele se refere é da sobrinha de Marky Ramone com quem era casado.





     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: