Marcado como: 1998 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 10:00 em 28/11/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 1998, , , , , , , , oz, prisão, , violência   

    Série – Oz (1997-2003) 

    Oz - Temporada 1A série criada por Tom Fontana (de Homicide) não tem nada em comum com a obra de L. Frank Baum, O Mágico de Oz.

    A vida em Oswald (Oz como é conhecida), uma prisão de segurança máxima, não tem magia alguma. Um retrato fiel do cotidiano duro das prisões com tensão entre gangues rivais, etnias e religiões que não se toleram e um sistema carcerário incapaz de recuperar os presos.

    A corrupção e a brutalidade dos carcereiros também não ajudam. Dirigida por Leo Glynn, a prisão tem um projeto piloto (chamado Emerald City) conduzido por Tim MacManus onde, como premissa, não é permitido abuso sexual ou drogas em uma tentativa de reintegrar os detentos à sociedade. Claro que não funciona.

    Apesar de cada gangue ter o mesmo número de detentos para evitar que alguma delas se sobressaia, os mafiosos controlam a cozinha, enquanto supremacistas brancos dominam a correspondência e por consequência o contrabando e assim por diante.

    O prisioneiro Augustus Hill é quem narra o cotidiano recheado de abusos, conflitos e mortes. Ainda tem o governador que, sempre que pode, usa o que acontece na prisão para tirar proveito político.

     
  • paulocarames 11:00 em 14/02/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1998, , , , , , , , , Ashton Kutcher, , , Danny Masterson, Debra Jo Rupp, Don Stark, Kurtwood Smith, Laura Prepon, Mila Kunis, , That '70s Show, Topher Grace, Wilmer Valderrama   

    Série – That ’70s Show (1998–2006) 

    that70sshowThat ’70s Show revelou nada menos que Ashton Kutcher, Laura Prepon, Mila Kunis e Topher Grace. O seriado, que durou oito temporadas trazia a rotina diária de Eric, Donna, Hyde, Kelso e Fez no porão da casa de Eric durante os anos 1970. Roupas, gírias e cultura pop (incluindo Star Wars, Kiss e Kramer vs Kramer) recriavam com maestria esta década tornando a série uma das melhores comédias já feitas.

    Eric Forman (Grace) e Donna Pinciotti (Prepon) são vizinhos e o casal foco do seriado enquanto Michael Kelso (Kutcher) é um pateta por completo e está sempre se metendo em encrencas por causa da sua falta de noção. Ele começa a namorar com Jackie Burkhardt (Kunis) que logo é incorporada a trupe. Apesar do namoro ele frequentemente sai com outras garotas, inclusive a irmã de Eric.

    Já Red Forman é um veterano de guerra que superprotege a filha e maltrata o filho aos gritos de idiota, imbecil ou sob ameaças de um pontapé no traseiro. Conservador e anti-comunista ferrenho ele é casado com Kitty, uma enfermeira com uma queda por uma bebidinha pra esquecer os problemas.

    Já Fez é um estudante estrangeiro de intercâmbio. Seu nome verdadeiro ou seu país de origem jamais são revelados. Ainda assim, ele sofre com as piadas constantes e depreciativas numa época que precede o comportamento politicamente correto.

    Ao longo das oito temporadas Bruce Willis, Lindsay Lohan e Luke Wilson fizeram pontas memoráveis. Já Tommy Chong teve um personagem de destaque que em muito lembrava sua atuação no filme Queimando Tudo (1978). A maconha, tema do filme, era um dos motivos das frequentes reuniões da turma no porão dos Forman.


     
  • paulocarames 12:30 em 01/09/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1998, adam griff, Award Productions, big john chadwick, , , , , Dare Studio, ed lynch, , , , , ,   

    CD – Los Gusanos: Los Gusanos 1998 


    CJ Ramone mantinha o Los Gusanos como projeto paralelo desde 1992. Só com a separação dos Ramones em 1996 é que o projeto virou trampo em tempo integral. Assinando como CJ Ward, após lançar alguns singles, eles lançaram este disco em 1998. No entanto, a banda acabou logo em seguida devido a uma série de desentendimentos e troca de integrantes.

    É um bom disco de hard rock (não confundir com glam rock) que lembra mais sua primeira banda (Guitar Pete’s Axe Attack) e tem pouco dos Ramones – só lembrando, ele nem assinava mais com o famoso sobrenome.

    Nem por isto é um disco ruim. Exceção feita por Dead Man’s Curve (cover de 1964 de Jan and Dean) as demais canções são todas autoria de CJ e cia. Blue Sky e Low são, de longe, os destaques do disco.

    A exemplo do que aconteceu com Don’t Blame Me do também ex-Ramone, Marc Bell, Los Gusanos teve no lançamento brasileiro arte diferente da versão feita lá fora. A produção, como quase tudo feito pelos Ramones pós 1996, ficou a cargo de Daniel Rey e as gravações feitas Dare Studios, em Nova Iorque.

    Ficha Técnica:
    Award Productions – produzido por Daniel Rey

    C.J. Ward – guitarra e vocal
    “Dirty” Ed Lynch – guitarra
    “Big John” Chadwick – baixo
    Adam (Griff) Griffin – bateria

    Traklist:
    01. “Bad Day” (Los Gusanos) – 2:58
    02. “Carve Your Name” (Los Gusanos) – 2:56
    03. “Hellodorado” (Los Gusanos) – 2:18
    04. “Strip” (Los Gusanos) – 4:13
    05. “Dead Man’s Curve” (Jan Berry/Roger Christian/Brian Wilson/Artie Kornfeld) – 3:06
    06. “Blue Sky” (Los Gusanos) – 4:18
    07. “Burnin'” (Los Gusanos) – 1:45
    08. “Reciprocal” (Los Gusanos) – 3:35
    09. “Low” (Los Gusanos) – 3:26
    10. “Go Again” (Los Gusanos) – 2:42
    11. “Arizona” (Los Gusanos) – 3:28
    12. “On My Way” (Los Gusanos) – 4:18


    Versão Brasileira lançada pela Paradoxx:




    Singles*:






    cj013cj004




    Los Gusanos - 1994 - I'd Love to Save The World aLos Gusanos - 1994 - I'd Love to Save The World b
    Los Gusanos - 1994 - I'd Love to Save The World fLos Gusanos - 1994 - I'd Love to Save The World e
    Los Gusanos - 1994 - I'd Love to Save The World g
    *cortesia Marcus Pádula

     
  • paulocarames 18:21 em 07/07/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1998, , Blitzkrieg Over You!: A Tribute to the Ramones, , , , , Nasty Vinyl Records, , , , , ,   

    LP/CD – VA: Blitzkrieg Over You!: A Tribute to the Ramones 1998 


    Tributo que saiu pouco tempo após a separação dos Ramones. A empreitada é da Nasty Vinyl, selo alemão que reuniu artistas de peso como Die Toten Hosen, Nina Hagen e Motorhead.

    De quebra, Joey Ramone participa da versão encorpada de Blitzkrieg Bop que abre o disco e Dee Dee faz companhia a Nina Hagen. A cena underground também foi bem representada pelos alemães da Rasta Knast e pelos brasileiros da Blind Pigs.

    Ficha Técnica:
    Nasty Vinyl Records

    Edição Original
    01 “Blitzkrieg Bop” – Die Toten Hosen, featuring Joey Ramone
    02 “R.A.M.O.N.E.S” – Motörhead
    03 “I Remember You” – The Newtown Neurotics
    04 “She’s The One” – Gigantor featuring Leonard G. Phillips
    05 “Teenage Lobotomy” – Rasta Knast
    06 “Dee Dee Took The Subway” – Badtown Boys
    07 “Die Wikingjugend hat mein Mädchen entführt” – Die Ärzte
    08 “I´m Against It” – Scattergun
    09 “Seppi War A Punk Rocker / Kumm Danz” – Sigi Pop
    10 “Chainsaw” – Shock Treatment
    11 “Rockaway Beach” – Action Pact! featuring Steve Drewett
    12 “The Crusher” – Anfall
    13 “Judy Ist Ein Punk” – Schliessmuskel
    14 “Lass´ Mich In Ruhe” – Nina Hagen featuring Dee Dee Ramone
    15 “Endless Vacation” – Patareni
    16 “Export” – Hass
    17 “Glad To See You Go” – Möped Lads
    18 “I Wanna See The Ramones” – Dirty Scums
    19 “Beat On The Brat” – The Bratbeaters
    20 “Surfin’ Bird” – Boogeyman
    21 “The KKK Took My Baby Away” – Blind Pigs
    22 “Lunatic Vibrations” – Ramonez ´77
    23 “Siinä On Punk Kari”- Ne Luumäet
    24 “Outsider” – The Rhythm Collision
    25 “I Wanna Be Sedated” – The Adicts
    26 “Müngersdorfer Stadion” – Zeltinger
    va - blitzkrieg over you 1
    va - blitzkrieg over you 2
    va - blitzkrieg over you 3
    va - blitzkrieg over you 4
    va - blitzkrieg over you 5
    va - blitzkrieg over you 6
    va - blitzkrieg over you 7
    va - blitzkrieg over you 8
    va - blitzkrieg over you 9
    va - blitzkrieg over you 11va - blitzkrieg over you 10
    va - blitzkrieg over you 12



     
  • paulocarames 0:25 em 24/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1998, around the world, , , , , , , , , , , ,   

    VHS/DVD – Ramones: Around The World 1998 

    Como sugere o título, Around The World acompanha a banda ao redor do globo em apresentações no Chile, em Londres e Nova Iorque.

    O documentário foi feito a partir de filmagens de Marky Ramone e do gerente de turnê Monte Melnick e acompanha a banda em aeroportos, quartos de hotel, backstage e confinados em vans durante o transporte entre um local e outro.

    O vídeo dirigido e produzido por Marky e lançado pela Rhino ainda em VHS mescla momentos no palco e fora dele em diversos países como no Brasil recebendo disco de ouro por Mondo Bizarro (algumas cenas incluem Porto Alegre) e na Argentina onde fãs histéricos cercam a banda na porta do hotel (neste caso, as mesmas cenas que já haviam sido incluídas em We’re Outta Here e no clipe de Touring.

    Japão, Itália, Austrália e Estados Unidos além da visita da banda ao Muro de Berlim (no momento de sua derrocada) e o ensaio para o último show (com Lars Frederiksen do Rancid) fazem parte desta compilação que mostra os pioneiros do punk de 1989 até a dissolução do grupo em 1996.

    Ficha Técnica:
    Rhino Records – produzido por Marky Ramone

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    CJ Ramone – baixo, backing vocal
    Marky Ramone – bateria

    ramones-aroundtheworld (1)ramones-aroundtheworld (3)ramones-aroundtheworld (2)
    ramones-aroundtheworld (4)

     
  • paulocarames 1:54 em 04/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 10 melhores roqueiros no cinema, , , , , 1998, , , , , , , Afinado no Amor, , , Alta Fidelidade, Billy Idol, , , , Clube da Luta, Coffee and Cigarettes, , Exterminador Implacável, Fight Club, Flea, Floresta do Mal, , , High Fidelity, , , , , Little Nicky, Little Nicky - Um Diabo Diferente, , O Grande Lebowski, O Mensageiro, Os Cabeças de Vento, , , Piratas do Caribe, Pirates of the Caribbean: At World's End, Quanto Mais Idiota Melhor, , Singles, Sobre Café e Cigarros, Tenacious D - Uma Dupla Infernal, Tenacious D in The Pick of Destiny, The Big Lebowski, The Postman, The Wedding Singer, , , Vida de Solteiro, Wanted: Dead or Alive, Wayne's World, Wrong Turn 2: Dead End, Zoolander   

    As 10 melhores performances de roqueiros no cinema 

    A Ultimate Classic Rock (sempre ela) divulgou uma lista mais do que interessante. Desta vez foram escolhidas as 10 melhores performances de roqueiros no cinema. Acrescentei ainda outras participações dignas de destaque e que não figuram ente os 10 escolhidos:

    10 Tom Petty em ‘O Mensageiro (The Postman)’ (1997)

    09 Ozzy Osbourne em ‘Little Nicky – Um Diabo Diferente (Little Nicky)’ (2000)

    08 Ronnie James Dio em ‘Tenacious D – Uma Dupla Infernal (Tenacious D in The Pick of Destiny)’ (2006)

    07 David Bowie em ‘Zoolander (Zoolander)’ (2001)

    06 Keith Richards como Capitão Teague em ‘Piratas do Caribe – No Fim do Mundo (Pirates of the Caribbean: At World’s End)’ (2007)

    05 Flea como Kieffer em ‘O Grande Lebowski (The Big Lebowski)’ (1998)

    04 Bruce Springsteen em ‘Alta Fidelidade (High Fidelity)’ (2000)

    03 Billy Idol em ‘Afinado no Amor (The Wedding Singer)’ (1998)

    02 Meat Loaf como Robert Bob Paulson em ‘Clube da Luta (Fight Club)’ 1999

    01 Alice Cooper em ‘Quanto Mais Idiota Melhor (Wayne’s World)’ (1992)

    Minhas indicações:

    Lemmy em ‘Os Cabeças de Vento (Airheads)’ (1994)

    Gene Simmons em ‘Exterminador Implacável (Wanted: Dead or Alive)’ (1987)

    Henry Rollins em ‘Floresta do Mal (Wrong Turn 2: Dead End)’ (2007)

    Iggy Pop e Tom Waits em ‘Sobre Café e Cigarros (Coffee and Cigarettes)’ (2003)

     
  • paulocarames 0:40 em 17/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 1998, , ,   

    CD – Queens of the Stone Age: S/T 1998 

    Depois de relançar Rated R (2000) o Queens of the Stone Age, presença já confirmada no festival SWU juntamente com Cavalera Conspiracy e Rage Against the Machine, deve relançar seu primeiro álbum. A nova versão terá três faixas inéditas: Bronze, These Aren’t The Droids You’re Looking For and Spiders and Vinegaroons. O disco homônimo, hoje indisponível para venda, deve contar com algumas faixas extras além de uma versão em vinil, prática recorrente nos lançamentos atuais.

    01.”Regular John”  
    02.”Avon”  
    03.”If Only”  
    04.”Walkin’ on the Sidewalks”  
    05.”You Would Know”  
    06.”The Bronze”  
    07.”How to Handle a Rope (A Lesson in the Lariat)”  
    08.”Mexicola”  
    09.”Hispanic Impressions”  
    10.”You Can’t Quit Me Baby”  
    11.”These Aren’t the Droids Your Looking For”  
    12.”Give the Mule What He Wants”  
    13.”Spiders and Vinegaroons”  
    14.”I Was a Teenage Hand Model”  

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: