Marcado como: 2005 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • carames 10:00 em 30/08/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , , Editora Pintore, Gabba gabba book! Notizie ramoniche dal 1976 al 2004, , , , , , , , ,   

    Livro – Gabba Gabba Book! Notizie ramoniche dal 1976 al 2004 (2005) 

    ramones gabba gabba book-0Em Ramones Sniffing Poster, lançado em 2013, o italiano Marco Zuanelli em parceria com Martino Simona contou a história dos Ramones a partir de pôsters das incontáveis turnês feitas em seus 22 anos de carreira.

    Gabba Gabba Book! Notizie ramoniche dal 1976 al 2004 lançado em 2005 também é um exercício de resgate. Um excepcional trabalho de garimpo feito em inúmeras publicações – revistas como Dynamo!, Metal Shock, Raro, Rock Sound e Ciao 2001.

    Exceção feita por 1976 (com matérias em publicações francesas) o restante dos recortes é exclusivo de material italiano a partir de 1977, ano em que os italianos descobriam a música do quarteto a partir da coletânea Punk Collection.

    Além das inúmeras matérias, também foram incluídas peças publicitárias usadas para divulgar cada lançamento e as respectivas resenhas dos discos de estúdio, ao vivo, coletâneas e solos até 2004 – culminando com a cobertura da morte do guitarrista Johnny Ramone.

    O acabamento é de luxo e a edição é cuidadosa, daquelas que apenas quem conhece a obra da banda poderia oferecer. Obra feita de fã para fã, mais um item obrigatório na estante dos ramonesmaníacos. Editora Pintore, 324 páginas, em italiano.

    Anúncios
     
  • carames 15:18 em 03/05/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 16 de setembro, 17 de julho, , , 2005, 8 de setembro, Back To Zero, , , , , , Pulsating to the Back Beat, , , , , ,   

    CD – Ramones: Pulsating to the Back Beat 2005 

    pulsating to the back beat 0
    Lançado em 16 de setembro de 2005, Pulsating to the Back Beat compila três momentos dos Ramones em seu princípio. Em 8 de setembro de 1977 tocando em Los Angeles, 17 de julho se apresentando no Liberty Hall de Houston e por fim a performance deles em 13 de setembro em Bremen na Alemanha já com Marky nas baquetas – este último lançado em diferentes formatos (famoso como You Don’t Come Close).

    O lançamento, apesar de bootleg, tem o famoso apelo de cópias numeradas e limitadas (300 neste caso).

    Ficha Técnica:
    Back To Zero – BTZCD-018

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    Dee Dee Ramone – baixo, backing vocal
    Tommy Ramone/ Marky Ramone – bateria

    Tracklist:
    8/9/1977 Los Angeles, California, USA
    01 Listen To My Heart
    02 California Sun
    03 Judy Is A Punk
    04 I Don’t Wanna Walk Around With You
    05 Sheena Is A Punk Rocker
    06 Loudmouth
    07 Beat On The Brat
    08 Britzkrieg Bop
    09 Glad To See You Go
    10 Gimmie Gimmie Shock Treatment
    11 Rockaway Beach
    12 Commando
    7/17/1977 Liberty Hall, Houston, Texas, USA
    13 I Don’t Wanna Go Down To The Basement
    14 Now I Wanna Sniff Some Glue
    15 Now I Wanna Be A Good Boy
    16 Swallow My Pride
    17 I Can’t Give You Anything
    18 Teenage Lobotomy
    19 53rd & 3rd
    9/13/1978 Bremen, Germany
    20 Rockaway Beach
    21 Teenage Lobotomy
    22 Britzkrieg Bop
    23 I Don’t Want You
    24 Go Mental
    25 Gimme Gimme Shock Treatment
    26 You’re Gonna Kill That Girl
    27 Don’t Come Close
    28 I Don’t Care
    29 She’s The One
    30 Sheena Is A Punk Rocker
    31 Havana Affair
    32 Commando
    33 Needles & Pins
    34 Surfin’ Bird
    35 Cretin Hop
    36 Listen To My Heart
    37 California Sun
    38 I Don’t Wanna Walk Around With You
    39 Pinhead
    40 Now I Wanna Sniff Some Glue
    pulsating to the back beat 1
    pulsating to the back beat 2
    pulsating to the back beat 4pulsating to the back beat 5
    pulsating to the back beat 3

     
  • carames 10:00 em 13/03/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , , , , , , , , ,   

    Série – The Office (2005–2013) 

    The OfficeSimplesmente uma das melhores e mais insanas séries de tv já feitas. The Office nasceu da idéia de Ricky Gervais e Stephen Merchant e teve duas temporadas pela britânica BBC antes de ganhar uma adaptação americana.

    Pois foi a segunda que, produzida por Gervais com Steve Carell no papel de destaque, ganhou evidência já na primeira temporada – com Carell ganhando o Globo de Ouro de 2006.

    Filmada com apenas uma câmera a série refletia o cotidiano do mundo corporativo a partir da filial de uma empresa de papel.

    O departamento de vendas, contabilidade, RH… todos eram acompanhados de perto e falavam diretamente para câmera simulando um semi documentário. Carell é o amalucado Michael Scott, Gerente regional da filial de Scranton da Dunder Mifflin.

    Em sua equipe, Dwight Schrute é o Assistente do gerente regional embora constantemente se autointitule Gerente Regional Assistente – reflexo de sua constante busca por ser legitimado como autoridade do escritório.

    No páreo com Dwight está Jim Halpert, outro vendedor destacado e que adora pregar peças no colega (como o clássico grampeador na gelatina). Daí por diante as cenas são no mínimo, constrangedoras.

    Foram 9 temporadas, as duas últimas sem seu principal astro. Para seu lugar e de seu personagem, foi escalado James Spader, mais um gestor inconsequente e egocêntrico.

    Neste guia do politicamente incorreto, reinava o caos em situações que parecem fazer parte do nosso dia a dia mas evoluem para um desfecho surreal. Você nunca mais verá o mundo corporativo da mesma forma.

     
  • carames 10:00 em 27/02/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2005, , , , , , , sci-fi, the 4400   

    Série – The 4400 (2004–2007) 

    4400Ambientada em Seattle mas filmada em Vancouver, no Canadá, The 4400 durou 4 temporadas com uma trama que mostrava 4400 pessoas que depois de abduzidas retornam à terra no que parecia ser um cometa.

    Algumas delas ficaram sumidas por meses outras por mais de 50 anos, sendo que nenhuma envelheceu um dia sequer mas voltaram mudadas pela experiência. Poderes telepáticos, controle da mente e premonição são parte dos poderes anormais que começam a ser percebidos.

    O mistério a ser desvendado é a missão destas pessoas ao retornarem, quem as levou e como conseguiram tais poderes. Para eles, o desafio é se readaptar em um mundo que já se acostumava com sua ausência e que agora será alterado pelo seu retorno.

    Apesar do cancelamento após a quarta temporada, dois livros ficaram com o compromisso de garantir o encerramento da trama no que seria o equivalente a quinta e sexta temporadas.

     
  • carames 10:00 em 09/01/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , over there,   

    Série – Over There (2005) 

    over thereBand of Brothers de 2001 abordava a segunda guerra com muita competência mas com uma distância segura pelos 60 anos que separam os acontecimentos reais da produção da série.

    Over There cobre acontecimentos em outra guerra, a do Iraque, quase que à medida em que eles aconteciam. Dividida em treze episódios, a série conta a incursão da 3ª Divisão da Infantaria do Exército dos Estados Unidos no Iraque em plena guerra ao terror.

    No front a vida não é fácil enfrentando tempestades de areia, missões noturnas em vilas no meio do nada, snipers e homens-bomba. Por outro lado, os poucos que conseguem voltar pra casa (feridos muitas vezes) sofrem com a reabilitação e o processo de se adaptar em uma rotina longe da adrenalina do front.

    Filmada em grande parte no deserto da Califórnia, mostra não só a unidade em missão no front como as famílias que permaneceram nos Estados Unidos. Três anos mais tarde seria a vez de Generation Kill abordar o tema.

     
  • carames 10:00 em 02/01/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, Beau Bridges, , into the west, , Matthew Modine, , , Tom Beringer,   

    Série – Into the West (2005) 

    into the westProduzida por Steven Spielberg, Into the West mostra a conquista do oeste americano e o conflito entre brancos e índios.

    O diferencial é ter feito isto a partir da visão do povo que foi massacrado e confinado em reservas ao invés do habitual ponto de vista dos conquistadores que viam os nativos como selvagens.

    São seis episódios de duas horas de duração, cada um com um diretor diferente. O ponto de partida é um romance entre um branco, que sai da Virgínia em busca de riqueza, e uma índia Lakota – mais um tabu a ser quebrado.

    A série abrange de 1825 a 1891, período da corrida do ouro na Califórnia, do desenvolvimento da região a partir das ferrovias e de intensos embates onde a crueza não cedia espaço à gentileza e prevalecia quem sacava o revólver primeiro.

    No elenco, Beau Bridges, Josh Brolin, Tom Beringer e Matthew Modine.

     
  • carames 10:00 em 13/06/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , 2005, , James Cromwell, Michael C. Hall, Peter Krause, ,   

    Série – Six Feet Under (2001–2005) 

    six feet underUm dos pontos altos de Six Feet Under são as mortes. Sim, parece estranho dizer isto mas entenda que falamos de uma série que se passa na Funerária Fisher & Sons.

    Com a morte do patriarca, a empresa toma novos rumos. O filho do meio e gay assumido David (Michael C. Hall de Dexter) se junta ao irmão Nate (Peter Krause de Dirty Sexy Money) para tocar a empresa, anexa à casa da família onde moram com a mãe e a irmã.

    Uma morte dava início a cada episódio e o tom ora cômico sem ser caricato, ora dramático sem ser mórbido é outro ponto forte. Não raramente, os mortos conversavam com o funcionário que o prepara para seu funeral, tudo claro, uma alegoria para aquilo que se passa de fato na cabeça do funcionário.

    Já o elenco ainda contava com James Cromwell (de American Horror Story e Boardwalk Empire) em mais esta produção da HBO que repetidamente é citada como uma das melhores séries já produzidas. Indicada ao Emmy em diversas categorias, venceu o Globo de Ouro de melhor série dramática em 2001.

     
  • carames 10:00 em 18/05/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2005, , , , , , , Omnibus Press, , , , ,   

    Livro – Ramones Photographs by Chip Dayton 

    Ramones Photographs by Chip DaytonChip Dayton tem em seu portfólio trabalhos com Kiss e Van Halen. Neste Photographs lançado em 1º de fevereiro de 2005 ele reúne fotos dos pais do punk, Ramones.

    Nas quase cem fotos escolhidas, os primórdios da banda são o destaque. Começando com a formação original que tinha Joey, Johnny, Dee Dee e Tommy e chegando na inclusão de Marky na bateria.

    Entre as mais conhecidas estão as utilizadas no encarte de Road to Ruin além de preciosidades como o registro do quarteto nos bastidores de um show no CBGB’s em 10 de abril de 1979 para angariar fundos para compra de coletes para polícia.

    Outro registro raro é a foto da famosa guitarra Mosrite azul de Johnny que acabou roubada no começo da carreira. Ótimas fotos tanto coloridas quanto PB e em sua maioria, captadas em cima do palco. Ficou faltando a informação do local e data onde elas foram tiradas. Omnibus Press, 128 páginas.

    chip dayton (2)

     
  • carames 11:00 em 11/04/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , , Amaury Nolasco, , Dominic Purcell, , Jodi Lyn O'Keefe, Marshall Allman, Paul Adelstein, prison break, , Robert Knepper, Rockmond Dunbar, Sarah Wayne Callies, Wade Williams, Wentworth Miller, William Fichtner   

    Série – Prison Break (2005-2009) 

    prisonbreakNa nova leva de séries em ‘tempo real’ capitaneadas por 24 Horas, a também já falecida Prison Break merece lugar de honra. Se hoje as séries respondem por um elevado padrão de qualidade, em pleno 2005 esta trama trazia um ritmo frenético até então novidade na telinha.

    Lincoln Burrows (Dominic Purcell) é preso pelo assassinato do irmão da vice-presidente dos Estados Unidos e condenado a morte. Seu irmão Michael Scofield (Wentworth Miller) não está convencido de sua culpa e irá tentar resgatar o irmão.

    Para isto ele simula um assalto e acaba preso e enviado para penitenciária de Fox River onde está seu irmão Lincoln. O plano, um tanto mirabolante, consiste em utilizar a planta da prisão tatuada em seu corpo como ponto de partida e a partir daí utilizar pessoas chave dentro da cadeia para atingir este objetivo.

    Uma conspiração envolvendo agentes do governo tentará dar cabo dos irmãos enquanto Michael vê seu plano ser constantemente redefinido. Ele é forçado a tirar um coelho da cartola a cada episódio e este é o grande atrativo da trama que mantém a tensão em altos níveis mesmo você sabendo que invariavelmente eles irão escapar, o caminho até lá não será nada fácil.

    Para temperar a estória, Michael irá se envolver com a médica da prisão, Dra. Sara Tancredi (Sarah Wayne Callies de Walking Dead) filha do diretor Henry Pope (Stacy Keach de Lights Out).

     
  • carames 11:00 em 23/03/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2005, American Icons Ltd, , Broadcast Rarities, , , , , , , , , , , , , us festival   

    CD/DVD – Ramones: Broadcast Rarities 2005 

    ramones-broadcastrarities
    Registro em áudio e vídeo da participação dos Ramones no US Festival em São Bernardino no dia 3 de setembro de 1982 durante a turnê do álbum Pleasant Dreams. Neste mesmo evento se apresentaram também Police, Talking Heads e B-52’s.

    O DVD traz ainda entre uma música e outra, a entrevista que a banda concedeu ao Tomorrow Show (esta no dia 9 de janeiro de 1981) respondendo às perguntas de sempre como “vocês são irmãos? pq todos tem o mesmo sobrenome?”. Neste mesmo programa eles tocaram We Want The Airwaves, I Wanna Be Sedated e The KKK Took My Baby Away.

    Here Today, Gone Tomorrow é um dos destaques pois raramente foi executada nas excursões seguintes. Por fim, R.A.M.O.N.E.S. e Blitzkrieg Bop extraídas da última performance do quarteto na América do Sul, no estádio do River Plate em 16 de março de 1996 – gravação conhecida do bootleg Adios Ramones.

    Uma outra versão foi lançada mas diferente do digipack com CD/DVD, contém apenas o áudio.

    Ficha Técnica:
    American Icons Ltd

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    Dee Dee Ramone/ CJ Ramone – baixo, backing vocal
    Marky Ramone – bateria

    Tacklist:
    01. Do You Remember Rock’N’Roll Radio ?
    02. Gimme Gimme Shock Treatment
    03. Rock’N’Roll High School
    04. We Want The Airwaves
    05. I Wanna Be Sedated
    06. Beat On The Brat
    07. The KKK Took My Baby Away
    08. Here Today, Gone Tomorrow
    09. Chinese Rocks
    10. Teenage Lobotomy
    11. R.A.M.O.N.E.S
    12. Blitzkrieg Bop

    Digipack com CD/DVD
    scan0031
    scan0032
    scan0033scan0034
    Ramones-Broadcast Rarities

    Versão CD
    ramones-broadcastrarities (6)ramones-broadcastrarities (7)
    ramones-broadcastrarities (9)ramones-broadcastrarities (8)



     
  • carames 11:00 em 14/02/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , , , 2005, , Ashton Kutcher, , , Danny Masterson, Debra Jo Rupp, Don Stark, Kurtwood Smith, Laura Prepon, Mila Kunis, , That '70s Show, Topher Grace, Wilmer Valderrama   

    Série – That ’70s Show (1998–2006) 

    that70sshowThat ’70s Show revelou nada menos que Ashton Kutcher, Laura Prepon, Mila Kunis e Topher Grace. O seriado, que durou oito temporadas trazia a rotina diária de Eric, Donna, Hyde, Kelso e Fez no porão da casa de Eric durante os anos 1970. Roupas, gírias e cultura pop (incluindo Star Wars, Kiss e Kramer vs Kramer) recriavam com maestria esta década tornando a série uma das melhores comédias já feitas.

    Eric Forman (Grace) e Donna Pinciotti (Prepon) são vizinhos e o casal foco do seriado enquanto Michael Kelso (Kutcher) é um pateta por completo e está sempre se metendo em encrencas por causa da sua falta de noção. Ele começa a namorar com Jackie Burkhardt (Kunis) que logo é incorporada a trupe. Apesar do namoro ele frequentemente sai com outras garotas, inclusive a irmã de Eric.

    Já Red Forman é um veterano de guerra que superprotege a filha e maltrata o filho aos gritos de idiota, imbecil ou sob ameaças de um pontapé no traseiro. Conservador e anti-comunista ferrenho ele é casado com Kitty, uma enfermeira com uma queda por uma bebidinha pra esquecer os problemas.

    Já Fez é um estudante estrangeiro de intercâmbio. Seu nome verdadeiro ou seu país de origem jamais são revelados. Ainda assim, ele sofre com as piadas constantes e depreciativas numa época que precede o comportamento politicamente correto.

    Ao longo das oito temporadas Bruce Willis, Lindsay Lohan e Luke Wilson fizeram pontas memoráveis. Já Tommy Chong teve um personagem de destaque que em muito lembrava sua atuação no filme Queimando Tudo (1978). A maconha, tema do filme, era um dos motivos das frequentes reuniões da turma no porão dos Forman.


     
  • carames 13:21 em 17/11/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 11 de maio, 2005, , , glauco minossi, , orbeat music, , , , , ,   

    CD/DVD – Marky Ramone & Tequila Baby: Ao Vivo 2006 


    Tão logo os Ramones se separaram em agosto de 1996, o baterista Marky Ramone caiu na estrada com seu recém formado projeto com os The Intruders. Já em 1998 ele passou pelo Brasil tocando no festival Close-up junto com os Sex Pistols, participou de programas de tv.

    Fez também um show no Rio Grande do Sul na noite de 29 de setembro daquele ano ao lado dos gaúchos da Tequila Baby. A partir daí eles estabeleceriam uma parceria que renderia outras turnês, um show no Planeta Atlântida de 2002 e culminando na gravação deste CD/DVD em 2005.

    Aliás, falando em parceria do baterista com bandas brasileiras, Tequila Baby e Raimundos não tem em comum só o fato de terem gravado um disco com ele. Dividem também a influência explícita dos Ramones nas letras escrachadas que frequentemente falam de sexo.

    Voltando ao disco, a gravação aconteceu no Bar Opinião lotado (o mesmo do show de setembro de 1998) e teve o set dividido entre músicas da Tequila Baby e hits dos Ramones, com Marky nesta segunda fase. O show contou ainda com Sebastian Expulsado, da banda argentina Expulsados, para a performance de “Poison Heart.

    Já o DVD, além do show, traz entrevistas com a banda, fãs histéricos na fila por autógrafo e a passagem deles por um telejornal local.

    Ficha Técnica:
    Orbeat Music – produzido por Glauco Minossi

    Duda Calvin – vocal
    James Andrew – Guitarra
    Otto Branco – Baixo
    Rafael Heck / Marky Ramone – Bateria

    Traklist:
    01 “Balada Sangrenta (O teu amor me corrói)”
    02 “51”
    03 “Sangue, Ouro e Pólvora”
    04 “Chovendo Corações pela Cidade”
    05 “Tira o sutiã, tira a calcinha”
    06 “Sexo HC”
    07 “Melhor do que você pensa”
    08 “Sexo, algemas e cinta liga”
    09 “Velhas fotos”
    10 “Rockaway Beach/Teenage Lobotomy”
    11 “I Don’t Care”
    12 “Sheena Is a Punk Rocker”
    13 “Pet Sematary”
    14 “The KKK Took My Baby Away”
    15 “I Dont Want You”
    16 “Beat On The Brat”
    17 “I Wanna Be Sedated”
    18 “Poison Heart”
    19 “Seja com o sol, seja com a lua”
    20 “I Believe In Miracles”
    21 “Blitzkrieg Bop”

    marky ramone and tequila baby - ao vivo 1
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 2
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 3
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 4
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 5
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 6
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 7
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 8
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 9marky ramone and tequila baby - ao vivo 10
    marky ramone and tequila baby - ao vivo 11
    marky ramone and tequila baby - ao vivo dvd 1marky ramone and tequila baby - ao vivo dvd 2
    marky ramone and tequila baby - ao vivo dvd 3marky ramone and tequila baby - ao vivo dvd 4
    DVD03B


     
  • carames 13:30 em 14/07/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , Editora Continuum, , , Nicholas Rombes, , , Ramones (33 1/3), , , ,   

    Livro – Ramones: Ramones (33 1/3) 

    Ramones é o álbum de estréia dos Ramones e foi produzido por Craig Leon (também entrevistado neste livro) ao irrisório custo de 6400 dólares. Era 1976 e eles já haviam produzido uma demo que serviria de base para o disco, possibilitando um processo de gravação relâmpago.

    Ramones (33 1/3) de Nicholas Rombes é o vigésimo livro de uma série que inclui Marquee Moon do Television, In Utero do Nirvana e Highway to Hell do AC/DC.

    Aqui, Nicholas desnuda não só os bastidores da gravação do primeiro álbum do quarteto novaiorquino como desvenda o movimento emergente que culminou neste disco. De MC5 a New York Dolls passando pelo CBGB’s com Ramones e Patti Smith Group e pelas tachinhas e correntes no pescoço dos britânicos Sex Pistols.

    O disco acabou dividindo o rock em ANTES/DEPOIS. As letras sarcásticas, as faixas que não duram nem perto de 3 minutos e a falta de solos seriam a marca registrada da banda pelas próximas duas décadas. Simplesmente revolucionário. Editora Continuum, 128 páginas, em Inglês.

     
  • carames 14:50 em 23/06/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2005, A História dos Ramones, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,   

    Livro – Ramones: Hey! Ho! Let’s Go! A História dos Ramones 

    Houve um tempo em que os fãs brasileiros dos Ramones tinham grande dificuldade em encontrar revistas que falassem sobre a banda. O único livro então, surgiu em 1993 (An American Band de Jim Bessman) e além de não ser traduzido dependia de importação, algo também difícil naquela época.

    De lá pra cá, inúmeras publicações passaram a dedicar espaço ao quarteto saído do Queens, em Nova Iorque. De editoriais a matérias de capa em revistas chegando por fim aos livros.

    Felizmente os tempos são outros, melhores, e exemplo disto é Mate-me por favor (a história do punk contada por Legs McNeil e Gilliam McCain) e Coração Envenenado (biografia de Dee Dee Ramone) disponíveis em bom português há pelo menos uma década e a recém lançada autobiografia de Johnny Ramone (Commando) que apesar de ainda não ter sido traduzida pode ser facilmente importada.

    A cereja do bolo, digamos assim, é Hey! Ho! Let’s Go! A História dos Ramones, escrita pelo jornalista e fã de longa data Everett True. Everett entrevistou a banda diversas vezes e aproveitou estes relatos em seu livro além de usar citações de várias revistas musicais e dos já mencionados An American Band e Coração Envenenado.

    Tudo isto faz desta obra, se não definitiva, a mais interessante possível para fãs tupiniquins até o momento. Privilegiado em relação aos demais principalmente por seu lançamento tardio (aborda, inclusive, a morte de Johnny Ramone em 2004) ele consegue pinçar o que há de melhor nos outros livros indo além.

    A biografia de cada um dos que passaram pela banda é contada desde seu nascimento, passando pelos 22 anos em que os Ramones fizeram 2263 shows e lançaram 14 discos de estúdio e a vida pós 1996 quando deixaram de existir como grupo – incluindo as mortes de Johnny, Joey e Dee Dee.

    O livro tem alguns deslizes na tradução e apesar de contar com uma discografia selecionada ficou devendo a relação dos shows que o quarteto fez – disponível em outros títulos. É ainda assim a melhor forma de mergulhar na história de uma banda que, sem dúvida, mudou a história. Editora Madras, 480 páginas.


     
  • carames 13:17 em 07/04/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , , , , , Bill Frischman, , , , , , Craig Leibner, , , , , , , , , Fisher & Preachmen, France Delia, , , , , , , , , , Jonathon Dayton, Kirk Heflin, , , Mark Robinson, , Maureen Nappi, , , , , , , , , , , , , , , , , , Samuel Bayer, Schiriro & Demyan, , , Tom Rainone, , , , Valerie Faris, weird tales of the ramones   

    Boxset – Ramones: Weird Tales of the Ramones 2005 

    Ponha o álbum Ramones Mania (1988) e o vídeo Lifestyles of the Ramones (1990) na mesma panela, adicione esteróides e o resultado é Weird Tales of the Ramones, lançado em 16 de agosto de 2005.

    O boxset compila as principais canções da carreira dos Ramones (embora Hey Ho! Let’s Go: The Anthology já tivesse feito isto em 1999). A diferença é que aqui os três cds, ao contrário dos dois de Anthology, contemplam também o álbum Acid Eaters (1993).

    Versões alternativas antes disponíveis apenas em singles como Sheena Is a Punk Rocker, Something to Believe In e Pet Sematary dão o toque de ineditismo ao pacote que também inclui um dvd contendo a íntegra de Lifestyles of the Ramones com a adição dos videoclipes lançados após 1990 mas deixando Touring de fora.

    Para completar o pacote ainda tem uma comic book com ilustrações de artistas como Sergio Aragones (Revista Mad), Bill Griffiths (Zippy The Pinhead), Rock Altergott (Doofus), Xaime Hernandez (Love & Rockets) e John Holmstrom – responsável pela arte nas capas de Rocket to Russia (1977) e Road to Ruin (1978) – além de um óculos 3D para determinadas páginas da HQ produzidas em três dimensões.

    Ficha Técnica:
    Sire Records/ Rhino Records – produzido por Craig Leon, Tony Bongiovi, Tommy Ramone, Ed Stasium, Daniel Rey, Bill Inglot, Gary Stewart, Don Williams, Jean Beavoir, Ritchie Cordell, Graham Gouldman, Glen Kolotkin, Phil Spector, Bill Laswell, Dave Stewart, The Ramones

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    Dee Dee Ramone/ CJ Ramone – baixo, backing vocal
    Tommy Ramone/ Marky Ramone/ Richie Ramone – bateria

    Tracklist:
    CD 1:
    01 – Blitzkrieg Bop (Ramones) – 2:12
    02 – Beat on the Brat (Ramones) – 2:32
    03 – Judy Is a Punk (Ramones) – 1:30
    04 – I Wanna Be Your Boyfriend (Ramones) – 2:25
    05 – Loudmouth (Ramones) – 2:14
    06 – 53rd & 3rd (Ramones) – 2:20
    07 – Havana Affair (Ramones) – 1:56
    08 – Now I Wanna Sniff Some Glue (Ramones) – 1:35
    09 – Glad to See You Go (Ramones) – 2:10
    10 – Gimme Gimme Shock Treatment (Ramones) – 1:40
    11 – I Remember You (Ramones) – 2:18
    12 – Carbona Not Glue (Ramones) – 1:50
    13 – Oh, Oh, I Love Her So (Ramones) – 2:05
    14 – Swallow My Pride (Ramones) – 2:03
    15 – Commando (Ramones) – 1:53
    16 – Pinhead (Ramones) – 2:53
    17 – Sheena Is a Punk Rocker (ABC Single Version) (Ramones) – 2:47
    18 – I Don’t Care (Single Version) (Ramones) – 1:37
    19 – Rockaway Beach (Ramones) – 2:05
    20 – Cretin Hop (Ramones) – 1:55
    21 – Here Today, Gone Tomorrow (Ramones) – 2:48
    22 – Teenage Lobotomy (Ramones) – 2:01
    23 – Slug (Demo) (Joey Ramone) – 2:22
    24 – Surfin’ Bird (Alfred Frazier, John Harris, Carl White, Turner Wilson) – 2:35
    25 – We’re a Happy Family (Ramones) – 2:39
    26 – I Just Want to Have Something to Do (Ramones) – 2:41
    27 – I Wanted Everything (Ramones) – 3:14
    28 – Needles & Pins (Remixed Single Version) (Sonny Bono, Jack Nitzsche) – 2:21
    29 – I Wanna Be Sedated (Ramones) – 2:29
    30 – Go Mental (Ramones) – 2:40
    31 – Don’t Come Close (Ramones) – 2:44
    32 – I Don’t Want You (Ramones) – 2:26
    33 – She’s the One (Ramones) – 2:13
    34 – I’m Against It (Ramones) – 2:07

    CD 2:
    01 – Rock ‘n’ Roll High School (Ed Stasium Mix) (Ramones) – 2:18
    02 – I Want You Around (Ed Stasium Mix) (Ramones) – 3:00
    03 – Do You Remember Rock ‘n’ Roll Radio? (Ramones) – 3:50
    04 – I’m Affected (Ramones) – 2:53
    05 – Danny Says (Ramones) – 3:05
    06 – The KKK Took My Baby Away (Joey Ramone) – 2:31
    07 – You Sound Like You’re Sick (Dee Dee Ramone) – 2:41
    08 – She’s a Sensation (Joey Ramone) – 3:25
    09 – All’s Quiet on the Eastern Front (Dee Dee Ramone) – 2:12
    10 – Outsider (Dee Dee Ramone) – 2:10
    11 – Highest Trails Above (Dee Dee Ramone) – 2:09
    12 – Psycho Therapy (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone) – 2:34
    13 – Time Bomb (Dee Dee Ramone) – 2:09
    14 – Mama’s Boy (Tommy Ramone, Johnny Ramone, Dee Dee Ramone) – 2:09
    15 – I’m Not Afraid of Life (Dee Dee Ramone) – 3:12
    16 – Too Tough to Die (Dee Dee Ramone) – 2:37
    17 – Wart Hog (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone) – 1:54
    18 – Howling at the Moon (Sha-La-La) (Dee Dee Ramone) – 4:06
    19 – Daytime Dilemma (Dangers of Love) (Joey Ramone, Daniel Rey) – 4:32
    20 – Endless Vacation (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone) – 1:47
    21 – My Brain Is Hanging Upside Down (Bonzo Goes to Bitburg) (UK 12″ Version) (Jean Beauvoir, Dee Dee Ramone, Joey Ramone) – 3:54
    22 – Somebody Put Something In My Drink (Richie Ramone) – 3:20
    23 – Animal Boy (Richie Ramone) – 1:49
    24 – I Don’t Want to Live This Life (Anymore) (UK B-Side) (Dee Dee Ramone) – 3:28
    25 – Love Kills (Dee Dee Ramone) – 2:20
    26 – Something to Believe In (Single Version) (Jean Beauvoir, Dee Dee Ramone) – 4:18

    CD 3:
    01 – I Wanna Live (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 2:37
    02 – Bop ‘Til You Drop (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone) – 2:12
    03 – I Lost My Mind (Dee Dee Ramone, Johnny Ramone) – 1:33
    04 – Garden of Serenity (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 2:27
    05 – I Believe in Miracles (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 3:20
    06 – Pet Sematary (Single Version) (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 3:30
    07 – Punishment Fits the Crime (Dee Dee Ramone, Richie Stotts) – 3:05
    08 – Merry Christmas (I Don’t Want to Fight Tonight) (Single Version) (Joey Ramone) – 2:04
    09 – Main Man (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 3:26
    10 – Strength to Endure (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 2:59
    11 – Poison Heart (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 4:02
    12 – I Won’t Let It Happen (Joey Ramone, Andy Shernoff) – 2:20
    13 – Censorshit (Joey Ramone) – 3:07
    14 – Journey to the Center of the Mind (Steve Farmer, Ted Nugent) – 2:51
    15 – 7 and 7 Is (Arthur Lee) – 1:51
    16 – When I Was Young (Victor Briggs, Eric Burdon, Barry Jenkins, Daniel McCulloch, John Weider) – 3:13
    17 – I Don’t Wanna Grow Up (Kathleen Bennan, Tom Waits) – 2:45
    18 – Scattergun (C.J. Ramone) – 2:29
    19 – Makin’ Monsters For My Friends (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 2:35
    20 – The Crusher (Dee Dee Ramone, Daniel Rey) – 2:25
    21 – Spiderman (Robert Harris, Paul Francis Webster) – 1:56
    22 – Life’s a Gas (Joey Ramone) – 3:33
    23 – She Talks to Rainbows (Joey Ramone) – 3:13
    24 – Anyway You Want It (Dave Clark) – 2:20
    25 – R.A.M.O.N.E.S. (Michael Burston, Philip Anthony Campbell, Ian Kilmister, Philip Taylor) – 1:24

    DVD “Lifestyles of the Ramones and More!”
    01. Do You Remember Rock ‘N’ Roll Radio? – Mark Robinson
    02. Rock ‘N’ Roll High School – Mark Robinson
    03. We Want the Airwaves – Maureen Nappi, Craig Leibner & Kirk Heflin
    04. Psycho Therapy – France Delia
    05. Time Has Come Today – Schiriro & Demyan
    06. Howling at the Moon (Sha-La-La) – France Delia
    07. Something To Believe In – Fisher & Preachmen
    08. I Wanna Live – Fisher & Preachmen
    09. I Wanna Be Sedated – Bill Frischman
    10. Pet Sematary – Bill Frischman
    11. Merry Christmas (I Don’t Want To Fight Tonight) – George Seminara
    12. I Believe in Miracles – George Seminara
    13. Strength To Endure – George Seminara
    14. Poison Heart – Samuel Bayer
    15. Substitute – Tom Rainone
    16. I Don’t Wanna To Grow Up – Jonathon Dayton
    17. Spiderman – Jonathon Dayton & Valerie Ferris
    18. Blitzkrieg Bop (live) – George Seminara





    CDs Promo:



     
  • carames 18:22 em 18/02/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , Classic Rock Legends, , , , , Jayne Anderson, , , , , , , Rachael Griffiths, , , , , Richard Robinson, , ,   

    DVD – Ramones: Pleasant Dreams Documentary 2006 

    O título Pleasant Dreams, mesmo do álbum lançado pelos Ramones em 1981, só pode ter saído da cabeça de algum produtor alienado que não conhece a banda e tão pouco sabe o produto que tinha em mãos.

    Após o lançamento do documentário End of the Century em 2003, alguém deve ter tido a brilhante idéia: “se o documentário anterior tinha o nome do disco de 1980, vamos nomear nosso documentário com o título do álbum seguinte”.

    Além do documentário ser superficial e repleto de clichês, muito pouco (praticamente nada) se fala a respeito da produção deste álbum como leva a crer seu título. Engano maior reside em entrevistados afirmarem que é o disco que ‘trouxe os Ramones de volta’.

    Na realidade, o foco do vídeo foi centrado nos primeiros anos de carreira da banda até o lançamento do álbum Pleasant Dreams em 1981. Entre cenas da banda ao vivo e algumas entrevistas, críticos de música falam a respeito da trajetória da banda.

    O absurdo estrelado pelo escritor Ben Myers, a jornalista Natasha Scharf e os críticos da Kerrang! Jerry Ewing (crítico da Classic Rock Magazine e um dos responsáveis pela recente Enciclopédia do Metallica), Geoff Barton e Les Davidson não poderia ser maior.

    Principalmente depois do vídeo lançado em 2003 que, além de ser oficial, conta com a totalidade dos integrantes da banda e pessoas de seu staff sendo entrevistados PARA o próprio documentário ao invés de compilar imagens já disponíveis em outros registros.

    Ficha Técnica:
    Classic Rock Legends – produzido por Richard Robinson, Gary Kurfirst, Jayne Anderson e Rachael Griffiths

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    Dee Dee Ramone – baixo, backing vocal
    Tommy Ramone / Marky Ramone – bateria

    Tracklist:
    01 I Wanna Be Seated
    02 Judy Is A Punk
    03 Don’t Come Close
    04 We’re A Happy Family
    05 The KKK Took My Baby Away
    06 I Don’t Wanna Walk Around With You
    07 California Sun
    08 Loudmouth
    09 Listen To My Heart
    10 53rd & 3rd
    11 Pinhead
    12 Beat On The Brat
    13 Blitzkrieg Bop
    14 Suzy Is Hedbanger
    15 Gimme Gimme Shock Treatment
    16 Commando
    17 Glad To See You Go
    18 Sheena Is A Punk Rocker
    19 Rockaway Beach
    20 Rock’N’Roll High School
    21 Do You Remember Rock’N’Roll Radio
    22 Chinese Rock
    23 We Want The Airwaves
    24 This Business Is Killing Me
    25 All’s Quiet On The Eastern Front



     
  • carames 0:21 em 08/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 007 Cassino Royale, 2005, , , , , , , 4 Meses 3 Semanas e 2 Dias, A Banda, Batismo de Sangue, Batman - O Cavaleiro das Trevas, , Editora Contexto, , Quase Dois Irmãos, , , Se eu Fosse Você   

    Livro – Os melhores filmes novos, 290 filmes comentados e analisados 

    Boa sacada para quem gosta de unir cinema e literatura e pretende se inteirar do que tem sido produzido com qualidade nos últimos anos. Cerca de dois mil filmes lançados no mercado nacional no período de três anos entre 2005 e 2008 serviram de base para este guia.

    Dividido em aventura, brasileiros, comédia, documentário, drama, fantasia, história e infantil o autor organiza uma obra interessantíssima a partir de cinco critérios (argumento, roteiro, elenco, produção e direção) oferecendo ao leitor ficha técnica, análise e uma boa foto de cada filme.

    Luciano Ramos é graduado em Ciências Sociais pela USP, crítico de cinema no Jornal da Tarde. Editou o Guia de Filmes da Abril Cultural nos anos 1980 e 1990 e ficou na Rede Bandeirantes comandando o Departamento de Cinema, até ir em 1995 para o Ministério da Cultura, como coordenador de comunicação. Na Fundação Armando Álvares Penteado, ensina nos cursos de pós-graduação em Jornalismo Cultural e Crítica de Cinema.

    Blockbusters como 007 Cassino Royale (2006) e Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008) e filmes menos comerciais como o romeno 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (2008) e o israelense A Banda (2007) dividem espaço com o cinema nacional. Batismo de Sangue (2007), Quase Dois Irmãos (2005) e a comédia Se eu Fosse Você (2006) são boas amostras do melhor de nossa produção na última década.

    Um índice alfabético e outro por gênero ajudam na busca. No site, conteúdo exclusivo e atualizado dão conta de outras 50 obras lançadas no mercado brasileiro após a publicação do livro. Editora Contexto, 328 páginas.

    Ficou curioso? No site, a editora desponibiliza uma prévia do primeiro capítulo.

     
  • carames 0:12 em 29/12/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , feliz natal, Joyeux Noël, , primeira guerra mundial, ,   

    Ainda, o Natal: Feliz Natal 

    Lado A – Feliz Natal (Joyeux Noël) 2005
    Esta história real aconteceu no natal de 1914 em plena primeira guerra mundial. De um lado do campo de batalha abrigam-se escoceses e franceses e do lado oposto, alemães. Numa incrível demonstração de confiança na noite de natal os soldados deixam de lado suas diferenças e confraternizam com direito a compartilharem música, cerimônia religiosa, comida e bebida. Contrariando a vontade do alto comando de ambos os lados, que esperavam que houvesse confronto e consequentemente avanço de cada tropa, a trégua reina ao menos nesta data importante para todos.
    Um padre anglicano, um tenente francês, um grande tenor alemão e sua companheira, uma soprano terão sua vida modificada para sempre após este episódio. Destaque para cena em que, avisados do bombardeio ao campo inimigo, os adversários buscam abrigo na mesma trincheira garantindo a sobrevivência de todas as tropas. Representou a França concorrendo ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

    Lado B – Feliz Natal 2008
    Feliz Natal marca a estréia de Selton Mello na direção de um longa-metragem. Aqui ele retrata de maneira impressionante as relações familiares, em especial a família de Caio que aos 40 anos é dono de um ferro-velho no interior. Em meio às odiadas e ao mesmo tempo necessárias festas de natal e de final de ano ele se depara com a realidade de sua família onde sua mãe é uma viciada, o irmão enfrenta uma crise no casamento e seu pai não o aceita. Ele parte em direção a capital onde reencontra dois amigos decadentes que passam o tempo em noitadas de excessos enquanto ele busca se reencontrar.

     
  • carames 9:25 em 20/12/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , periferia sa, , ,   

    CD – Periferia SA: Periferia SA 2005 

    O trio que conta com Jão nas guitarras e vocais, Jabá no baixo e Betinho na bateria é na verdade, a primeira formação do Ratos de Porão de 1981. Tempos depois Jabá e Betinho deixariam a banda para dar lugar a João Gordo e cia. Em 2005 eles se juntaram para lançar este cd que conta com algumas músicas novas e outras ainda compostas nos tempos de RDP. Punk rock de primeira.

    01.Facit Indgnation Versum
    02.Eles
    03.A Farsa do Entretenimento
    04.Segunda-Feira
    05.Devemos Protestar
    06.Recomeçar
    07.Maria Mole
    08.Festeja
    09.Tinguá
    10.Fissura
    11.Não Sei
    12.Padre Multimedia
    13.Peão / Tostão
    14.Destruição
    15.O Ataque das Testemunhas de Jeová
    16.Somos Vítimas
    17.Reality
    18.Wild Weekend

     
  • carames 21:51 em 12/12/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2005, , , , dario argento, eli roth, fantasmas, fear itself, , , , masters of horror, , , , , , , ,   

    O Medo em sua essência: Masters of Horror / Fear Itself 

    Lado A – Masters of Horror (2005-2006)
    Tudo começou com o documentário Boogeymen II: Masters of Horror em que Bruce Campbell apresentava uma série de entrevistas com Dario Argento, George Romero, John Carpenter e Wes Craven falando sobre suas produções mais clássicas e aterrorizantes. Algum tempo depois 13 diretores foram convidados para dirigir, cada um deles, um episódio desta nova série nomeada em homenagem ao documentário de 2002.
    Cada diretor teve direito a um orçamento de 1 milhão e meio de dólares para realizar o seu episódio com total liberdade criativa com a condição de não utlizar artistas renomados, filmar tudo em no máximo dez dias e realizar as filmagens em Vancouver, no Canadá.
    Já na primeira temporada, Dario Argento (Prelúdio para Matar), o pai dos zumbis George Romero (A Noite dos Mortos Vivos, Despertar dos Mortos e Madrugada dos Mortos), John Carpenter (Halloween, O Enigma de Outro Mundo), Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica) assumem a batuta. Além deles, outros nomes, como Eli Roth (O Albergue 1 e 2), David Cronemberg (A Mosca) e Rob Zombie (Rejeitados pelo diabo e A Casa dos mil corpos) foram cogitados, mas por estarem envolvidos em outros projetos não puderam participar. A série teve duas temporadas e os roteiros ficaram a cargo dos próprios diretores e em alguns casos foram inspirados na obra de autores consagrados como HP Lovecraft e Stephen King.

    Lado B – Fear Itself (2008)
    Criado por Mick Garris (de Masters of Horror e Ghosts – famoso curta de terror estrelado por Michael Jackson) Fear itself é uma série de terror que segue o estilo de Masters of Horror. A série tem 13 episódios, cada um realizado de maneira independente do outro e tem produtores e diretores que participaram de outras obras memoráveis do terror como Chuck – O Brinquedo Assassino, Jogos Mortais, Freddy x Jason, A Mosca 2 e A Maldição de Quicksilver.
    Zumbis, vampiros, serial killers, canibais e fantasmas assombram cada um dos treze episódios que tem também suspense e, óbvio, muito sangue. A trilha de abertura fica por conta de Serj Tankian do System of a Down e o título é derivado de uma frase de Franklin Roosevolt: “a única coisa que devemos temer é o próprio medo” em tradução literal.

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: