Marcado como: 2010 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 1:36 em 09/11/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , Live at Grimey’s, ,   

    CD – Metallica: Live at Grimey’s 2010 

    Depois do EP Six feet Down Under, vem aí Live at Grimey’s. Em junho de 2008 o Metallica, a maior banda de metal do mundo, fez um show em um local pequeno em Nashville após anos de grandes turnês em grandes palcos. O resultado desta apresentação pode ser conferido a partir do mês que vem.

    01. No Remorse
    02. Fuel
    03. Harvester of Sorrow
    04. Welcome Home (Sanitarium)
    05. For Whom The Bell Tolls
    06. Master of Puppets
    07. Sad But True
    08. Motorbreath
    09. Seek and Destroy

     
  • paulocarames 0:54 em 06/11/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , ian curtis, joy division, ,   

    Joy Division lança discos em vinil 

    Previsto para ser lançado dia 06 de dezembro pela Rhino Records uma caixa de discos de vinil 7 polegadas do JOY DIVISION chamada “+-”. A caixa inclui alguns títulos já lançados anteriormente e outros criados apenas para esse lançamento. Todas as faixas foram remasterizadas e o box terá uma edição limitada de 5 mil cópias sendo que as primeiras 500 serão numeradas e terão como bônus dois cds. A banda durou de 1976 a 1980, até o suicídio do vocalista Ian Curtis, e é até hoje muito cultuada tendo influenciado Radiohead, Smashing Pumpkins e Legião Urbana entre tantas outras bandas. Em 2007 foram lançados dois filmes abordando a curta existência da banda, Control e Joy Division.

     
  • paulocarames 1:07 em 29/10/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , hung, , , secret diary of a call girl,   

    Pagando Bem, Que mal Tem?: Hung / Secret Diary of a Call Girl 

    Lado A – Hung
    Ray é um ex-astro do beisebol que após abandonar a carreira ganha a vida como treinador de basquete da escola local. Após ser deixado pela mulher, tendo dois filhos adolescentes para criar, ele perde sua casa em um incêndio e passa a morar em uma barraca no quintal de casa. Para conseguir uma fonte de renda alternativa ele resolve empregar seus atributos físicos como garoto de programa nas horas vagas. A partir de então, ele enfrenta o desafio de atender clientes nem sempre atraentes além de ser pivô de um conflito entre duas cafetinas que divergem a respeito do rumo que a sua carreira de acompanhante deve tomar.

    Lado B – Secret Diary of a Call Girl
    A série é baseada em um blog que mais tarde virou livro e que conta a rotina (se é que podermos chamar de rotina) de Hannah, uma prostituta de luxo que adora sexo e dinheiro e vive o dilema entre fazer o que gosta ou levar uma vida como uma pessoa normal.

     
  • paulocarames 10:57 em 14/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, além da vida, , , hereafter, matt damon,   

    Filme – Além da Vida (Hereafter) 2010 

    A mais recente produção de Clint Eastwood estreou no festival de Toronto e conta com a atuação de Matt Damon (parceiro do diretor no filme Invictus, 2009). O filme conta a história de três pessoas que são afetadas pela morte de diferentes maneiras.

    George (Matt Damon) é um vidente em crise que encontra a jornalista francesa Marie (Cécile De France) que enfrentou a morte durante um Tsunami na Ásia (sequência de abertura de tirar o fôlego e causar inveja nos filmes catástrofe lançados recentemente) e um garoto que ao perder uma pessoa próxima procura um sentido para vida.

    O roteiro é de Peter Morgan (escritor por trás de filmes como Frost/Nixon, 2008 e Maldito Futebol Clube,  2009).

    A estréia oficial está prevista para 20 de outubro.

     
  • paulocarames 3:55 em 10/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , , , Six feet Down Under   

    CD – Metallica: Six feet Down Under EP 2010 

    O Metallica divulgou em seu site oficial o lançamento de um EP ao vivo celebrando o encerramento da bem sucedida turnê do cd Death Magnetic que teve início em 2008. Para tanto compilou músicas das turnês de 1989, 1993, 1998 e 2004, todas em apresentações feitas na Austrália.

    01. “Eye of the beholder” (4 de maio de 1989 – Festival Hall, Melbourne)
    02. “…And justice for all” (4 de maio de 1989 – Festival Hall, Melbourne)
    03. “Through the never” (8 de abril de 1993 – Entertainment Centre, Perth)
    04. “The unforgiven” (4 de abril de 1993 – National Tennis Centre, Melbourne)
    05. “Low man’s lyric” (11 de abril de 1998 – Entertainment Centre, Perth)
    06. “Devil’s dance” (12 de abril de 1998 – Entertainment Centre, Perth)
    07. “Frantic” (21 de janeiro de 2004 – Entertainment Centre, Sydney)
    08. “Fight fire with fire” (19 de janeiro de 2004 – Entertainment Centre, Brisbane)

     
  • paulocarames 3:22 em 10/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , fergie, , , , , ozzy, , ,   

    CD – Slash: Slash 2010 

    O ex-Guns n’ Roses, Slash Hudson, que havia manifestado seu desejo de excursionar pela América do Sul com a turnê de seu recém lançado cd solo divulgou hoje em seu site oficial, o lançamento da versão Deluxe Edition do álbum em questão. A nova versão deve contar com 13 músicas extras além das 14 da versão standard (que contaram com participações como Ozzy Osbourne, Fergie e Iggy Pop) além de um documentário e diversos itens adicionais. Candidato a melhor disco do ano.

    Versão Standard:

    01. Ghost (Ian Astbury/Izzy Stradlin) 3:34
    02. Crucify The Dead (Ozzy Osbourne) 4:04
    03. Beautiful Dangerous (Fergie) 4:35
    04. Back from Cali (Myles Kennedy) 3:36
    05. Promise (Chris Cornell) 4:41
    06. By The Sword (Andrew Stockdale) 4:50
    07. Gotten (Adam Levine) 5:05
    08. Doctor Alibi (Lemmy Kilmister) 3:07
    09. Watch This (Dave Grohl/Duff McKagan) 3:46
    10. I Hold On (Kid Rock) 4:10
    11. Nothing To Say (M. Shadows) 5:27
    12. Starlight (Myles Kennedy) 5:35
    13. Saint Is A Sinner Too (Rocco DeLuca) 3:28
    14. We’re All Gonna Die (Iggy Pop) 4:30

     
  • paulocarames 2:21 em 10/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , Poderoso Chefão, , , , ,   

    Série – Sons of Anarchy (2008-) 

    No dia 7 deste mês começou a ser exibida na tv americana a 3ª temporada deste seriado que acompanha a rotina de um clube de motoqueiros foras-da-lei que protegem Charming, uma pequena cidade na Califórnia, da interferência de traficantes de drogas e donos de grandes corporações que tentam levar o “progresso” para lá.
    O centro da série é Jax, filho de um dos fundadores do clube que tenta solucionar o mistério que cerca a morte do pai, enquanto ao lado de sua irmandade luta para não ver seu clube extinto por conflitos internos ou pela influência da máfia russa, gangues de mexicanos, o exército republicano irlandês, a tríade chinesa ou extremistas brancos.
    Já nos primeiros episódios a série arrebatou uma legião de fãs por conta de sua trama envolvente, trilha sonora invejável e da tensão que imprime a cada episódio, ao melhor estilo Prison Break. Se por um lado O Poderoso Chefão (1972) tinha metralhadoras e carros dos anos 40, de outro, Sons of Anarchy tem poderosas Harley-Davidson, sub-metralhadoras e armas automáticas. As demais referências se mantém intactas: o conceito de família unida no crime, lealdade, hierarquia e o poder pela força na defesa do seu modo de vida.
    Além das presenças de Mitch Pileggi (Arquivo X) e Ron Perlman (Hellboy) nas temporadas anteriores, o mestre dos filmes e contos de terror, Stephen King, deve participar do 3º episódio da atual temporada. O convite chegou após King declarar ser fã da série e de motocicletas.
    Pra quem ainda não conhece, vale a pena dar uma conferida nos canais a cabo e assistir às temporadas disponíveis no Brasil e pra conhecer um pouco mais o site da série oferece um vasto material.

     
    • Homero Pivotto Jr. 3:20 em 10/09/2010 Link Permanente | Resposta

      Uma das séries que mais me chamou a atenção nos últimos anos. Esse lance da dicotomia entre bem e mal, família e crime, amigos e falsos camaradas, lealdade ao clube ou aos próprios valores é, na minha opinião, muito bem explorado pelo diretor Kurt Sutter. Creio que é difícil ficar indiferente como espectador. Tem tensão, ritmo, calmaria, paixão, medo, pena… Enfim, tem sentimentos. Isso sem falar na trilha sonora pra lá de bem boa e muito bem aplicada a cada momento. Vale ressaltar a participação do mister Henry Rollins na segunda temporada. Baita série, baita post! Abraço

  • paulocarames 4:05 em 07/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , James Burton, , John Fogerty, John Mayer, , , Kid Rock, , , mean old men, Mick Jagger, , Ringo Starr, , Ronnie Wood, Shelby Lynne, Sheryl Crow, ,   

    CD – Jerry Lee Lewis: Mean Old Man 2010 

    Ainda na onda das novidades, previsto para ser lançado nesta terça, Mean Old Man, novo disco de Jerry Lee Lewis que no ano passado passou pelo Brasil, incluindo Porto Alegre, com sua turnê Last Man Standing.
    Aqui o lendário membro do Million Dollar Quartet (os outros eram Elvis Presley, Johnny Cash e Carl Perkins) assim como no album anterior, faz dobradinhas com figuras pra lá de carimbadas em releituras de vários clássicos.
    A faixa Mean Old Man (Kris Kristofferson) foi gravada em parceria com Ronnie Wood, ao melhor estilo Johnny Cash. Aliás, Sunday Morning Coming Down, também composta por Kristofferson e popularizada por Cash foi incluída na edição deluxe. O disco será lançado em duas versões:

    Versão Simples:
    01 – Mean Old Man (Ronnie Wood)
    02 – You Can Have Her (Eric Clapton/James Burton)
    03 – Sweet Virginia (Keith Richards)
    04 – Rockin’ My Life Away (Kid Rock/Slash)
    05 – Roll Over Beethoven (Ringo Starr/John Mayer/Jon Brion)
    06 – Bad Moon Rising (John Fogerty)
    07 – Dead Flowers (Mick Jagger)
    08 – You Are My Sunshine (Sheryl Crow/Jon Brion)
    09 – Whiskey River (Willie Nelson)
    10 – Middle Age Crazy (Tim McGraw/Jon Brion)

    Versão Deluxe:
    01 – Mean Old Man (Ronnie Wood)
    02 – You Can Have Her (Eric Clapton/James Burton)
    03 – Dead Flowers (Mick Jagger)
    04 – Middle Age Crazy (Tim McGraw/Jon Brion)
    05 – Rockin’ My Life Away (Kid Rock/Slash)
    06 – You Are My Sunshine (Sheryl Crow/Jon Brion)
    07 – Swinging Doors (Merle Haggard/James Burton)
    08 – Hold You In My Heart (Shelby Lynne)
    09 – I Really Don’t Want To Know (Gillian Welch)
    10 – Railroad to Heaven (Solomon Burke)
    11 – Sweet Virginia (Keith Richards)
    12 – Roll Over Beethoven (Ringo Starr/John Mayer/Jon Brion)
    13 – Bad Moon Rising (John Fogerty)
    14 – Please Release Me (Gillian Welch)
    15 – Whiskey River (Willie Nelson)
    16 – Sunday Morning Coming Down
    17 – Will The Circle Be Unbroken (Mavis Staples/Robbie Robertson/Nils Lofgren)
    18 – Miss The Mississippi and You

     
  • paulocarames 3:00 em 07/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , Clapton, Eric, JJ Cale, ,   

    CD – Eric Clapton: Clapton 2010 


    Eis a sua chance de conferir quatro músicas novas na íntegra do 19º álbum de estúdio de Eric Clapton, simplesmente chamado de “Clapton”.
    As primeiras músicas liberadas são “Run Back To Your Side,” “Autumn Leaves,” “Diamonds Made From Rain” and “Travelin’ Alone.” O lançamento está previsto para ocorrer ainda em setembro, dia 22 no Japão, 24 na Alemanha, 27 no Reino Unido e Austrália e 28 nos Estados Unidos e Canadá. Uma versão Deluxe-edition exclusiva pode ser encontrada no site ericclapton.com.
    Co-produzido pelo guitarrista Doyle Bramhall II, o cd conta com colaborações, por exemplo, do lendário JJ Cale. Eric declarou que gostou muito do álbum e que ele será uma surpresa para os fãs pois foi uma surpresa para ele também. Acesse aqui as faixas já liberadas.

    01. Travelin’ Alone
    02. Rockin’ Chair
    03. River Runs Deep
    04. Judgement Day
    05. How Deep Is The Ocean
    06. My Very Good Friend The Milkman
    07. Can’t Hold Out Much Longer
    08. That’s No Way To Get Along
    09. Everything Will Be Alright
    10. Diamonds Made From Rain
    11. When Somebody Thinks You’re Wonderful
    12. Hard Times Blues
    13. Run Back To Your Side
    14. Autumn Leaves

     
  • paulocarames 3:06 em 03/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2010, , , , , , , , , The Pacific, Tom Hanks   

    Segunda Guerra Mundial: Band of Brothers / The Pacific 

    A Segunda Guerra Mundial teve início no dia 1º de setembro de 1939 quando os nazistas invadiram a Polônia e coincidentemente terminou em 2 de setembro, 6 anos mais tarde, com a rendição japonesa. Quando ela terminou deixou um saldo de aproximadamente 70 milhões de mortos, duas bombas atômicas detonadas e o mundo dividido em dois (de um lado o bloco comunista, de outro o capitalista).

    Lado A – Band of Brothers 2001
    Seriado em 10 episódios que conta a história da 101ª Divisão Aerotransportada do exército americano durante a campanha americana na segunda guerra no palco europeu. Produzida por Tom Hanks e Steven Spielberg, teve um orçamento de US$ 125 milhões e demorou 9 meses para ser concluída. Foi o seriado mais caro a ser produzido até que The Pacific, dos mesmos produtores, superou este número em 2010.
    O filme O Resgate do Soldado Ryan (1998) inspirou Hanks e Spielberg a criarem a série que além de dramatizações, conta com depoimentos verídicos dos membros da Easy Company que participaram do Dia D, além da famosa Operação Market Garden e da Batalha do Bulge. Arrebatou os prêmios Emmy e o Globo de Ouro de melhor minissérie e impressiona pelo realismo das cenas de combate.

    Lado B – The Pacific 2010
    Com um orçamento de mais de U$ 150 milhões, The Pacific é a série mais cara a ter sido produzida superando Band of Brothers. Desta vez a série mostra batalhas (Guadalcanal, Cabo Gloucester, Peleliu, Okinawa e Iwo Jima) envolvendo a 1ª Divisão de Fuzileiros Navais no Pacífico enfrentando o exército imperial japonês. Vencedora do Emmy 2010 como melhor minissérie.

     
    • leandro 3:15 em 03/09/2010 Link Permanente | Resposta

      bah tenho q sai um pouco da internet e assisti esses seriados hehe

  • paulocarames 2:18 em 01/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , , , , ,   

    Emmy 2010 | Conheça os vencedores 

    A 62ª edição do Emmy, que premia os melhores da televisão americana – em especial as séries, aconteceu na noite de domingo. A cerimônia teve além das premiações e das tradicionais tirações de sarro com celebridades (Green Day e Elton John por exemplo) uma homenagem ao ator Dennis Hopper, morto em maio deste ano.

    Os principais ganhadores deste ano:
    Melhor atriz em drama – Kyra Sedwick, The Closer
    Melhor ator em drama – Bryan Cranston, Breaking Bad

    Melhor atriz coadj. em drama – Archie Panjabi, The Good Wife
    Melhor ator coadj. em drama – Aaron Paul, Breaking Bad
    Melhor Drama – Mad Men

    Melhor atriz em comédia – Edie Falco, Nurse Jackie
    Melhor ator em comédia – Jim parsons, The Big Bang Theory

    Melhor ator coadj. em comédia – Eric stonestreet, Modern Family
    Melhor atriz coadj. em comédia – Jane Lynch, Glee
    Melhor comédia – Modern Family

    Melhor direção em drama – Dexter
    Melhor direção em comédia – Glee

    Melhor Minissérie – The Pacific

     
  • paulocarames 17:12 em 31/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , le noise, ,   

    CD – Neil Young: Le Noise 2010 

    Programado para 28 de setembro o lançamento do novo cd de Neil Young, Le Noise. Assim que for lançado, posto uma resenha do disco aqui no blog.
    A produção é de Daniel Lanois que já produziu, entre outros, Bob Dylan, U2 e Willie Nelson. Além do álbum, outra boa pedida é o video com fotografia tão experimental quanto a sonoridade da música de Young.
    Por hora, mais detalhes no blog do Grings com direito a duas músicas que estarão no novo disco.

    Tracklist:
    01.”Walk with Me” – 5:05
    02.”Sign of Love” – 3:58
    03.”Someone’s Gonna Rescue You” – 3:29
    04.”Love and War” – 5:37
    05.”Angry World” – 4:11
    06.”Hitchhiker” – 5:32
    07.”Peaceful Valley Boulevard” – 7:10
    08.”Rumblin'” – 3:39

     
  • paulocarames 22:10 em 29/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , 2010, anjos da noite, , , , Kate Beckinsale, , , Lobisomem, , , Robert Pattinson, Taylor Lautner,   

    Lobisomem do arvoredo: Crepúsculo / Anjos da Noite 

    Lado A – Saga Crepúsculo:
    Crepúsculo (Twilight) 2008
    Lua Nova (The Twilight Saga New Moon) 2009
    Eclipse (The Twilight Saga Eclipse) 2010

    Uma história de vampiros parece absurda nos dias de hoje. Uma história de homens que se transformam em lobos parece tão absurda quanto uma de vampiros. Pois bem, para parecer mais absurdo junte as duas histórias e desrespeite todas as ‘regras’ que foram escritas durante séculos para descrever tanto lobisomens quanto vampiros e faça um melodrama para adolescentes.
    Foi o que fez Stephenie Meyer com extrema maestria, ao menos do ponto de vista comercial (a franquia faturou U$ 400 milhões com o primeiro filme, U$ 700 milhões com o segundo e outros tantos com o terceiro, isso sem falar nos livros que inspiraram os filmes).
    Isabela Swan, filha de pais divorciados, muda-se para uma cidade pequena para morar com seu pai pois sua mãe resolveu casar-se novamente. Na nova escola conhece o misterioso Edward Cullen e os dois se apaixonam, embora ele saiba que seus segredos podem ameaçar a segurança da sua amada. Na verdade ele e sua família são vampiros que, contrariando tudo que se pregou até hoje a respeito deles, brilha quando exposto ao sol ao invés de arder em chamas.
    Edward ainda precisará disputar o amor de Bela com Jacob, um nativo norte-americano que é na verdade um lobisomem (não confundir com a clássica definição metade-homem/metade-lobo, aqui ou ele é lobo ou é humano, sem meio termo). Deixando de lado outros furos consideráveis que o enredo apresenta e como a série ainda está na metade, resta saber o que ainda vem por aí.
    Depois do hardcore ficar melódico e dos vampiros brilharem ao sol, só falta tocarem forró nos CTGs.

    Lado B – Anjos da Noite:
    Anjos da Noite – Underworld (Underworld) 2003
    Anjos da Noite – A Evolução (Underworld Evolution) 2006
    Anjos da Noite – A Rebelião (Underworld Rise of the Lycans) 2009
    Anjos da noite mostra o conflito secular entre duas espécies de criaturas da noite que tanto aterrorizam os humanos há gerações. Disputando a supremacia, de um lado refinados vampiros sugadores de sangue e de outro, selvagens homens lobo. Michael Sheen (Frost/Nixon, Maldito Futebol Clube) fez papel de lobisomem em Anjos da noite e de vampiro em Crepúsculo, apesar da diferença de tratamento que as lendas receberam nas duas sagas.

     
    • Mateus 13:58 em 30/08/2010 Link Permanente | Resposta

      Parodiando o mestre Zina:
      “Edward… brilha muito no Crepúsculo!”

  • paulocarames 16:54 em 29/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , Bruce Willis, Dolph Lundgren, , , , , , , sex and the city, ,   

    Mercenários(as): Sex and The City 2 / Os Mercenários 

    Lado A – Sex and the City 2 (Sex and the City 2) 2010
    Baseado na série e dando sequência ao primeiro filme (Sex and the City, 2008), retrata os dilemas das quatro amigas peruas, fúteis e consumistas durante uma viagem a Abu Dhabi.
    Se depender da minha opinião, fadado a encalhar na prateleira da locadora. Exceto, caso o Inter perca o mundial que será na mesma Abu Dhabi, os gremistas poderão parodiar o filme para fazer piada com o rival.

    Lado B – Os Mercenários (The Expendables) 2010

    Existem duas maneiras de ver este filme. A primeira, é observar que ele reforça a percepção dos americanos de que tudo abaixo da linha do equador é uma republiqueta de bananas que precisa da intervenção de seus mercenários (aliás, o título em português veio a calhar) e que as mulheres bonitas que lá habitam anseiam por seus valentões para salvá-las dos nativos. Percepção reforçada pelos comentários feitos na Comic Con deste ano e que serviram como golpe de marketing para divulgar o filme. Aquela velha história, não existe propaganda ruim, existe propaganda.
    Acrescente à crítica o fato de que coisas impensáveis até mesmo para garotões são executadas por atores na maioria sessentões (acredite, meu pai tem esta idade e não conseguiria pular num avião cargueiro em movimento).
    Bom, tem também a segunda maneira. Imagine uma máquina do tempo que te leve de volta aos anos 80 onde nos filmes de ação toca rock n’ roll no talo, as coisas explodem por todo lado enquanto uma luta é travada na proporção de 1 mocinho pra cada mil bandidos, os diálogos não fazem muito sentido e acontecem em meio a piadas desengonçadas. Os figurantes morrem no começo, os coadjuvantes ficam até o final pra dar graça. E no final, óbvio, os mocinhos vencem.
    Tá certo, a máquina do tempo não existe, porém o filme que Sylvester Stallone rodou em parte no Brasil e que gerou tanta polêmica ao menos tem tudo isto e ainda trás de volta a sensação de viver de novo naquele tempo. O que dizer de um filme que reuniu a santíssima trindade dos filmes de ação: Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger e Bruce Willis (coincidentemente em uma igreja) e de quebra Jet Li, Jason Statham, Dolph Lundgren e Mickey Rourke?
    A trama é bem simples, um grupo de mercenários é contratado para eliminar um ditador num pequeno país da América do Sul, o resto, dá pra imaginar. Certamente não vai concorrer ao oscar em categoria alguma e também não dá pra chamar de cinema arte, embora seja bem melhor que o sofrível Rambo 4. Nesse caso você está procurando no lugar errado, se quer arte, alugue Ladrões de Bicicleta.
    Como diz a música durante os créditos finais, The boys are back in town.

     
  • paulocarames 1:21 em 26/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , lost, , pacific, ,   

    Emmy 2010 | Indicados ao prêmio 

    Definida a lista de indicados ao Emmy 2010 que premia os melhores da TV americana. A cerimônia ocorrerá dia 29 de agosto. The Pacific lidera as indicações:

    Melhor série dramática
    •Lost
    •Breaking Bad
    •Dexter
    •Mad Men
    •True Blood
    •The Good Wife

    Melhor série de humor
    •Glee
    •Modern Family
    •Curb Your Enthusiasm
    •Nurse Jackie
    •30 Rock
    •The Office
    •Curb Your Enthusiasm

    Melhor atriz em série dramática
    •Julianna Margulies (The Good Wife)
    •Mariska Hargitay (Special Victims Unit)
    •Glenn Close (Damages)
    •Kyra Sedgwick (The Closer)
    •January Jones (Mad Men)
    •Connie Britton (Friday Night Lights)

    Melhor ator em série dramática
    •Jon Hamm (Mad Men)
    •Kyle Chandler (Friday Night Lights)
    •Bryan Cranston (Breaking Bad)
    •Hugh Laurie (House M.D.)
    •Michael C. Hall (Dexter)
    •Matthew Fox (Lost)

    Melhor atriz em série de humor
    •Lea Michele (Glee)
    •Tina Fey (30 Rock)
    •Toni Collette (The United States of Tara)
    •Julia Louis-Dreyfus (The New Adventures of Old Christine)
    •Edie Falco (Nurse Jackie)
    •Amy Poehler (Parks and Recreation)

    Melhor ator em série de humor
    •Larry David (Curb Your Enthusiasm)
    •Alec Baldwin (30 Rock)
    •Matthew Morrison (Glee)
    •Steve Carell (The Office)
    •Jim Parsons (The Big Bang Theory)
    •Tony Shalhoub (Monk)

    Melhor ator coadjuvante em série de humor
    •Chris Colfer (Glee)
    •Neil Patrick Harris (How I Met Your Mother)
    •Jesse Tyler Ferguson (Modern Family)
    •Jon Cryer (Two and A Half Men)
    •Eric Stonestreet (Modern Family)
    •Ty Burrell (Modern Family)

    Melhor ator coadjuvante em série dramática
    •John Slattery (Mad Men)
    •Aaron Paul (Breaking Bad)
    •Martin Short (Damages)
    •Terry O’ Quinn (Lost)
    •Michael Emerson (Lost)
    •Andre Braugher (Men of a Certain Age)

    Melhor atriz coadjuvante em série dramática
    •Sharon Gless (Burn Notice)
    •Christine Baranski (The Good Wife)
    •Christina Hendricks (Mad Men)
    •Rose Byrne (Damages)
    •Archie Panjabi (The Good Wife)
    •Elisabeth Moss (Mad Men)

    Melhor atriz coadjuvante em série de humor
    •Jane Lynch (Glee)
    •Kristen Wiig (Saturday Night Live)
    •Jane Krakowski (30 Rock)
    •Julie Bowen (Modern Family)
    •Sofia Vergara (Modern Family)
    •Holland Taylor (Two and A Half Men)

    Melhor minissérie
    •The Pacific
    •Return to Cranford

    Melhor telefilme
    •Endgame
    •Georgia O’Keeffe
    •Moonshot
    •The Special Relationship
    •Temple Grandin
    •You Don’t Know Jack

    Melhor ator em minissérie ou telefilme
    •Jeff Bridges (A Dog Year)
    •Ian McKellen (The Prisoner)
    •Michael Sheen (The Special Relationship)
    •Al Pacino (You Don’t Know Jack)
    •Dennis Quaid (The Special Relationship)

    Melhor atriz em minissérie ou telefilme
    •Maggie Smith (Capturing Mary)
    •Joan Allen (Georgia O’Keeffe)
    •Judi Dench (Return to Cranford)
    •Hope Davis (The Special Relationship)
    •Claire Danes (Temple Grandin)

    Melhor ator coadjuvante em minissérie ou telefilme
    •Michael Gambon (Emma)
    •Patrick Stewart (Hamlet)
    •Jonathan Pryce (Return to Cranford)
    •David Strathairn (Temple Grandin)
    •John Goodman (You Don’t Know Jack)

    Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou telefilme
    •Kathy Bates (Alice)
    •Julia Ormond (Temple Grandin)
    •Catherine O’Hara (Temple Grandin)
    •Brenda Vaccaro (You Don’t Know Jack)
    •Susan Sarandon (You Don’t Know Jack)

    Melhor programa de variedades
    •The Colbert Report
    •The Daily Show with Jon Stewart
    •Real Time with Bill Maher
    •Saturday Night Live
    •The Tonight Show with Conan O’Brien

     
  • Leandro Araujo 13:38 em 25/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , ,   

    Conceito nada original 

    Conceito sobre políticos, aproveitando o momento.

    De qualquer forma continuo gostando de política, ao contrário de muitos, que não gostam nem de ouvir falar sobre o assunto. Mas, vamos lá nessas eleições escolham o seu parasita menos pior.

     
  • paulocarames 22:20 em 21/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2010, , , , memphis beat, ,   

    Série – Memphis Beat (2010-) 

    Memphis Beat é uma nova série que acompanha a rotina de Dwight Hendricks (Jason Lee da série My Name is Earl), um policial que divide seu tempo entre capturar bandidos e fazer covers de Elvis Presley. Obviamente um seriado ambientado em Memphis não poderia contentar-se somente com o rock na figura do seu Rei, sendo assim, temos também diversas referências ao bom e velho Blues. Mas é bom estar atento pois elas estão no nome dos episódios que homenageiam músicas interpretadas por Elvis e nas citações ao longo dos diálogos entre os personagens. Obviamente estão na trilha sonora também, que é um destaque à parte, Booker T & the MG’s, Keb Mo, Johnny Cash, BB King, Mississippi John Hurt além de Muddy Waters. Enfim uma boa série, com ótimas referências musicais. Segue o trailer:

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: