Marcado como: 2011 Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • carames 10:00 em 25/11/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , , Aidan Gillen, Alfie Allen, Ben Crompton, , Charles Dance, Conleth Hill, Daniel Portman, Emilia Clarke, Finn Jones, , Gwendoline Christie, , Iain Glen, Ian McElhinney, Isaac Hempstead Wright, Jack Gleeson, Jerome Flynn, Joe Dempsie, John Bradley, Julian Glover, Kit Harington, Kristian Nairn, Lena Headey, Liam Cunningham, Maisie Williams, Mark Stanley, Michelle Fairley, Natalie Dormer, Nathalie Emmanuel, Nikolaj Coster-Waldau, Peter Dinklage, Richard Madden, Rory McCann, Rose Leslie, , Sibel Kekilli, Sophie Turner, Stephen Dillane,   

    Trailer: Game of Thrones 2011 

    Anúncios
     
  • carames 10:00 em 11/11/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , , , Angela Bassett, , Denis O'Hare, Emma Roberts, Evan Peters, Frances Conroy, , , Kathy Bates, Lily Rabe, Sarah Paulson, , Taissa Farmiga,   

    Trailer: American Horror Story 2011 




     
  • carames 10:00 em 13/03/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , , 2011, , , , , ,   

    Série – The Office (2005–2013) 

    The OfficeSimplesmente uma das melhores e mais insanas séries de tv já feitas. The Office nasceu da idéia de Ricky Gervais e Stephen Merchant e teve duas temporadas pela britânica BBC antes de ganhar uma adaptação americana.

    Pois foi a segunda que, produzida por Gervais com Steve Carell no papel de destaque, ganhou evidência já na primeira temporada – com Carell ganhando o Globo de Ouro de 2006.

    Filmada com apenas uma câmera a série refletia o cotidiano do mundo corporativo a partir da filial de uma empresa de papel.

    O departamento de vendas, contabilidade, RH… todos eram acompanhados de perto e falavam diretamente para câmera simulando um semi documentário. Carell é o amalucado Michael Scott, Gerente regional da filial de Scranton da Dunder Mifflin.

    Em sua equipe, Dwight Schrute é o Assistente do gerente regional embora constantemente se autointitule Gerente Regional Assistente – reflexo de sua constante busca por ser legitimado como autoridade do escritório.

    No páreo com Dwight está Jim Halpert, outro vendedor destacado e que adora pregar peças no colega (como o clássico grampeador na gelatina). Daí por diante as cenas são no mínimo, constrangedoras.

    Foram 9 temporadas, as duas últimas sem seu principal astro. Para seu lugar e de seu personagem, foi escalado James Spader, mais um gestor inconsequente e egocêntrico.

    Neste guia do politicamente incorreto, reinava o caos em situações que parecem fazer parte do nosso dia a dia mas evoluem para um desfecho surreal. Você nunca mais verá o mundo corporativo da mesma forma.

     
  • carames 10:00 em 30/01/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, Anabeth Gish, bag of bones, , Jason Priestley, Melissa George, pierce brosnan, , ,   

    Série – Bag of Bones (2011) 

    bag of bonesComo boa parte das obras de terror de Stephen King adaptadas para tv ou cinema, Bag of Bones é recheada de imagens perturbadoras e uma trama pesada.

    Um escritor famoso vivido por Pierce Brosnan passa por um bloqueio criativo após a morte da esposa grávida.

    Ele retorna à casa de verão da família. Lá, ao invés de paz ele acaba se envolvendo em uma disputa familiar entre uma viúva e seu sogro e isto logo vira romance.

    Ele precisa lidar também com a constante visita de fantasmas, inclusive de sua esposa, que tenta lhe entregar uma última mensagem. E, claro, ele precisará descobrir segredos da pequena cidade, muito bem escondidos.

    O elenco ainda tem Anabeth Gish (de Arquivo X), Melissa George e Jason Priestley.


     
  • carames 10:00 em 25/01/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, 6 de março, , , , , , , Brassneck TV, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , Rock 'N' Roll Exposed: The Photography of Bob Gruen, , , Sky Arts, , , , , , ,   

    Documentário – Rock ‘N’ Roll Exposed: The Photography of Bob Gruen 2011 

    SkyArts_RocknRollExposed_Title-348x196bob gruen
    Com sua obra divulgada em livros como Rock Seen, Rockers, The Clash: Photographs by Bob Gruen e John Lennon: The New York Years eis que surge a cereja no bolo do fotógrafo Bob Gruen.

    Rock ‘N’ Roll Exposed: The Photography of Bob Gruen, documentário lançado em 6 de março 2011, é uma obra de arte. Dirigido por Don Letts (The Punk Rock Movie, The Clash: Westway to the World e Punk Attitude) conta com depoimentos do próprio Gruen e muito mais.

    Tommy Ramone, Legs Mcneil, Iggy Pop, Billie Joe Armstrong, Debbie Harry, Alice Cooper, Yoko Ono e Sean Lennon põe a cara na tela para atestar a importância do fotógrafo que entrou pra história da música empunhando sua câmera.

    Praticamente imperceptível em ação, ele registrou as principais bandas de seu tempo sem poses combinadas – tudo com muita autenticidade e com poucos cliques. Segundo ele, só depois de muito tempo percebeu a importância do seu trabalho ao proporcionar a fãs a sensação de estar em uma época que ainda nem haviam nascido.

    Nas quase duas horas de documentário onde suas fotos desfilam na tela a trilha sonora é impecável: Rock n Roll All Night (Kiss); Lucille (Chuck Berry); Immigrant Song (Led Zeppelin); Dont Look Back (Bob Dylan); Brown Sugar, It’s Only Rock and Roll (Rolling Stones); Walk this way (Aerosmith); Eighteen (Alice Cooper); I Wanna Be Your Dog (Iggy and The Stooges); I Wanna Be Your Boyfriend, I Don’t Wanna Walk Around With You (Ramones); Horses (Patti Smith); Woman is The Nigger of The World (John Lennon); Personality Crisis, Looking for a Kiss (New York Dolls); Psycho Killer (Talking Heads); Blank Generation (Richard Hell and the Voidoids); Anarchy in The UK, Submission, Pretty Vacant (Sex Pistols); Complete Control, The Call Up, Radio Clash, Brand New Cadillac (The Clash); New York, New York (Frank Sinatra); Born to Run (Bruce Springsteen); Welcome to Paradise (Green Day); Seven Nation Army (White Stripes).

    Com uma seleção tão robusta e inúmeros detentores de direitos autorais o vídeo foi licenciado, por enquanto, apenas para tv a cabo – ou seja, nada de dvd à venda. Ainda assim vale a pena garimpar na programação e acompanhar esta aula de música e fotografia.

    Ficha Técnica:
    Brassneck TV – produzido por John Osborne

    ramonesbob_gruen_5
    Bob-Gruen_-1976BobGruen_008

     
  • carames 10:00 em 17/10/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , Jesse Mclean, , o guia não oficial de mad men, os reis da madison avenue, , ,   

    Livro – O guia não oficial de Mad Men, os reis da Madison Avenue 2011 

    livromadmenguianaooficialSucesso de crítica e de público, com o incrível feito de bater Sopranos em audiência, Mad Men mostra o cotidiano dos homens da publicidade nos anos 1960.

    A série ganhadora do Globo de Ouro e do Emmy de melhor série, além de indicada em diversas outras categorias e premiações, aqui tem suas duas primeiras temporadas dissecadas pelo autor, Jesse Mclean.

    Além da biografia dos principais personagens, um guia de cada episódio em uma estrutura bem bacana: Sinopse; A filosofia de Mad Men; Fatos da Época; Vendendo o Peixe; Imóveis de Manhattan e Drinque da Vez.

    A série ainda tem a seu favor além do elenco premiado, o diretor Alan Taylor (Homicide, Deadwood e Six Feet Under) e o roteirista Marti Noxon (Prison Break).

    O slogan Beber, Fumar, Vender quase descreve Don Draper com precisão, faltou apenas o lado mulherengo do protagonista. Não se deixe enganar pelo ‘não oficial’ do título, o resultado entregue pelo autor é de primeira e ajuda a mergulhar na série com estilo. Editora BestSeller, 288 páginas.

     
  • carames 12:31 em 29/08/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , 2011, , , , , , james caviezel, Jim Caviezel, Kevin Chapman, Michael Emerson, person of interest, , , Taraji P. Henson   

    Série – Person of Interest (2011-) 

    person of interestApós os atentados de 11 de setembro o governo americano implanta um novo sistema de vigilância capaz de monitorar toda comunicação eletrônica desde e-mails e celulares até câmeras de segurança.

    A ferramenta desenvolvida por Mr. Finch (Michael Emerson) é capaz de prever ameaças terroristas com base nos dados que coleta. Além de dados sobre atentados o sistema também prevê outras ameaças, que afetam o cidadão comum mas que são irrelevantes para os interesses do governo.

    O sistema fornece um número de seguro social do envolvido, podendo ele ser a vítima ou o agressor mas sem determinar quando o crime irá acontecer. Cabe a John Reese (Jim Caviezel) ex-boina verde e ex-agente da CIA descobrir se terá que impedir ou proteger a pessoa em questão.

    Ele utiliza informações de campo de Lionel Fusco (Kevin Chapman), um policial corrupto que se vê obrigado a mudar de lado ao colaborar com a dupla Reese/Finch – força bruta e cérebro das operações.

    Com boas cenas de ação ao estilo dos melhores filmes de Steven Seagal, Caviezel derruba os oponentes na porrada mas quando necessário também dá seus tiros com a precisão de quem foi treinado para ser o melhor.

    A produção é de JJ Abrams (diretor de Star Trek e Super 8) e a direção fica a cargo de Jonathan Nolan (co-roterista de Batman, o cavaleiro das trevas), irmão de Christopher Nolan (diretor de Batman, o cavaleiro das trevas e A Origem).

     
  • carames 10:00 em 15/08/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, Barry Pepper, , , bobby kennedy, Greg Kinnear, history channel, jackie kennedy, jfk, john f kennedy, Katie Holmes, ReelzChannel, , ,   

    Série – The Kennedys (2011) 

    thekennedysO assassinato do presidente americano John F. Kennedy já foi tema do célebre JFK de Oliver Stone em 1991. Duas décadas mais tarde The Kennedys apresenta não apenas o presidente e sua esposa Jackie Kennedy (Katie Holmes), mas o cerne de sua família e os bastidores do poder.

    Inicialmente sob a batuta do History Channel, a produção foi atacada e a pressão da família (principalmente da filha de Jackie e JFK, Caroline Kennedy e de María Shriver, sobrinha do ex-presidente e ex-mulher de Arnold Schwarzenegger) fizeram com que o canal desistisse e ela quase não fosse exibida.

    Por fim o canal pago Reelz abraçou a bronca e levou ao ar os 8 episódios que trazem à tona a vida de uma das mais emblemáticas famílias americanas e conhecida não só pela relevância política mas pela série de controvérsias que a envolve. De quebra, foi a maior audiência do canal até então.

    Contestada por alguns historiadores, a série mostra um John Kennedy inseguro quanto a se tornar presidente, tarefa que lhe é dada após a morte do irmão mais velho e sonho frustrado do próprio pai.

    Aliás, cada passo dos irmãos John (Greg Kinnear) e Bobby (Barry Pepper de Bravura Indômita) seria meticulosamente orquestrado pelo patriarca Joseph (Tom Wilkinson, em mais uma produção presidencial, a outra foi John Adams).

    E não foram poucos os problemas que tiveram de enfrentar juntos: Baía dos Porcos, crise dos mísseis de Cuba, luta pelos direitos civis além dos casos extraconjugais de JFK, seu posterior assassinato bem como de seu irmão. Uma reconstituição de época cuidadosa que, entre diversas indicações e prêmios, abocanhou 4 Emmys.

     
  • carames 10:00 em 25/05/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, action pact with steve drewett, , , Deep Roots Of The Ramones, , gene vincent, , jack scott, , , kim fowley, link wray, , , , , , , , , sky saxon, the teen kings, , walter lure   

    CD – VA: Deep Roots Of The Ramones 2011 

    VA - 2011 - Deep Roots Of The Ramones
    Coletânea que reúne boa parte das influências dos Ramones. De Iggy and The Stooges e MC5 passando por Carl Perkins, e também os contemporâneos New York Dolls e Flamin’ Groovies que chegaram a excursionar com os pais do punk pela Inglaterra no final dos anos 1970.

    Johnny Thunders (I Love You) e The Troggs (I Can’t Control Myself) trazem versões que mais tarde seriam coverizadas pelos próprios Ramones em seus últimos discos de estúdio, Acid Eaters e ¡Adios Amigos!.

    Apenas na versão para Street Fighting Man dos Rolling Stones é que temos os Ramones em ação a exemplo do que ocorreu com outras coletâneas como MOJO Presents que também apresenta as influências da banda e Unreleased Tracks, esta, recheada de sobras de estúdio.

    A canção na verdade, é uma das sobras das sessões de gravação para o disco Too Tough to Die e fora lançada no box End of the Decade, esta uma seleção oficial com outtakes e lados B.

    Ficha Técnica:
    Sireena Records

    Tacklist:
    01 Flamin’ Groovies, The – Shake Some Action
    02 Johnny Thunders & The Heartbreakers* – I Love You
    03 Troggs, The – I Can’t Control Myself
    04 Link Wray – Rawhide
    05 New York Dolls – Personality Crisis
    06 Carl Perkins – Everybody’s Trying To Be My Baby
    07 MC5 – Looking At You
    08 Iggy And The Stooges* – I Got A Right
    09 Gene Vincent – Hey Mama (Say Mama)
    10 Sky Saxon – You Gotta Ride
    11 Kim Fowley – Night Of The Hunter
    12 Teen Kings, The – Ooby Dooby Featuring Roy Orbison
    13 Jack Scott – The Way I Walk
    14 Action Pact With Steve Drewett – Rockaway Beach
    15 Walter Lure & Ramones – Street Fighting Man



     
  • carames 10:00 em 16/05/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, apostas, , corrida de cavalos, dustin hoffman, , luck, michael mann, , , turfe   

    Série – Luck (2011) 

    luckRubicon e Day Break são exemplos de ótimas séries que, injustiçadas, tiveram um fim prematuro.

    Infelizmente elas não estão sozinhas. Luck, produção de 2011 ambientada no universo das apostas e corridas de cavalo aumenta a lista dos cancelamentos que parecem não ter lógica.

    Ace Bernstein (Dustin Hoffman) é um chefão do crime organizado que após três anos deixa a prisão e vai atrás dos responsáveis pelo seu encarceramento. Toda a trama se dá no universo que envolve apostas, cavalos e jóqueis.

    Um dos motivos para o fim precoce da produção que já teria uma segunda temporada aprovada pela HBO foi a morte de três cavalos durante a produção – o que rendeu além de processos, protestos de entidades ligadas a defesa dos direitos dos animais.

    A alegação de que seria impossível garantir a segurança dos cavalos nas filmagens pesou na decisão final mas, considerando o recente Cavalo de Guerra, parece não fazer muito sentido.

    A direção é de Michael Mann (Miami Vice e Inimigos Públicos) e de quebra a série ainda tem Nick Nolte (indicado ao Oscar por O Guerreiro).

     
  • carames 11:00 em 27/04/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , maio de 2011, mojo magazine, , , , ,   

    CD/Magazine – VA: MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 2011 

    R-2809103-1302003817
    O cd que acompanha a revista Mojo de maio de 2011 compila uma interessante seleção de bandas que influenciaram o som dos Ramones e, em muitos casos, acabaram homenageados pelo quarteto.

    Do disco de covers, Acid Eaters, saíram 7 and 7 is do Love e dos Seeds, Can’t seem to make you mine. Do derradeiro ¡Adios Amigos! saem as versões para She talks to rainbows (Ronnie Spector) e I love you (Johnny Thunders and The Heartbreakers).

    Outra música que também ganhou versão acelerada e em três acordes e aqui é apresentada em sua versão original é Do you wanna dance gravada em Rocket to Russia. A inédita Street fighting man (dos Rolling Stones) é a única canção que aqui é interpretada pelos Ramones.

    Ficha Técnica:
    Mojo Magazine #210 – maio de 2011

    Tracklist
    01-walter lure and the ramones-street fighting man
    02-t.rex-ballrooms of mars
    03-ronnie spector-she talks to rainbows
    04-johnny thunders and the heartbreakers-i love you
    05-the trashmen-bird dance beat
    06-the dictators-baby lets twist
    07-new york dolls-personality crisis
    08-bobby freeman-do you want to dance
    09-the shangri-las – give him a great big kiss
    10-the seeds-can’t seem to make you mine
    11-the vagrants-oh those eyes
    12-love-7 and 7 is
    13-suicide-rocket usa
    14-wayne county-maxs kansas city by jayne county meets the she wolves
    15-television-venus de milo
    VA - 2010 - MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 2
    VA - 2010 - MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 3
    VA - 2010 - MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 4VA - 2010 - MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 5
    VA - 2010 - MOJO Presents 1-2-3-4 The Roots Of The Ramones 6url


     
  • carames 11:00 em 25/04/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, Billy Brown, , boxe, Catherine McCormack, , , lights out, Meredith Hagner, Pablo Schreiber, , , Ryann Shane, Stacy Keach   

    Série – Lights Out (2011) 

    Lights OutTaí um universo pouco abordado hoje em dia na televisão tão povoada de seriados. Lights Out trata dos bastidores do mundo do boxe a partir da retomada na carreira do lutador Patrick ‘Lights’ Leary (Holt McCallany do recente Caça aos Gângsteres).

    Leary era campeão dos pesos pesados vencendo 20 lutas, todas por knockout, até que em uma luta polêmica ele perde o título para seu maior rival. Daí por diante se passam cinco anos com ele aposentado enquanto fãs clamam pela sua volta aos ringues e por uma revanche.

    Após descobrir que tem problemas neurológicos ele compra uma academia para seu pai que também é seu ex-treinador (Stacy Keach de Prison Break) e agora ele é empresariado pelo irmão, recém formado graças ao dinheiro ganho por Leary no boxe.

    Barry K. Word é o Dom King da vez além de empresário de Death Row Reynolds e tentará convencer o ex-lutador a deixar de lado a pressão de sua esposa e lutar mais uma vez. O conflito entre treinador e empresário (no caso, pai e irmão) também será mais um complicador nesta tentativa de volta ao estilo Rocky Balboa.

    Infelizmente a exemplo de Luck, outra exceção na tv que mostrava o turfe e o universo das apostas, Lights Out também foi cancelada já em sua primeira temporada.

     
  • carames 12:00 em 30/10/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 13 de fevereiro, 2011, , , , , , , , , , , , , ,   

    Ramones no Grammy 


    Depois de serem reconhecidos no Hall da Fama do Rock n’ Roll em 2002, foi a vez dos Ramones terem sua obra reconhecida por meio de um prêmio Grammy.

    A cerimônia ocorreu no dia 13 de fevereiro de 2011 (um dia antes da cerimônia principal) e foi dedicada a prêmios não competitivos. No caso do quarteto punk, foi um reconhecimento pelo conjunto de sua obra.

    Os três ex-bateristas (Tommy, Marky e Richie Ramone) foram os únicos ex-integrantes presentes na cerimônia.

    Com a ausência de CJ Ramone e com três dos quatro fundadores já falecidos, coube a familiares receberem e agradecerem a homenagem.

    Linda Cummings representou o marido Johnny Ramone enquanto Mickey Leigh falou por seu irmão Joey Ramone.



     
  • carames 11:02 em 19/06/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , , , , , , twin peaks   

    Mortes gêmeas: The Killing / Twin Peaks 

    Lado A – The Killing (2011-2012)
    Indicado a 4 prêmios Emmy e ao Globo de Ouro de melhor atriz (com Mireille Enos), The Killing é uma produção do canal AMC (o mesmo dos ótimos Mad Men, Breaking Bad, Rubicon e The Walking Dead) e inspirada na produção dinamarquesa Forbrydelsen.

    Uma garota morta, políticos em plena campanha incapazes de sustentar um álibi, uma família cheia de segredos investigados por uma dupla de policiais – ela workaholic e obstinada e seu parceiro de lisura duvidosa. O emaranhado de tramas e a paisagem cinzenta em muito lembram Twin Peaks. Mas não se engane, aqui os métodos pitorescos do agente Cooper não tem vez.

    Sarah Linden e seu parceiro Stephen Holder investigam a morte de Rosie Larsen, encontrada morta no porta malas do carro de campanha de um candidato a prefeito que se nega a revelar seu paradeiro na noite do crime.

    A família de Rosie, apesar da aparente imagem de família comum, tem um passado obscuro o que torna o mistério ainda mais complicado de ser revelado. Cada dia de investigação é retratado em um episódio enquanto interesses políticos e financeiros cruzam o caminho dos detetives e do espectador na ânsia de descobrir o(s) assassino(s).

    Lado B – Twin Peaks (1990-1991)
    A trilha, o quarto vermelho, o anão dançando com a música ao contrário, a velha do tronco, os métodos amalucados do agente Dale Cooper…

    A lista de momentos marcantes de Twin Peaks não pára por aqui no sucesso de David Lynch duas décadas mais velho que The Killing.

    O diretor de Veludo Azul, deu ao agente Cooper 30 episódios e um longa metragem para tentar descobrir quem matou Laura Palmer.

    Encontrada à beira de um lago em uma cidade madeireira no norte dos Estados Unidos, a investigação irá revelar não apenas os detalhes de sua morte mas expor praticamente todos os moradores da pequena cidade que, acreditem, tem algo a esconder.

    Sucesso também na tv aberta no Brasil no começo dos anos 1990, a série infelizmente foi exibida cheia de cortes que comprometeram a compreensão da já complexa trama de Lynch.

    Agora, disponível em DVD e todos os demais formatos digitais correntes, fica mais fácil desvendar este mistério. Mas cuidado para não viciar nesta que é uma das melhores séries da história.


     
  • carames 0:37 em 29/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, bad ass, , , ,   

    Filme – Bad Ass (Bad Ass) 2011 

    Danny Trejo (Machete, 2010) e Ron Perlman (Hellboy, 2004) que tem trabalhado juntos no seriado Sons of Anarchy voltam a se encontrar, desta vez na tela grande, no filme Bad Ass.

    O filme é inspirado no vídeo, famoso na internet no começo de 2010, onde Tomas Brujo de 67 anos (usando uma camiseta com a inscrição “I AM A MOTHERFUCKER”) bate em um passageiro do ônibus em que estava após discutirem.

    Frank Vega (interpretado por Trejo) é também um veterano da guerra do Vietnã que espanca dois brutamontes em um ônibus. A partir daí ele parte distribuindo porrada – mistura de Desejo de Matar com um Dia de Fúria.

    Confira abaixo o trailer e o vídeo que deu origem ao filme.


     
  • carames 4:19 em 26/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , mensagem de natal do away, natal   

    Mensagem de natal do Away 

     
  • carames 1:17 em 20/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , , collapse into now, el camino, fase adulta, , , , , , , , , , , odiosa natureza humana, Os melhores discos de 2011, , , , , , , , the sea of memories, , yours truly   

    Os melhores discos de 2011 

    NÃO, não escutei TODOS os álbuns lançados em 2011. Nem ao menos consegui explorar a vasta gama de gêneros musicais disponível. No entanto, para um ouvido criado a base de punk rock/hardcore até que minha lista ficou razoavelmente diversificada. Mas, SIM, é uma lista tendenciosa. E NÃO, não estamos em 1991 quando muitos clássicos indiscutíveis foram criados e uma lista de melhores era unanimidade.
    Infelizmente este foi um ano fraco, mas fique à vontade para discordar e por favor, aproveite este exercício e reflita sobre sua própria lista de melhores do ano:

    01 The Black Keys: El Camino

    02 Neil Young: A Treasure

    03 R.E.M.: Collapse Into Now

    04 Foo Fighters: Wasting Light

    05 Sepultura: Kairos

    06 Matanza: Odiosa Natureza Humana

    07 Bush: The Sea of Memories

    08 Red Hot Chili Peppers: I’m With You

    09 Sublime with Rome: Yours Truly

    10 Gritando HC: Fase Adulta

     
  • carames 1:53 em 13/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2011, beyond magnetic, , , , hate train, , just a bullet away, ,   

    Metallica divulga dois sons, ‘sobras’ de Death Magnetic 


    O Metallica divulgou na semana passada duas novas músicas que, na verdade, ficaram de fora do álbum Death Magnetic de 2008. Hate Train e Just a Bullet Away deverão ser lançadas em um EP chamado Beyond Magnetic, ainda sem data para chegar ao mercado.

    Enquanto isto, em meio as comemorações de 30 anos da banda, eles já estão presenteando os fãs com os novos sons ao vivo:


     
  • carames 0:27 em 11/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, , , clive owen, , , os especialistas, ranulph fiennes, , , the killer elite   

    Filme – Os Especialistas (The Killer Elite) 2011 

    Inspirado no livro The Men Feather escrito por Ranulph Fiennes, um antigo agente de elite britânico. Seu livro conta a história de dois grupos de assassinos que mediram força na década de 1970 e causou polêmica na Inglaterra nos anos 1990 quando foi lançado e virou best-seller. O governo se esforçou em negar rapidamente qualquer envolvimento oficial com mercenários contratados.

    Fortemente apoiado no argumento ‘baseado em fatos reais’ o filme conta com vários elementos indispensáveis a um bom filme de ação. Perseguições automobilísticas, tiroteios sob telhados em Londres, em túneis no meio do deserto e boas cenas de luta bem coreografadas.

    Na trama, um grupo de assassinos (intitulado a Clínica) é contratado para eliminar quatro soldados britânicos responsáveis pela morte dos filhos de um rico sheik árabe. Em seu encalço está outro grupo de assassinos de elite (conhecido como Homens Pena) que tem a missão de impedir os assassinatos.

    No elenco, Robert De Niro (que dispensa apresentações e esteve recentemente em Machete, outro bom filme de ação), Clive Owen e Dominic Purcell (da extinta série Prison Break).

    Jason Statham (de Assassino a Preço Fixo e das franquias Carga Explosiva e Adrenalina) se firma cada vez mais como herdeiro do posto que Vin Diesel falhou em ocupar e que um dia foi de Arnold Schwarzenegger e Sylvester Stallone (com quem estrelou Os Mercenários).

     
  • carames 0:32 em 29/11/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2011, alex gansa, , , , damian lewis, guerra ao terror, , , morena baccarin, , ,   

    Série – Homeland (2011-) 

    Homeland conta a história do soldado Scott Brody, interpretado por Damian Lewis (de Band of Brothers). Dado como desaparecido no Iraque ele reaparece após nove anos quando um grupo de elite americano invade uma base inimiga e o descobre prisioneiro.

    Levado de volta aos Estados Unidos ele reencontra seus filhos e sua esposa Jessica (a brasileira Morena Baccarin). Além das lembranças de torturas recebidas enquanto estava no cativeiro ele terá que lidar com a adaptação em um lar que esteve ausente por quase uma década e se deparar com segredos que não serão fáceis de digerir.

    Outro problema será Carrie Anderson (Claire Danes), uma agente da CIA em seu encalço que desconfia que Brody é na verdade um soldado convertido em terrorista da Al-Qaeda e que sua volta à América seja um plano de ataque inimigo.

    Tão logo ele desembarca em sua terra natal é convenientemente apresentado como herói e, símbolo da persistência americana, serve como garoto propaganda de uma guerra já sem prestígio e sem apoio de boa parte da população.

    Brody não permite ao telespectador decifrar a verdade por trás de seu personagem ambíguo. Espionagem e suspense ditam o ritmo da trama que nos conduz habilmente em meio às desconfianças de Carrie e o circunstancialismo de suas suspeitas.

    Ele precisa mentir sobre as reais circunstâncias da morte de seu colega de farda, Tom Walker (detalhe: no filme Fuga de Colditz de 2005, Damian Lewis interpreta um soldado durante a segunda guerra que escapa de um campo de concentração e ao regressar pra casa mente sobre a morte de um colega para ficar com sua noiva).

    Baseada na série israelense Hatufim, a série é mais uma atração da emissora Showtime, canal pago responsável por outros destaques como Californication, Dexter e Fear itself e antes mesmo do final da primeira temporada, já foi renovada para o segundo ano.

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: