Marcado como: 5 de agosto Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 20:49 em 22/08/2018 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , 5 de agosto, alex kane, ben reagan, , cellophane, clare misstake, , paul roessler, , , , , , ,   

    LP/CD – Richie Ramone: Cellophane 2016 


    A banda acaba e o baterista monta um novo grupo assumindo os vocais, ele passa então a lançar discos e excursionar pelo mundo. Soa familiar mas não faça confusão, estamos falando do ex-ramone Richie Reinhardt.

    Reinhardt deixou os Ramones em 1987 após gravar três albuns com a banda e excursionar fazendo cerca de 400 shows com os pioneiros do punk. Os Ramones se separaram em 1996, mas àquela altura já não se ouvia mais falar do ex integrante até que em 2013 ele reapareceu, empunhando o sobrenome mais famoso e lançando sua estréia solo, Entitled.

    Em Cellophane, lançado em 5 de agosto de 2016, Richie Ramone volta ao estúdio depois de um longo período na estrada e retoma o trabalho anterior guinando desta vez mais para o punk rock dos discos que gravou ao lado de Joey, Johnny e Dee Dee.

    Para o registro, ele conta com a companhia de Ben Reagan na guitarra, o produtor Paul Roessler nos teclados, além de Clare Misstake (baixo) e Alex Kane (guitarra) – ambos do Anti-product. Clare, que também passou a excursionar com Richie, já havia tocado com Marky no projeto Marky Ramone’s Blitzkrieg ao lado de Michale Graves.

    Braggadocio abre os trabalhos, parceria do baterista com Adam Bones, que também co-assina Just to be clear e Your Worst Enemy. Um dos destaques é I Fix This, resultado do trabalho conjunto de Richie com o guitarrista Ben Reagan com direito a single e vídeo de divulgação.

    What? é fruto de outra parceria, desta vez, de Tina DiGeorge e Richie que assina apenas três canções desacompanhado: a canção título Cellophane, I’m not ready e Pretty Poison, esta última composta nos tempos de Ramones mas não aproveitada pelo quarteto.

    Tradição na discografia ramônica, tanto oficial quanto solo, a cover da vez fica a cargo de Enjoy the silence do Depeche Mode. Com tiragem inicial apenas em CD, Cellophane teve sua versão em vinil lançada só no ano seguinte, em edição limitada a 500 cópias.

    Apesar do resultado menos empolgante do que de outros bateristas que se aventuraram como cantores, Richie declarou ter sentido-se mais à vontade nos vocais desta vez. E se o número de canções encolheu em comparação com o debut do artista, as releituras dos tempos de Ramone desta vez deram lugar a canções autorais.

    Ele encerra a empreitada com a bela I’m not ready decretando “O céu pode esperar, diga-lhes que não estou pronto”.

    Ficha Técnica:
    DC-Jam Records – produzido por Paul Roessler.

    Richie Ramone – bateria e vocal
    Ben Reagan – guitarra
    Clare Misstake – baixo
    Alex Kane – guitarra
    Paul Roessler – teclados

    Edição em LP
    A1 Braggadocio 3:23
    A2 I Fix This 2:54
    A3 Cellophane 4:36
    A4 Your Worst Enemy 3:47
    A5 Pretty Poison 3:18
    B1 Enjoy The Silence 4:30
    B2 Just To Be Clear 2:38
    B3 What? 3:58
    B4 I’m Not Ready 4:15

    Edição em CD
    01) Braggadocio (Richie Ramone / Adam Bones) (3.23)
    02) I Fix This (Richie Ramone / Ben Reagan) (2.54)
    03) Cellophane (Richie Ramone) (4.35)
    04) Just To Be Clear (Richie Ramone / Adam Bones) (3.46)
    05) Pretty Poison (Richie Ramone) (3.18)
    06) Enjoy the Silence (Martin Lee Gore) (4.30)
    07) Your Worst Enemy (Richie Ramone / Adam Bones) (2.58)
    08) What? (Richie Ramone / Tina DiGeorge) (3.58)
    09) I’m Not Ready (Richie Ramone) (4.15)






    Anúncios
     
  • paulocarames 10:00 em 05/08/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , 5 de agosto, , , hungry heart, , , the river   

    A música que os Ramones não gravaram 

    DD_Ramone_Bruce_1977
    Era noite de 5 de agosto de 1978 e os Ramones faziam show em Asbury Park (New Jersey) ao lado de Patti Smith. Terminado o show eis que Bruce Springsteen (na foto de Bob Gruen acima, ao lado de Dee Dee Ramone em 1977) vai até o camarim e numa conversa Joey Ramone pede a Springsteen que escreva uma música para o quarteto.

    The Boss cumpre a promessa e na mesma noite escreve Hungry Heart. Mais tarde, Jon Landau, seu empresário, o convence a lançar ele próprio esta canção que acabaria alcançando o número 5 na parada da Billboard e seria eleita melhor single do ano.

    Alguém aí imaginou uma versão ramoniana como lado B do single de Baby I Love You ou Danny Says?

    Bruce+Springsteen+-+Hungry+Heart+-+7-+RECORD-501611



     
  • paulocarames 22:26 em 02/07/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 5 de agosto, , , , , , cabeças de vento, fox records, lonn friend, , primus, , , , , ,   

    Filme – Os Cabeças de Vento (Airheads) 1994 

    Executivos de gravadoras usando rabo de cavalo e cavanhaque. Groupies com vestidos justíssimos e cabelos descoloridos. Uma rádio chamada ‘rebelde’. Uma fita demo perdida por aí e uma banda tentando o sucesso.

    Chazz (Brendan Fraser), Rex (Steve Buscemi) e Pip (Adam Sandler) são os Cavaleiros Solitários, uma banda de hard rock como aquelas que costumavam fazer sucessos nos idos da década de 1990. Eu sei, vendo hoje este filme soa um tanto datado. Apesar disto ele passou no teste do tempo e vale a pena conferi-lo.

    Rex trabalha em uma loja de brinquedos de onde costuma subtrair bonecos e armas de brinquedo. Chazz bate de porta em porta à procura de uma gravadora que os aceite, enquanto sua namorada exige que ele arranje um emprego de verdade.

    O sonho deles é assinar um contrato, gravar um disco e fazer sucesso. Nem que para isto precisem invadir uma estação de rádio e fazê-los tocar sua demo na marra fazendo os funcionários reféns.

    Na trilha sonora, Motorhead, Ramones, Anthrax e Primux além de participações pra lá de especiais de Lemmy, Beavis and Butthead e White Zombie. Uma comédia divertida com atores que ainda eram promessas em atuações competentes. Um prato cheio pra quem curte rock n’ roll – desde que não copiem a iniciativa (acreditem, alguém já teve esta infeliz idéia).

    Ficha Técnica:
    Fox Records – produzido por Lonn Friend

    01 Born to Raise Hell – Motörhead com Ice-T e Whitfield Crane – 4:57
    02 I’m The One – 4 Non Blondes – 3:58
    03 Feed the Gods – White Zombie – 4:05
    04 No Way Out – D Generation – 4:26
    05 Bastardizing Jellikit – Primus – 4:11
    06 London – Anthrax – 2:54
    07 Can’t Give In – Candlebox – 3:15
    08 Curious George Blues – Dig – 4:03
    09 Inheritance – Prong – 2:11
    10 Degenerated – Lone Rangers – 3:53 *
    11 I’ll Talk My Way Out Of It – Stuttering John – 3:40
    12 Fuel – Stick – 4:57
    13 We Want the Airwaves – Ramones – 3:21




    VA - 1994 - Airheads Original Soundtack k7a
    VA - 1994 - Airheads Original Soundtack k7b



     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: