Marcado como: circle jerks Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 15:39 em 08/08/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , circle jerks, , , , My Career As A Jerk,   

    Documentário sobre o Circle Jerks será lançado em 25 de setembro 

    My Career As A Jerk– documentário sobre a lendária banda Circle Jerks – será lançado no dia 25 de setembro.

    O filme foi dirigido por David Markey e conta com entrevistas de Keith MorrisGreg Hetson e Lucky Leher, além de outros membros da cena, como J. Mascis (Dinosaur Jr), Henry Rollins (Black Flag) e Brian Baker (Minor Threat, Bad Religion).

    “Eu estava fazendo muito desses shows e não havia uma banda como aquela em Los Angeles”, disse Markey – que afirmou ainda que fazer este filme lembrou-lhe o quão verdadeiramente grande foi o Circle Jerks. Abaixo você confere a obra de arte e um trailer do documentário.

    Fonte: TMDQA

     
  • paulocarames 15:27 em 05/04/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 25 álbuns essenciais de Punk Rock, angry samoans, avengers, , , , , circle jerks, , , , descendents, , gang of four, germs, , , , , , , , , , , wire, x,   

    25 álbuns essenciais de Punk Rock 


    Recentemente, o site Yahoo.com fez uma lista com os 25 álbum essenciais de punk, que “deveriam estar na coleção de todo verdadeiro punk rocker”.

    Porém, embora a lista tenha discos e bandas que de fato mereciam ser incluídas, ela deixa de fora alguns clássicos como The Stooges, MC5, Sham 69, Fang, Blitz e Discharge.

    O criador da lista, Rob O’Connor, reconheceu que há diversas bandas e álbuns que deveriam estar na lista, mas alegou que alguns grupos “não foram tão bons além de uma ou duas músicas ou nunca lançaram um álbum definitivo durante sua carreira”. Ele também escreveu que “a maioria da bandas de punk rock lançaram apenas um single, no entanto, as verdadeiras ótimas bandas conseguiram, pelo menos, lançar um álbum”.

    Confira a lista logo abaixo e não esqueça de deixar um comentário contando o que achou.

    01. The Sex Pistols – Never Mind the Bollocks
    02. The Ramones – Leave Home
    03. X – Los Angeles
    04. Dead Boys – Young, Loud and Snotty
    05. Buzzcocks – Singles Going Steady
    06. Misfits – Walk Among Us
    07. Wire – Pink Flag
    08. Minor Threat – Out of Step
    09. Richard Hell and the Voidoids – Blank Generation
    10. Bedlam – Bedlam
    11. X-Ray Spex – Germ Free Adolescents
    12. Johnny Thunders and the Heartbreakers – L.A.M.F.
    13. Gang of Four – Entertainment!
    14. The Clash – London Calling
    15. Bad Brains – Bad Brains
    16. Dead Kennedys – Plastic Surgery Disasters
    17. Suicide – Suicide
    18. Black Flag – Damaged
    19. Descendents – Milo Goes To College
    20. Circle Jerks – Group Sex
    21. Avengers – Avengers
    22. The Damned – Machine Gun Etiquette
    23. The Germs – GI
    24. The Dictators – Go Girl Crazy!
    25. The Angry Samoans – Back From Samoa

    O post original foi publicado aqui

     
    • carames 0:43 em 06/04/2012 Link Permanente | Resposta

      Gosto é gosto… mas minha lista é beem diferente:
      01. Ramones – Ramones
      02. Sex Pistols – Nevermind the Bollocks
      03. The Clash – London Calling
      04. Dead Kennedys – Fresh Fruit for Rooting Vegetables
      05. Stooges – Fun House
      06. MC5 – Kick out the jam
      07. X – Los Angeles
      08. Circle Jerks – Group Sex
      09. Black Flag – Damaged
      10. Bad Religion – Suffer
      11. NOFX – Heavy Petting Zoo
      12. Green Day – Dookie
      13. Exploited – Punk’s not dead
      14. Rancid – …and out come the wolves
      15. Offspring – Smash
      16. Anti-flag – Die for the government
      17. Buzzcocks – Another Music in a different kitchen
      18. GBH – From here to reality
      19. Pennywise – Pennywise
      20. Toy Dolls – Dig that groove baby
      21. Television – Marquee Moon
      22. New York Dolls – Too Much Too Soon
      23. Bad Brains – Bad Brains
      24. Minor Threat – Out of Step
      25. The Dictators – Go Girl Crazy

  • paulocarames 15:59 em 02/02/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 2 de fevereiro, alex cox, , , chloe webb, circle jerks, courtney love, , gary oldman, , , , , ,   

    LP/VHS/DVD – Sid e Nancy, o amor mata (Sid and Nancy, the love kills) 1986 

    Apesar de Glen Matlock ser o baixista original dos Sex Pistols, foi Sid Vicious (John Simon Ritchie-Beverly: 10/05/1957 — 2/2/1979) quem personificou a imagem do rock star punk empunhando o baixo na banda criada por Malcom McLaren.

    O movimento punk londrino era diferente do novaiorquino em muitos aspectos, mas principalmente na estética. Vicious, não só fez jus a aparência (cabelos sujos e espetados, roupas rasgadas e cadeado no pescoço) como viveu e morreu de acordo com a máxima que mandava viver intensamente e morrer jovem.

    Em março de 1977 ele entrou para a banda mesmo sem saber tocar e durante os shows se mantinha fazendo pose enquanto seu instrumento passava parte do tempo desligada para não atrapalhar a música.

    Em novembro daquele ano ele conheceu Nancy Spungen, uma groupie americana que se prostituía para manter seu vício em heroína e andava atrás de qualquer um que estivesse envolvido com uma banda. O vício uniu os dois mas o temperamento difícil dela e a pouca aceitação de Sid pelo resto do grupo tornavam difícil seu convívio com Johnny Rotten e cia. Sid estava convencido que era a alma da banda e suas exigências acabaram sendo o pivô para o fim dos Sex Pistols em plena turnê americana.

    Sid tentou carreira solo e foi viver com Nancy nos Estados Unidos no lendário Chelsea Hotel em Nova Iorque onde viveram também Dee Dee Ramone, Dylan Thomas, Arthur C. Clarke, William S. Burroughs, Leonard Cohen, Tennessee Williams, Allen Ginsberg, Jack Kerouac, Jean-Paul Sartre e Charles Bukowski.

    Na noite de 12 de outubro de 1978 ela foi encontrada morta a facadas. Sid chegou a ser preso como principal suspeito mas morreu de overdose em fevereiro do ano seguinte. O caso da morte de Nancy acabou arquivado e nunca recebeu uma explicação oficial.

    O filme do diretor Alex Cox retrata o romance ao melhor estilo Romeu e Julieta ou Yoko/Lennon dos punks se preferirem. O renomado Gary Oldman interpreta Sid Vicious e Nancy é encarnada por Chloe Webb num elenco que ainda incluía, a então desconhecida, Courtney Love.

    A trilha sonora inclui Circle Jerks, Joe Strummer e o próprio Gary Oldman embora tenha deixado de fora Love Kilss – composição de Dee Dee Ramone em homenagem ao amigo morto e que foi deixada de fora após Dee Dee brigar com Alex Cox.


     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: