Marcado como: country Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 1:35 em 16/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , country, , , , resenha blu-ray, ,   

    CD/LP/MP3/Blu-ray – Neil Young: A Treasure 2011 


    Lançado ontem a versão em CD de A Treasure, novo tesouro de Neil Young. Esta versão chega ao mercado meses após o disco ter sido lançado em LP duplo de 180 gramas para celebrar o Record Store Day.

    O álbum ganhará uma opção para stream e estará disponível também em MP3 para venda online além de ter uma opção combo CD/Blu-ray. Para o Blu-ray foram recuperadas filmagens em 8mm de parte das apresentações.

    A compilação reúne registros ao vivo do cantor canadense entre 1984 e 1985, quando excursionou com a banda The International Harvesters na turnê de divulgação do álbum Old Ways, e inclui cinco músicas que não haviam sido gravadas até então.

    O próprio Neil Young declarou que não mexia nestes takes há 25 anos e ouviu do co-produtor Ben Keith ‘isto é um tesouro’ ao resgatarem as gravações.

    As baladas country contrastam com o experimentalismo de Le Noise (2010) e com a pegada mais convencional de Fork in the Road (2009), trabalhos anteriores de Young que deve visitar o Brasil ainda este ano. Quem sabe seja este o playlist de um eventual show por aqui.

    Confira a lista com as músicas e as apresentações onde foram captadas:

    01- Amber Jean (9/20/84) Nashville Now TV Nashville, TN
    02- Are You Ready For The Country? (9/21/84) Riverbend Music Center Cincinnati, OH
    03- It Might Have Been 9/25/84 Austin City Limits TV Austin, Texas
    04- Bound For Glory 9/29/84 Gilleys’s Rodeo Arena Pasadena, TX
    05- Let Your Fingers Do The Walking (10/22/84) Universal Amphitheater Universal City, CA
    06- Flying On The Ground Is Wrong (10/26/84) Greek Theater Berkeley, CA
    07- Motor City (10/26/84) Greek Theater Berkeley, CA
    08- Soul Of A Woman (10/26/84) Greek Theater Berkeley, CA
    09- Get Back To The Country (10/26/84) Greek Theater Berkeley, CA
    10- Southern Pacific (9/1/85) Minnesota State Fair St. Paul, MN
    11- Nothing Is Perfect (9/1/85) Minnesota State Fair St. Paul, MN
    12- Grey Riders (9/10/85) Pier 84 New York City, NY

     
  • paulocarames 9:53 em 02/02/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , country, , , ,   

    Migrando do cinema para carreira musical: Costner / Seagal 

    Lado A – Kevin Costner and Modern West: Untold Truths 2008
    Desde que Elvis Presley tentou a sorte como ator, mesmo sem muito sucesso, não são raros os exemplos de artistas que tentam diversificar sua carreira. Kevin Costner é um dos casos da migração inversa a que tentou o rei do rock. Com uma carreira consolidada nas telas, desde 2008 Costner se aventura com sua banda Kevin Costner and Modern West – com a qual varia do Country ao Classic Rock. O astro de Dança com Lobos, JFK e O Guarda-costas passou pelo Brasil em turnê no final do ano passado divulgando seu álbum Turn it On. Com um trabalho apenas razoável, Costner mostra que como músico é um ótimo ator, sua atuação como Eliot Ness em Os Intocáveis é prova disto.

    01.”Long Hot Night” (Coinman, Morgan) – 4:27
    02.”90 Miles an Hour” (Park Chisholm/Costner/Morgan) – 5:18
    03.”Hey Man What About You” (Coinman) – 4:28
    04.”Superman 14″ (Coinman/Morgan) – 5:36
    05.”Don’t Lock’em Away (Song For Molly)” – 3:44
    06.”Down in Nogales” (Coinman) – 4:34
    07.”Every Intention” (Coinman) – 4:08
    08.”Five Minutes from America” – 4:40
    09.”The Sun Will Rise Again” (Chisholm/Coinman/Costner/Morgan) – 3:51
    10.”Backyard” – 4:37
    11.”Leland Iowa” (Coinman) – 3:59
    12.”Gotta Get Away (Song for Bud)” – 3:36

    Lado B – Steven Seagal and Thunderbox: Mojo Priest 2006
    Em 1988 Steven Seagal fez Nico, Acima da Lei, seu maior sucesso até hoje. Desde então se firmou como um ícone dos filmes de ação, mesmo sem emplacar um grande sucesso como o de Nico. Nos últimos anos, além de algumas pontas (como em Machete) Seagal estabeleceu uma espécie de linha de montagem. Filmando uma média de 4 filmes por ano mudando quase que somente o nome dos personagens e dos locais em questão e mantendo o restante da trama inalterada – um cara durão em busca de vingança/redenção que distribui porrada em quem cruzar seu caminho.
    Recentemente Steven Seagal passou a estrelar a série em formato de reality show Lawman a qual retrata seu dia-a-dia real como oficial de polícia na pequena cidade de Jefferson Parish.
    Seagal aventurou-se também no mundo da música gravando Mojo Priest, lançado em 2006 o qual foi divulgado com uma turnê pelos Estados Unidos e Europa. O disco conta com versões para Red Rooster de Howlin Wolf e Hoochie-Coochie Man de Muddy Waters além da participação de Bo Diddley na faixa Shake de Sam Cooke. Referências bastante interessantes embora, a exemplo de Kevin Costner, Seagal fique melhor na tela do cinema.

    01.”Somewhere in Between”
    02.”Love Doctor”
    03.”Dark Angel”
    04.”Gunfire in a Juke Joint”
    05.”My Time Is Numbered”
    06.”Aligator Ass”
    07.”BBQ”
    08.”Hoochie Koochie Man”
    09.”Talk to My Ass”
    10.”Dust My Broom”
    11.”Slow Boat to China”
    12.”She Dat Pretty”
    13.”Red Rooster”
    14.”Shake” (with Bo Diddley)
    15.”Sharp Dressed Man”
    16.”Lockwood”
    17.”Homesick”
    18.”Elmoe”
    19.”Cockpuncher Blues”

     
  • paulocarames 23:55 em 16/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , colin farell, country, , , , Maggie Gyllenhaal, Marisa Tomei, , ,   

    O valor da segunda chance: O Lutador / Coração Louco 

    Lado A – O Lutador (The Wrestler) 2008
    Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza, O Lutador conta a história de Randy “The Ram” Robinson (Mickey Rourke, indicado ao oscar de melhor ator), um lutador que após ter tido sucesso nos anos 1980 vive fazendo pequenos serviços e lutando em centros comunitários na esperança de um último combate contra seu grande adversário dos tempos de glória.
    Um ataque cardíaco o impossibilita de voltar aos ringues o fazendo trabalhar em um restaurante onde conhece a stripper Cassidy (Marisa Tomei, indicada ao oscar de melhor atriz coadjuvante) com quem tenta manter um relacionamento. Ao mesmo tempo, tenta se reconciliar com sua filha, a qual abandonou enquanto ela era criança. O desejo de voltar aos ringues continua presente e ele terá que fazer uma escolha entre realizar seu sonho ou manter sua saúde.
    O filme marcou a volta por cima de Rourke (aniversariante de hoje) após um período de atuações irregulares e uma tentativa frustrada de tornar-se boxeador.

    Lado B – Coração Louco (Crazy Heart) 2009
    Jeff Bridges é o cara, não só pelo seu papel em O Grande Lebowski, onde seu personagem repetidamente se auto-intitulava como O CARA. Ele ganhou o Oscar e o Globo de Ouro de melhor ator por sua interpretação como Bad Blake, um cantor country em decadência e com dificuldades para vencer o alcoolismo.
    Blake ganha a vida apresentando-se em boliches e pequenos clubes freqüentados por antigos fãs enquanto seu pupilo torna-se um astro deixando-o como mero coadjuvante. A jornalista Jean Kraddock aparece em sua vida como um último sopro de esperança para sair do fundo do poço.
    Inicialmente Bridges havia recusado o convite quando soube que não havia música no roteiro, desta forma, condicionou sua atuação à entrega da trilha sonora nas mãos do amigo T-Bone Burnett (especialista em música popular norte-americana, do blues rural ao country roots).
    O resultado é que a trilha sonora de Burnett é tão boa quanto seu sucesso anterior em E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? (filme de 2000 dos irmãos Coen) e a performance de Bridges é magistral. Ou como definiu o diretor Scott Cooper, “uma mistura de Kris Kristofferson, Waylon Jennings e Johnny Cash”. De quebra o filme ainda conta com Robert Duvall, Colin Farell e Maggie Gyllenhaal.
    Alguma dúvida se vale a pena assistir?

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: