Marcado como: dave grohl Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • carames 10:00 em 26/12/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , A História do Nirvana, , , chris novoselic, , dave grohl, , madras editora, Michael Azerrad, ,   

    Livro – Come As You Are: A História do Nirvana 

    livro - come as you are a história do nirvanaO ano era 1991 e desde o distante final dos anos 1970 com o boom do punk em Nova Iorque e Londres, a música não era sacudida de forma tão relevante.

    A história do Nirvana começa antes disto, é verdade, mas foi com Nevermind que eles foram catapultados para o Hype e estamparam capa de toda e qualquer revista ao redor do globo e tinham suas músicas executadas até em rádio AM nos confins do Brasil.

    No ano seguinte eles lançariam Incesticide, uma compilação com sobras de estúdio e pérolas como Dive e Sliver – incluídas no repertório que apresentaram por aqui no Hollywood Rock somadas aos hits de Nevermind e canções do disco de estréia Bleach.

    As apresentações cada vez mais caóticas (como registradas em 1991 the year of the punk broke) eram reflexo das angústias sofridas por Kurt e efeito colateral pela atenção repentina e vertiginosa que receberam e contribuiriam para o fim prematuro deste mito.

    A cronologia da banda surgida em Aberdeen e radicada em Seattle toma forma em depoimentos sinceros a Michael Azerrad. As várias horas de entrevistas também serviram de base para o documentário About a Son de 2006. Madras Editora, 363 páginas.


    Anúncios
     
  • mateus 5:29 em 03/10/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , dave grohl,   

    Dave Grohl anuncia oficialmente pausa do Foo Fighters 

    Após um show em NY no sábado, Dave Grohl anunciou que aquele seria o último show da banda em algum tempo e que não sabia quando haveria outro.

    A confirmação da parada da banda veio ontem, na página oficial do Foo Fighters no Facebook, onde Grohl postou a seguinte nota:

    “Ei todos…

    Dave aqui. Só queria escrever e agradecer a vocês por tudo novamente do fundo do meu coração por outro ano incrível. (Nosso décimo oitavo, para ser exato!) Nós realmente nunca teríamos feito nada disso sem vocês…

    Nunca, nem em meus sonhos mais selvagens, eu acharia que o Foo Fighters chegaria tão longe. Nunca pensei que nós PODERÍAMOS chegar tão longe, para ser honesto. Houve tempos em que pensei que a banda não iria sobreviver. Houve tempos em que eu quis desistir. Mas… Não posso desistir desta banda. E nunca irei. Porque não é apenas uma banda para mim. É a minha vida. É minha família. É meu mundo.

    Sim… Eu estava falando sério. Não tenho certeza de quando o Foo Fighters vai tocar novamente. Parece estranho dizer isso, mas é uma coisa boa para todos nós se nos afastarmos por um tempo. É uma das razões pelas quais ainda estamos aqui. Faz sentido? Eu nunca quis NÃO estar nessa banda. Assim, às vezes é bom apenas… deixá-la no fundo da garagem por enquanto…

    Mas, nenhum relógio de ouro ou férias ainda… Eu vou estar focando toda minha energia em terminar meu documentário e álbum Sound City para lançamento mundial num futuro muito próximo. Um ano preparando, pode ser o maior, o mais importante projeto em que já trabalhei. Prepare-se… ele está chegando.

    Eu, Taylor, Nate, Pat, Chris e Rami… Tenho certeza de que vamos todos ver por aí… em algum lugar…

    Obrigado, obrigado, obrigado…

    Dave”

    O Foo Fighters foi fundando em 1994 e, 18 anos depois, deixa um legado de 7 álbuns de estúdio, 1 ao vivo e 1 compilação oficial.

     
  • carames 15:17 em 28/09/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , dave grohl, , , , , Salad Days, The Washington DC Punk Revolution   

    Salad Days: The Washington DC Punk Revolution – Trailer 

     
  • carames 0:41 em 15/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, , incesticide, , , ,   

    LP/CD – Nirvana: Incesticide 1992 


    Lançado em 14 de Dezembro de 1992, Incesticide é o terceiro álbum do Nirvana e compilava lados B e raridades de estúdio gravadas entre 1988 e 1991 (boa parte produzida por Jack Endino). A arte da capa foi feita pelo próprio Kurt Cobain. Entre as faixas uma versão new wave de Polly e as exaustivamente tocadas ao vivo Dive e Aneurysm.

    Já em 23 de janeiro do ano seguinte a banda se apresentou no Hollywood Rock no Rio de Janeiro onde tocou algumas músicas do álbum e do, àquela época já épico, Nevermind.

    Tracklist:
    01 “Dive” – 3:55
    02 “Sliver” – 2:16
    03 “Stain” – 2:40
    04 “Been a Son” – 1:55
    05 “Turnaround” (Gerald Casale/Mark Mothersbaugh) – 2:19
    06 “Molly’s Lips” (Eugene Kelly/Frances McKee) – 1:54
    07 “Son of a Gun” (Eugene Kelly/Frances McKee) – 2:48
    08 “(New Wave) Polly” (Kurt Cobain/Krist Novoselic/Dave Grohl) – 1:47
    09 “Beeswax” – 2:50
    10 “Downer” – 1:43
    11 “Mexican Seafood” – 1:55
    12 “Hairspray Queen” – 4:13
    13 “Aero Zeppelin” – 4:41
    14 “Big Long Now” – 5:03
    15 “Aneurysm” (Kurt Cobain/Krist Novoselic/Dave Grohl) – 4:36



     
  • carames 1:34 em 25/11/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, , , , , , , ,   

    Max Cavalera deve lançar autobiografia em breve 


    Previsto para 2012 o lançamento da autobiografia de Max Cavalera. A empreitada está sendo tocada pelo escritor britânico Joel McIver, responsável por obras sobre Metallica, Motorhead e Slayer. A introdução deve ficar a cargo do atarefado Dave Grohl (eles tocaram juntos no projeto Probot) e entre os entrevistados estão Ozzy Osbourne e Chino Moreno (Deftones).

    Em 1999 uma biografia escrita por André Barcinski e Silvio Gomes retratava as origens da banda que revelou Max para o mundo. Ao lado de seu irmão e do baixista Paulo Jr e do guitarrista Andreas Kisser, eles mudaram a cara do trash metal mundial com o Sepultura.

    Após lançar o aclamado Roots em 1996, Max deixou a banda e criou o Soulfly (banda que lidera até hoje) e o projeto Cavalera Conspiracy (ao lado de seu irmão Igor Cavalera) além do Nailbomb (projeto com o qual lançou dois discos).

    Max falou ao programa The Bone’s a respeito de sua autobiografia e também da morte de seu enteado Dana Wells, assassinado em 1996.






     
  • carames 3:15 em 28/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, ,   

    Foo Fighters na garagem de casa 

    Para divulgar o disco Wasting Light, com espírito de banda de garagem, o Foo Fighters fez uma mini tour pela garagem de fãs que se cadastraram para recebê-los na própria casa. O resultado de uma destas visitas:

     
  • carames 16:40 em 30/01/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, john paul jones, josh homme, , , , , supergrupo,   

    CD – Them Crooked Vultures: Them Crooked Vultures 2009 

    Em 2008 o Foo Fighters fez um show memorável em Wembley que posteriormente viria a ser lançado em DVD. Dos tantos momentos excepcionais deste show o destaque, sem dúvida alguma, é quando Dave Grohl toca a música Rock n’ Roll do Led Zeppelin (com nada menos que Jimmy Page e John Paul Jones). Deste encontro e de contatos anteriores de Grohl com Josh Homme (Dave Grohl já havia gravado participações em músicas do Queens of the Stone Age, banda de Homme) nasceu o Them Crooked Vultures, projeto com o qual eles lançaram este disco em 2009 e já anunciaram um novo álbum para 2011.

    01. No One Loves Me & Neither do I
    02. Mind Eraser, no Chaser
    03. New Fang
    04. Dead End Friends
    05. Elephants
    06. Scumbag Blues
    07. Bandoliers
    08. Reptiles
    09. Interlude With Ludes
    10. Warsaw Or the First Breath You Take After You Give Up
    11. Caligulove
    12. Gunman
    13. Spinning in Daffodils

     
  • carames 16:10 em 04/01/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , dave grohl, dee snider, , hawkwind, head cat, , , , , , , , ,   

    DVD – Lemmy (49% motherfucker, 51% son of a bitch) 2010 

    Alice Cooper, Metallica, Ice-T, Ozzy Osbourne, Steve Vai, Dee Snider, Billy Bob Thornton, Mick Jones (The Clash, Gorillaz) Lars Frederiksen (Rancid, Lars Fredriksen and the Bastards, UK Subs), Marky Ramone (Dust, Ramones, The Ramainz), Henry Rollins (Black Flag, Rollins Band), David Grohl (Nirvana, Probot, Them Crooked Vulture), os ex-gn’r Slash, Matt Sorum e Duff McKagan.

    A escalação acima é uma pequena amostra de ídolos que, reunidos neste documentário, reverenciam o seu ídolo maior – Lemmy Kilmister. Nascido em 24 de dezembro de 1945, Ian Fraiser Kilmister é vocalista e baixista do Motorhead, uma das bandas mais icônicas e barulhentas do rock n’ roll (a banda atinge 120 DB no palco, o equivalente ao barulho emitido pela turbina de um avião a jato).
    Além do Motorhead, que ao lado do Black Sabbath ‘fundou’ o heavy metal, Lemmy também já participou do The Rockin’ Vickers, Hawkwind e The Head Cat além de ter sido roadie de Jimi Hendrix no começo da carreira.
    O documentário é permeado por depoimentos entusiasmados de roqueiros de diversas gerações (anônimos e famosos) e acompanha o cantor britânico durante a turnê do disco Motorizer – mais recente álbum do Motorhead.
    Diferente de outras videobiografias musicais recentes como Rush: Beyond the Lighted Stage (2010), Iron Maiden: The Early Days (2004) e Metal: A Headbanger’s Journey (2005), Lemmy apresenta uma narrativa não-linear preocupando-se mais em mostrar o cotidiano do mito propriamente dito do que explicar como ele foi se estabelecendo através do tempo e economiza em fotos ou videos de arquivo (para um registro histórico da banda e do próprio cantor, recomendo o especial da VH1, Classic Albums Ace of Spades de 2005).
    Seja em estúdio com Dave Grohl, no palco com o Metallica, em turnê com sua banda, comprando o novo box de cds dos Beatles, gravando uma participação no seriado Californication ou em casa com sua coleção de artefatos de guerra, Lemmy parece pouco se importar com toda bajulação em torno de seu nome. Quando perguntado sobre como se mantém vivo apesar da vida de exageros a resposta, em tom sarcástico é direta: “basta não morrer, ora”.
    Lemmy é rock n’ roll e rock n’ roll é Lemmy, simples assim.

     
  • carames 13:58 em 28/11/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, , , , , , , , , venom   

    CD – Probot: Probot 2004 


    Projeto paralelo do FAZTUDO Dave Grohl com membros de diversas bandas de metal como Max Cavalera (ex-Sepultura e atual Soulfly), Lemmy (Motorhead) e Snake (Voivod), só pra começar. Após uma parada em 2000 Dave gravou diversas faixas instrumentais deixando de fora o vocal, mas tendo em mente diversos vocalistas de sua predileção metaleira de bandas dos anos 1980 e 1990. “Não é um disco que vai mudar o mundo ou vender milhões de cópias”, disse Grohl à revista Time. “É apenas um tributo a todos aqueles caras que eu admiro desde os 16 anos.” Destaque para Red War com Max Cavalera e para faixa escondida depois da música Sweet Dreams, que tem participação de outro polivalente, o ator/comediante/músico Jack Black.

    Faixas:
    01.”Centuries Of Sin” – 4:09 com Cronos (Venom)
    02.”Red War” – 3:30 com Max Cavalera (Sepultura, Soulfly)
    03.”Shake Your Blood” – 2:59 com Lemmy (Motörhead)
    04.”Access Babylon” – 1:24 com Mike Dean (Corrosion of Conformity)
    05.”Silent Spring” – 3:27 com Kurt Brecht (DRI)
    06.”Ice Cold Man” – 5:53 com Lee Dorrian (Cathedral, Napalm Death)
    07.”The Emerald Law” – 5:33 com Scott “Wino” Weinrich (St. Vitus, Obsessed, Spirit Caravan, Place of Skulls)
    08.”Big Sky” – 4:51 com Tom G. Warrior (Celtic Frost, Apollyon Sun)
    09.”Dictatorsaurus” – 3:52 com Snake (Voivod)
    10.”My Tortured Soul” – 5:00 com Eric Wagner (Trouble)
    11.”Sweet Dreams” – 5:25 com King Diamond (Mercyful Fate)
    12.”Untitled” – 6:41 (Inicio sem cortes a partir da faixa anterior.)

     
  • carames 3:22 em 10/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , dave grohl, fergie, , , , , ozzy, , ,   

    CD – Slash: Slash 2010 

    O ex-Guns n’ Roses, Slash Hudson, que havia manifestado seu desejo de excursionar pela América do Sul com a turnê de seu recém lançado cd solo divulgou hoje em seu site oficial, o lançamento da versão Deluxe Edition do álbum em questão. A nova versão deve contar com 13 músicas extras além das 14 da versão standard (que contaram com participações como Ozzy Osbourne, Fergie e Iggy Pop) além de um documentário e diversos itens adicionais. Candidato a melhor disco do ano.

    Versão Standard:

    01. Ghost (Ian Astbury/Izzy Stradlin) 3:34
    02. Crucify The Dead (Ozzy Osbourne) 4:04
    03. Beautiful Dangerous (Fergie) 4:35
    04. Back from Cali (Myles Kennedy) 3:36
    05. Promise (Chris Cornell) 4:41
    06. By The Sword (Andrew Stockdale) 4:50
    07. Gotten (Adam Levine) 5:05
    08. Doctor Alibi (Lemmy Kilmister) 3:07
    09. Watch This (Dave Grohl/Duff McKagan) 3:46
    10. I Hold On (Kid Rock) 4:10
    11. Nothing To Say (M. Shadows) 5:27
    12. Starlight (Myles Kennedy) 5:35
    13. Saint Is A Sinner Too (Rocco DeLuca) 3:28
    14. We’re All Gonna Die (Iggy Pop) 4:30

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: