Marcado como: Guerra Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • carames 10:00 em 21/08/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , Ben Foster, , Emile Hirsch, Guerra, Lone Survivor, Mark Wahlberg, O Grande Herói, Taylor Kitsch,   

    Trailer: O Grande Herói (Lone Survivor) 2013 

    Anúncios
     
  • carames 10:00 em 06/02/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , Guerra, história, , , The Untold History of the United States   

    Série – The Untold History of the United States (2012) 

    The Untold History of the United StatesDividida em 10 episódios e com narração e direção de Oliver Stone, The Untold History of the United States traça um panorama alternativo da história americana.

    O diretor já abordou parte desta história em obras ficcionais como Nascido em 4 de Julho (Tom Cruise vive um veterano do Vietnã), Nixon (com Anthony Hopkins no papel principal), W. (sobre o ex-presidente George W. Bush) e World Trade Center.

    Agora o tom é documental e Stone começa pelo envolvimento na Segunda Guerra Mundial e revisita a Guerra Fria e o assassinato de JFK (tema de filme dele oscarizado em 1991) de uma perspectiva menos otimista que a habitual propaganda americana capitaneada por Hollywood.

    O legado dos presidentes Bush pai e filho, Bill Clinton e Barack Obama também recebem a lente do diretor controverso que em 2009 produziu e dirigiu Ao Sul da Fronteira, documentário dedicado ao então presidente venezuelano Hugo Chávez – o que desagradou a muitos conterrâneos dadas as recorrentes críticas do venezuelano ao governo dos Estados Unidos.

    Os também polêmicos Richard Nixon e o conflito com forças comunistas no Vietnã são tema obrigatório na história recente da superpotência.

    Lista de episódios:
    Episódio 01: World War II
    Episódio 02: Roosevelt, Truman & Wallace
    Episódio 03: The Bomb
    Episódio 04: The Cold War: 1945–1950
    Episódio 05: The 50s Eisenhower, the Bomb & the Third World.
    Episódio 06: JFK: To the Brink
    Episódio 07: Johnson, Nixon & Vietnam: Reversal of Fortune
    Episódio 08: Reagan, Gorbachev & Third World: Revival of Fortune
    Episódio 09: Bush & Clinton: Squandered Peace – New World Order
    Episódio 10: Bush & Obama: Age of Terror

     
  • carames 10:00 em 09/01/2014 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , Guerra, , over there,   

    Série – Over There (2005) 

    over thereBand of Brothers de 2001 abordava a segunda guerra com muita competência mas com uma distância segura pelos 60 anos que separam os acontecimentos reais da produção da série.

    Over There cobre acontecimentos em outra guerra, a do Iraque, quase que à medida em que eles aconteciam. Dividida em treze episódios, a série conta a incursão da 3ª Divisão da Infantaria do Exército dos Estados Unidos no Iraque em plena guerra ao terror.

    No front a vida não é fácil enfrentando tempestades de areia, missões noturnas em vilas no meio do nada, snipers e homens-bomba. Por outro lado, os poucos que conseguem voltar pra casa (feridos muitas vezes) sofrem com a reabilitação e o processo de se adaptar em uma rotina longe da adrenalina do front.

    Filmada em grande parte no deserto da Califórnia, mostra não só a unidade em missão no front como as famílias que permaneceram nos Estados Unidos. Três anos mais tarde seria a vez de Generation Kill abordar o tema.

     
  • carames 10:00 em 28/02/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , Guerra, , , house of saddam,   

    Série – House of Saddam (2008) 

    houseofsaddamApesar de ser uma co-produção entre a britância BBC e a americana HBO, House of Saddam consegue retratar a intimidade do ditador Saddam Hussein sem puxar a brasa pra lado algum. Aliás, seria até incoerente pintar o iraquiano como mero tirano após sua acensão ter recebido apoio da coalizão anglo-americana no final dos anos 1970.

    Abastecido com armamentos pela CIA, só recentemente ele virou inimigo declarado da conveniência americana. Com o exército ianque batendo à sua porta, Saddam fica cada vez mais encurralado e paranóico temendo invasores extrangeiros e inimigos domésticos. Sua ex-esposa, seus filhos e mesmo os principais comandantes de seu exército são como ratos esperando a hora certa de pular do barco que está para afundar.

    Detalhe, a série é um drama sobre a família Hussein, portanto não espere grandes cenas de ação ou guerra a exemplo do que acontece em Generation Kill – série da HBO que estreiou no mesmo ano e também aborda o conflito no Iraque, mas do ponto de vista de um jornalista que acompanha as tropas durante a invasão.

    Após a invasão do Iraque, uma longa busca resultou em sua captura e Saddam Hussein acabou julgado e condenado a morte em 2006.

     
  • carames 10:00 em 21/02/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , Guerra, , , ,   

    Série – Generation Kill (2008) 

    PJ Ransone as a MarineDas tantas séries de qualidade que a HBO tem no seu portfólio, Generation Kill se destaca não só pelo cuidado já habitual mas pelo tema pouco recorrente nas produções da emissora habituada aos dramas.

    A peça central da trama é baseada em um livro de Evan Wright onde um repórter da Rolling Stone acompanha o 1º Batalhão de Reconhecimento da Marinha dos Estados Unidos em plena ocupação do Iraque.

    Apesar de ambientado em uma guerra moderna, o realismo da série lembra muito Band of Brothers (série sobre a segunda guerra mundial), produção do mesmo canal. As cenas de ação e violência não ficam devendo em nada a série 24 horas, menos ainda a visão distorcida e preconceituosa que americanos tem de outras nações ou a hostilidade com que são recebidos nos vilarejos que precisam patrulhar.

    Pra quem esperava um passeio no deserto a realidade não poderia ser mais cruel. Longe de casa e cercado de possíveis inimigos, os soldados são obrigados a lidar com a pressão e perceber que mesmo a mais humilde dona de casa iraquina pode ser uma suicida carregando uma bomba com intuito de levar consigo o máximo possível de invasores infiéis.

    Os sete episódios da mini série são o bastante pra perceber o quão absurda e injustificada foi esta guerra e o quanto uma nação consegue achar que é a ‘polícia do mundo’ impondo sua vontade de acordo com sua conveniência.

     
  • carames 1:25 em 04/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , apocalypse now, , Charlie Sheen, , , , Guerra, Harrison Ford, , , Marlon Brando, , , platoon, , , Vietnã, Willem Dafoe   

    O Vietnã é logo ali: Apocalypse Now / Platoon 

    Carlos Irwin Estevez, conhecido como Charlie Sheen, nasceu em 3 de setembro de 1965. É filho de Martin Sheen e irmão de Emilio Estevez. Participou dos filmes Wallstreet e Top Gang e hoje é protagonista da premiada série Two And a Half Men.

    Lado A – Apocalypse Now (Apocalypse Now) 1979

    Dirigido por Francis Ford Coppola, com previsão de ser filmado em seis semanas que tornaram-se 16 meses e com a sequência inicial mostrando um bombardeio de napalm ao som de The End dos The Doors, o filme é apontado como o melhor filme de guerra de todos os tempos. O Capitão Willard (Martin Sheen) é designado para localizar e matar Kurtz (Marlon Brando), um coronel que enlouquece em plena selva do Camboja. Drogas, um tenente-coronel surfista, vietcongues e uma trilha sonora impecável completam o cenário caótico.
    Em 2001 o próprio Coppola editou o que viria a ser a versão Redux do filme, acrescentando 60 minutos extras em relação ao original de 1979.

    Lado B – Platoon (Platoon) 1986

    Baseado na experiência pessoal do diretor Oliver Stone no Vietnã, o filme acompanha o jovem Chris Taylor (Charlie Sheen) que abandona a faculdade e voluntariamente alista-se para lutar no Vietnã. Na fronteira cambojana ele enfrenta o clima imprevisível, o inimigo vietcongue e os conflitos internos em seu pelotão. Vencedor do Oscar de melhor filme, melhor diretor, melhor som e melhor montagem além do Urso de Prata de melhor diretor e o Globo de Ouro de melhor filme. O elenco contou com vários atores que mais tarde se destacariam como Tom Berenger, Willem Dafoe, Forest Whitaker e Johnny Depp além do próprio Sheen.
    Em Platoon Charlie Sheen repete seu pai, Martin Sheen, que em Apocalypse Now também interpretou um personagem central em meio ao conflito contra os VC’s.

     
  • carames 3:06 em 03/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , Guerra, , , , , , The Pacific, Tom Hanks   

    Segunda Guerra Mundial: Band of Brothers / The Pacific 

    A Segunda Guerra Mundial teve início no dia 1º de setembro de 1939 quando os nazistas invadiram a Polônia e coincidentemente terminou em 2 de setembro, 6 anos mais tarde, com a rendição japonesa. Quando ela terminou deixou um saldo de aproximadamente 70 milhões de mortos, duas bombas atômicas detonadas e o mundo dividido em dois (de um lado o bloco comunista, de outro o capitalista).

    Lado A – Band of Brothers 2001
    Seriado em 10 episódios que conta a história da 101ª Divisão Aerotransportada do exército americano durante a campanha americana na segunda guerra no palco europeu. Produzida por Tom Hanks e Steven Spielberg, teve um orçamento de US$ 125 milhões e demorou 9 meses para ser concluída. Foi o seriado mais caro a ser produzido até que The Pacific, dos mesmos produtores, superou este número em 2010.
    O filme O Resgate do Soldado Ryan (1998) inspirou Hanks e Spielberg a criarem a série que além de dramatizações, conta com depoimentos verídicos dos membros da Easy Company que participaram do Dia D, além da famosa Operação Market Garden e da Batalha do Bulge. Arrebatou os prêmios Emmy e o Globo de Ouro de melhor minissérie e impressiona pelo realismo das cenas de combate.

    Lado B – The Pacific 2010
    Com um orçamento de mais de U$ 150 milhões, The Pacific é a série mais cara a ter sido produzida superando Band of Brothers. Desta vez a série mostra batalhas (Guadalcanal, Cabo Gloucester, Peleliu, Okinawa e Iwo Jima) envolvendo a 1ª Divisão de Fuzileiros Navais no Pacífico enfrentando o exército imperial japonês. Vencedora do Emmy 2010 como melhor minissérie.

     
    • leandro 3:15 em 03/09/2010 Link Permanente | Resposta

      bah tenho q sai um pouco da internet e assisti esses seriados hehe

  • carames 3:25 em 25/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , a queda, , , Guerra, , minha quase verdadeira história, nazismo, ,   

    “O Reich vai durar mil anos”, não durou 10: A Queda / Minha Quase Verdadeira História 

    Lado A – A Queda! As Últimas Horas de Hitler (Der Untergang) 2004

    Narrado a partir da visão de Trauld Junge (secretária de Hitler) A Queda conta, como o título indica, as últimas horas no bunker do alto comando nazista no final da segunda guerra mundial. Acuado pela investida soviética Berlim adentro, vemos um Hitler que tenta desesperadamente encontrar um meio de retomar a vantagem em uma guerra que há muito fora perdida. Depois de inúmeras ações frustradas numa guerra extensa e dispendiosa o terceiro reich presensiava seu fim.
    O filme concorreu ao Oscar de melhor filme estrangeiro e a cena em que Hitler finalmente é informado a respeito da real situação das tropas é memorável. Além de ter virado paródia para toda e qualquer situação.

    Lado B – Minha Quase Verdadeira História (Mein Führer – Die wirklich wahrste Wahrheit über Adolf Hitler) 2007Minha Quase Verdadeira História é a pretensa única história verdadeira, de verdade (desculpem a insistência) daquele que foi uma das personalidades mais contestadas do século passado. A partir de uma crise existencial, Hitler recorre a Adolf (não confundir, são dois personagens diferentes mesmo) que lhe dá diversos conselhos e age como um terapeuta do ditador.
    Enquanto Hitler tenta resolver seus dilemas pessoais, seus mais graduados oficiais tentam encontrar uma maneira de eliminar o Führer e tomar o poder.

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: