Marcado como: Judas Priest Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 15:56 em 24/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , bruce dickinson, , Judas Priest, , , , ,   

    Dia de celebrar o nascimento do Salvador 

    Happy Birthday Mr Lemmy Kilmister

     
  • paulocarames 19:19 em 22/08/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: Antrax, , , Editora ARX, , heavy metal a história completa, Judas Priest, , , ,   

    Livro – Heavy Metal A História Completa 

    Escrito por Ian Christe, com prefácio de Andreas Kisser do Sepultura, Heavy Metal (Arx, Saraiva, 2010) conta a história do mais duradouro, barulhento e perseguido sub-gênero do rock n’ roll. Já se passaram 40 anos desde os primeiros acordes sombrios do clássico e homônimo disco do Black Sabbath. A partir de então vários gigantes surgiram fazendo fãs baterem cabeça mundo afora. E eles também estão no livro: Judas Priest, Motorhead, Metallica, Antrax, Slayer, Korn, Burzum e por aí vai.
    Cobrindo desde o Heavy Metal Clássico, passando pelo NWOBHM, Power, Death and Nu Metal. Enfim, bastante abrangente, há muito merecido por fãs deste gênero que é tão rico em histórias peculiares e discos multi-platinados. O livro conta ainda com inúmeras listas com os mais variados temas ajudando o leitor, iniciado ou não no mundo headbanger, a conhecer bandas que fizeram deste, um divisor de águas na história da música mundial.
    A parte gráfica poderia ter sido melhor explorada, a começar pela capa, que com tantas referências visuais fornecidas por discos, logos e o próprio visual das bandas, poderia ter uma aparência mais heavy metal. O livro, rico em fotos, embora fugindo das clichês encontradas em todo lugar que se fala no assunto, acabou deixando de lado tantas outras que representam melhor o tema.
    Mas nada que comprometa o resultado final deste registro importantíssimo. Para ler no volume máximo. Editora ARX, 480 páginas.

     
    • Mateus 13:12 em 23/08/2010 Link Permanente | Resposta

      Com certeza é um baita registro, sem deixar a desejar no conteúdo e sem apelação. Retrata bem a realidade e compõe com mais detalhes todas as histórias que se ouve por aí sobre a trajetória de bandas influentes² e de como era a dedicação oitentista à cultura do metal, cruzando fitas cassete pelo Atlântico e descobrindo coisas novas. Não terminei a leitura ainda, mas até agora esse livro me deixa com o sentimento de que nasci na época errada e que a maioria das novidades dos dias atuais jamais terão força de influenciar as próximas gerações.
      Parabéns pelo blog, muito massa a atitude.
      Bang your f****** heads! \,,/

c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: