Marcado como: lista Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • carames 10:00 em 19/12/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , , , , lista, , , os melhores discos de 2013, , ,   

    Os melhores discos de 2013 

    É um exercício interessante chegar nesta época do ano, ouvir os discos que saíram nos últimos doze meses e pinçar seus preferidos. Sim, pois a lista de ‘melhores’ já se contradiz no título. Na verdade é uma lista daquilo que mais tocou no celular, mp3 player, toca disco, etc.

    Detalhe, se a lista não é tão ampla assim com as novidades do momento, uma coisa é certa: não rola jabá. Confira também como foi 2011 e 2012.

    01 – Black Sabbath: 13
    Black Sabbath - 2013 - 13

    02 – Bad Religion: True North
    Bad Religion - 2013 - True North

    03 – Motorhead: Aftershock
    Motorhead - Aftershock

    04 – Pearl Jam: Lightning Bolt
    Pearl Jam - 2013-10-14 Lightning Bolt

    05 – CJ Ramone: Reconquista
    cj ramone - reconquista (5)

    06 – Alice In Chains: The Devil Put Dinosaurs Here
    Alice In Chains - 2013 - The Devil Put Dinosaurs Here

    07 – Queens of The Stone Age: Like Clockwork
    Queens of The Stone Age - 2013 - Like Clockwork

    08 – Sepultura: The Mediator Between The Head And Hands Must Be The Heart
    Sepultura - 2013 - The Mediator Between The Head And Hands Must Be The Heart

    09 – CBGB Original Soundtrack
    CBGB-10-8

    10 – Humberto Gessinger: Insular
    Humberto Gessinger - 2013 - Insular

     
  • carames 10:47 em 04/12/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , all or nothing, americana, , , blunderbuss, bnegão e os seletores de frequência, , crazy horse, days go by, , grrr, , heroes, , lista, , , no money no english, , os melhores discos de 2012, , , , , self-entitled, sintoniza lá, the general strike, , , wrecking ball   

    Os melhores discos de 2012 

    Resolvi aderir de vez a lista de melhores do ano. Mesmo não sendo eclético o bastante para pensar numa lista isenta acredito que com os discos deste ano fica difícil chutar a bola tão fora da meta. Um bom exercício foi pensar nos discos que mais passearam pela minha playlist.

    E você pode conferir também a lista que fiz no ano passado.

    1 – Bruce Springsteen – Wrecking Ball
    Bruce Springsteen - Wrecking Ball

    2 – Jack White – Blunderbuss
    Jack White - Blunderbuss

    3 – Neil Young And Crazy Horse – Americana
    Neil Young And Crazy Horse - 2012-06-05 Americana

    4 – Anti-Flag – The General Strike
    Anti-Flag - The General Strike

    5 – BNegão & Seletores de Frequência – Sintoniza Lá
    Bnegão E Os Seletores De Frequência - Sintoniza Lá

    6 – NOFX – Self-Entitled
    Nofx - Self-Entitled

    7 – Willie Nelson – Heroes
    Willie Nelson - Heroes

    8 – Pennywise – All Or Nothing
    Pennywise - All Or Nothing (Deluxe Edition)

    9 – Ratos de Porão – No Money No English
    Ratos De Porão - No Money No English

    10 – Rolling Stones – Grrr
    Rolling Stones, The - Grrr

    Menção especial para o fiasco do ano:
    The Offspring – Days Go By
    Offspring - Days Go By

     
  • carames 19:15 em 05/08/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , lista, um corpo que cai   

    ‘Um Corpo Que Cai’, de Hitchcock, é eleito o melhor filme da história 

    O elenco da produção de 1958 conta com Kim Novak (foto). Foto: ReproduçãoO elenco da produção de 1958 conta com Kim Novak (foto)
    Foto: Reprodução

    O longa-metragem Um Corpo Que Cai (1958), de Alfred Hitchcock, superou Cidadão Kane, de Orson Welles, e ocupou o posto de melhor filme de todos os tempos, segundo a última enquete da revista Sight and Sound, do Festival de Cinema Britânico (BFI) – a pesquisa é realizada a cada dez anos.

    Nesta última pesquisa da publicação, que classifica os 50 melhores filmes de todos os tempos, o filme de suspense que o reconhecido diretor britânico lançou na década de 1950 superou por 34 votos o longa Cidadão Kane, que ocupou o primeiro posto durante as últimas cinco décadas. Nenhum filme rodado nos últimos dez anos aparece na classificação da BFI.

    Ao reunir um total de 846 especialistas, entre distribuidores, críticos, acadêmicos e escritores, a enquete elaborada pela Sight and Sound pede que os filmes sejam avaliados de acordo com sua relevância na história cinematográfica, sua descoberta estética e seu impacto com base na própria visão de cinema dos jurados.

    Com um elenco que inclui nomes como James Stewart e Kim Novak, Um Corpo Que Cai aborda a história de um policial aposentado, John “Scottie” Ferguson (Stewart), que sente medo de altura. Na última pesquisa realizada pela revista, o filme de Hitchcock, considerado pelo próprio diretor britânico como sua “obra mais pessoal”, tinha ficado somente cinco votos atrás de Cidadão Kane (1941).

    Assim como a produção de Welles, Um Corpo Que Cai recebeu muitas críticas contraditórias quando foi lançado, embora tenha conquistado muito prestígio com o passar do tempo.

    Nesta classificação da BFI, o filme de Yasujiro Ozu Era uma Vez em Tóquio (1953) passou do quinto para o terceiro lugar, enquanto A Regra do Jogo (1939), de Jean Renoir, perdeu uma posição e, agora, aparece em quarto.

    Entre os dez primeiros, apenas duas produções aparecem pela primeira vez, já que todas as outras já tinham figurado anteriormente: O Homem da Câmera (1929), de Dziga Vertov, que aparece em oitavo, e A Paixão de Joana d’Arc (1927), de Carl Theodor Dreyer, na nona posição.

    Entre os filmes selecionados, o mais recente é 2001: Uma Odisséia no Espaço (1968), de Stanley Kubrick, que aparece em sexto lugar na lista. Em declaração aos jornalista, o diretor da revista, Nick James, disse que o resultado dessa classificação “reflete as mudanças realizadas na cultura da crítica cinematográfica” nos últimos anos.

    Fonte: Terra.

     
  • carames 8:29 em 13/05/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , lista, Os 20 filmes mais punk da história, , , , , ,   

    Os 20 filmes mais punk da história 

    O site Premiere fez em 2008 uma lista com os 20 filmes mais relevantes com a temática punk. Na lista, estão filmes como Rock ‘n’ roll high school dos Ramones, Sid and Nancy que conta a história dos Sex Pistols e What We Do Is A Secret, dramatização da breve história dos The Germs.

    Documentários como The Blank Generation e Juventude Decadente narram os primórdios da primeira e segunda gerações do punk/hardcore, respectivamente, no final dos anos 1970 (Blondie, Ramones, Heartbreakers…) e começo da década seguinte (X, The Germs, Black Flag…). Confira a lista abaixo:

    01 Ramones: Rock n’ Roll High School – 1979

    02 The Blank Generation (The Blank Generation) – 1980

    03 Juventude Decadente (The Decline of Western Civilization) – 1981

    04 Ladies and Gentlemen, the Fabulous Stains (Ladies and Gentlemen, the Fabulous Stains) – 1981

    05 Urgh! A Music War (Urgh! A Music War) – 1981

    06 Smithereens (Smithereens) – 1982

    07 Suburbia (Suburbia) – 1984

    08 Repo Man A Onda Punk (Repo Man) – 1984

    09 Procura-se Susan Desesperadamente (Desperately Seeking Susan) – 1985

    10 A Volta Dos Mortos-Vivos (Return of the Living Dead) – 1985

    11 Sid and Nancy – O amor pode matar (Sid and Nancy) – 1986

    12 Dogs in Space (Dogs in Space) – 1987

    13 Roadkill (Roadkill) – 1989

    14 Um Som Diferente (Pump Up The Volume) – 1990

    15 What About Me (What About Me) – 1993

    16 Geração Maldita (The Doom Generation) – 1995

    17 Hackers – Piratas de Computador (Hackers) – 1995

    18 SLC Punk – 1998

    19 Joe Strummer: The Future is Unwritten – 2007

    20 The Germs: What We Do Is A Secret – 2007

     
  • carames 16:13 em 01/05/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , estatísticas, , , lista, , , , , ramones em turnê, ramones setlist, , setlist, ,   

    Ramones: 2263 shows, setlists, gráficos e muita insônia 


    O que um sujeito com insônia e uma planilha excel é capaz de fazer? Uma opção é pesquisar os 2263 shows que sua banda preferida (no meu caso, Ramones) fez entre 1974 e 1996. Agora, saber onde e quando ocorreu cada show parece ser uma missão impossível pois não existe uma fonte confiável e que reúna 100% destas informações e muitas delas misturam datas de shows com apresentações em programas de tv, por exemplo, o que excederia os 2263 já citados.

    Reza a lenda que Johnny Ramone mantinha um registro minucioso de cada atividade da banda, financeira ou artística. Como parece remota a chance de ter acesso a esse material, resolvi pesquisar em sites especializados, blogs, livros e discos para tentar reconstruir a trajetória da banda ao vivo.

    Depois de muita pesquisa e inúmeras fontes o máximo que havia conseguido identificar eram exatas 2129 datas, restando uma centena a ser catalogada. Meses quebrando a cabeça e eis que, graças a uma destas bem-vindas amizades da internet, consigo as datas que faltavam para mapear 100% das turnês feitas ao longo de 22 anos.

    O segundo passo era saber que música eles tocaram em cada apresentação, o que até o momento parece ser impossível. Ainda assim, rastrear os setlists de 25% dos shows foi um feito e tanto e dá uma amostragem considerável.

    Com apenas um quarto dos setlists conhecido algumas percepções são possíveis embora não possam ser conclusivas. Joguei este monte de datas e dados no excel e Blitzkrieg Bop, hino absoluto da banda, está presente em 99% das vezes (certamente de algum show interrompido ou setlist incompleto – lembre-se, nesta lista também estão apresentações de tv). O homônimo álbum de estréia teve suas músicas executadas à exaustão e Rocket to Russia, um dos melhores discos já feitos na história da música, é um dos que mais contribuiu para composição dos setlists da banda.

    Mas nem tudo é tão óbvio. Ter Gimme Gimme Shock Treatment (97%) e Today your love, tomorrow the world (96%) na 2ª e 3ª colocações (ao menos para mim) foi uma surpresa mesmo que em uma leitura ainda preliminar. Pensar que 53rd & 3rd não chegou nem perto me forçou a ver diversas músicas com outros olhos – ou outros ouvidos.


    Examinar cada disco detalhadamente também é curioso. Ramones (1976) e Leave Home (1977) tiveram todas as suas músicas executadas diversas vezes e Rocket to Russia (com apenas duas inéditas ao vivo) representava quase metade do setlist à época que fora lançado.

    O período de 1977-1980 é o que registra historicamente maior atividade da banda em turnê (quase 600 datas) e uma distribuição quase igualitária entre os cinco discos até então lançados. Outro detalhe interessante: a partir de 1977 até Pleasant Dreams de 1981, cada disco teve no máximo 2 ou 3 músicas que não foram tocadas ao vivo.

    Do Subterranean Jungle (1983) apenas metade das músicas figurariam em algum setlist, fenômeno repetido em todos os discos a partir dali e chegando ao mínimo com ¡Adios Amigos! (1995) – 3 de 13 músicas apresentadas ao vivo.

    Lá pela metade dos anos 1980 o show tinha o contorno com o qual funcionaria até o fim da banda limitando-se a temporariamente incluir temas recém lançados (figura acima). Poucas destas canções permaneciam na turnê seguinte, vide exemplo do último set da banda quando os cinco primeiros álbuns contribuíram com mais de 60% das músicas (figura abaixo)

    A composição dos setlists alternava canções a medida que novos álbuns eram lançados embora a estrutura fosse respeitada (abertura com o tema do filme Três homens em conflito, dois bis de três músicas cada, trinta e poucas canções ao todo e FIM).

    Aliás, o tema composto por Ennio Morricone para o filme de Sergio Leone aparece pela primeira vez* no show de 22 de outubro de 1981 na Inglaterra. Já Durango 95 estrearia* em 16 de março de 1983 em lugar do rufar de tambores militares que abriam os shows da banda.

    As covers ausentes no estúdio apenas em Pleasant Dreams (1981), Too Tough to Die (1984), Animal Boy (1985) e Halfway to Sanity (1987) com frequência chegavam a 4 por show garantindo Surfin’ Bird entre as 20 mais tocadas.

    O último show realizado em agosto de 1996 (We’re outta here) deixou de fora I Wanna Live, frequente desde que fora lançada no álbum Halfway to Sanity e as covers de Acid Eaters (1993). Ainda assim, Any way you want it, cover de Dave Clark Five com acompanhamento (algo praticamente inédito até este show) de Eddie Vedder do Pearl Jam ficou responsável por ser a última canção interpretada por eles ao vivo como banda.

    Confira outras curiosidades da pesquisa:

    As formações:
    A banda tocou pela primeira vez como um trio (Joey – bateria, Johnny – guitarra e Dee Dee – baixo e vocal) no primeiro show (em 30 de março de 1974) e logo incorporou o então produtor Tommy como baterista deixando Joey com os vocais. Esta formação esteve junto por mais de 350 vezes até seu último show (em 04 de maio de 1978) quando Tommy foi substituído por Marky.

    Marky tocou em 1500 shows divididos em dois períodos. O primeiro durou até 13 de fevereiro de 1983 quando ele perdeu o posto para Richie (403 shows) e só retornou em 4 de setembro de 1987. Elvis Ramone chegou a se apresentar nos dias 28 e 29 de agosto de 1987 mas não agradou, principalmente a Johnny, que recrutou Marky de volta.

    A última mudança na formação da banda aconteceria em setembro de 1989 quando CJ Ramone (no dia 30 daquele mês) estrearia ao vivo assumindo o baixo que fora de Dee Dee até então. Daí por diante foram mais 733 shows completando a segunda fase de Marky nas baquetas.

    Ao redor do mundo:
    Quase metade dos shows aconteceram fora dos Estados Unidos. Foram 33 países, entre eles o Brasil, onde tocaram 22 vezes. Confira os mais visitados:
    Inglaterra 120
    Canadá 81
    Alemanha 62
    Japão 54
    Espanha 50

    As 10 mais tocadas*:
    Blitzkrieg Bop (Ramones) 540
    Gimme Gimme Shock Treatment (Leave Home) 534
    Today Your Love, Tomorrow the World (Ramones) 525
    Pinhead (Leave Home) 523
    Sheena Is A Punk Rocker (Rocket to Russia) 520
    Cretin Hop (Rocket to Russia) 518
    Teenage Lobotomy (Rocket to Russia) 511
    Rockaway Beach (Rocket to Russia) 510
    I Wanna Be Sedated (Road to Ruin) 496
    Rock ‘N’ Roll High School (End of the Century) 492

    Os 5 anos mais movimentados:
    1979 – 154
    1980 – 154
    1977 – 147
    1978 – 136
    1990 – 125

    *lembrando que estes números são baseados nos setlists conhecidos (25% do total) e ainda podem ser atualizados.


     
    • Marcus Pádula 16:33 em 01/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Muito bom!!! Parabéns pelo ótimo trabalho e dedicação!!!

    • William Ramone 18:48 em 01/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Cara, show de bola.
      Quem disse que o excel é uma porcaria ? Achamos uma utilidade.
      Parabéns pelo trabalho eficiente e que com certeza foi arduo. Gabba Gabba Hey

    • Helio Volpato 22:47 em 01/05/2012 Link Permanente | Resposta

      MUITO BOM! Há tempos atrás eu estava fazendo um levantamento das cações tocadas em todos os shows e quanto começaram a fazer mudanças nos shows, como a introdução de Durango 95, por exemplo, mas meu tempo livre desapareceu e nunca terminei. Parabéns!

    • Rodrigo Montemezzo 0:04 em 02/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Muito bom o levantamento, rapáz! Adoro estatísticas… O legal também é a sequência das músicas… Isso é muito importante… pq durante muito tempo foi, por exemplo, Loudmouth quem começava… mas tem um show na Inglaterra que começa com I wanna be Sedated… fora outros shows q começaram com sons que eram do meio da set… Muito foda!! PARABÉNS!!!

      • carames 0:58 em 02/05/2012 Link Permanente | Resposta

        é verdade Rodrigo. e por muito tempo eles abriram com rockaway beach, depois ela foi sendo empurrada pra mais adiante. a finaleira tb é legal, nem sempre terminou com we’re a happy family como eu imaginava… mas que na minha opinião deveria ter sido a última no último show, ou então, Pinhead. “lamentável” que tenha sido ‘any way you want it’, hehehe.

    • Gustavo Ruttke 3:19 em 02/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Fantástico o texto!!! Parabéns pelo excelente trabalho!

    • Emo Old School 22:11 em 03/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Excelente, RAMONES vai ficar pra sempre influente.

    • carames 3:19 em 04/05/2012 Link Permanente | Resposta

      • Gota 16:35 em 04/05/2012 Link Permanente | Resposta

        Demais! Parabéns!

        • Gota 16:51 em 04/05/2012 Link Permanente

          carames, fiquei curioso com um dado: “Ramones (1976) e Leave Home (1977) tiveram todas as suas músicas executadas diversas vezes…”
          Sempre me pareceu óbvio que com apenas dois discos eles tenham tocado todas ao vivo, mas nunca ouvi falar de algum registro de What’s Your Game.
          Em relação ao Rocket to Russia, nunca consegui descobrir se há registro de Ramona e Why is it Always This way.
          Tu tem alguma delas, ou sabe me apontar as datas em que foram executadas?
          Valeu! Abraço!

        • carames 17:06 em 04/05/2012 Link Permanente

          What’s your game apareceu uma única vez num show em fevereiro de 75. não tenho em áudio, só o setlist.
          em relação ao Rocket to Russia, são exatamente estas as duas únicas inéditas. claro, isto com base nos setlists que consegui, eventualmente pode ser que apareça um que aponte o contrário…
          valeu pela visita e pelo comentário. abraço.

    • Fernando 13:02 em 04/05/2012 Link Permanente | Resposta

      Cara, Parabéns pelo excelente trabalho, o que enaltece mais ainda é a banda escolhida, RAMONES, como disse sempre influente e deixa saudades, FODA!

    • tropicalyouth 13:58 em 04/05/2012 Link Permanente | Resposta

      lindo ;~~~~

    • dudu munhoz 16:51 em 05/05/2012 Link Permanente | Resposta

      parabéns pela iniciativa.
      forte abraço,
      dudu munhoz (curitiba ramones day).
      ps. entre em contato por favor.

    • carames 15:07 em 18/08/2012 Link Permanente | Resposta

    • Rodrigo 16:58 em 04/09/2013 Link Permanente | Resposta

      • carames 17:29 em 04/09/2013 Link Permanente | Resposta

        valeu Rodrigo!! boa parte da minha pesquisa veio daí, mas pelo visto adicionaram novos shows. bora atualizar o post.
        obrigado pela contribuição.

  • carames 15:27 em 05/04/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: 25 álbuns essenciais de Punk Rock, angry samoans, avengers, , , , , , , , , descendents, , gang of four, germs, , , lista, , , , , , , , wire, x,   

    25 álbuns essenciais de Punk Rock 


    Recentemente, o site Yahoo.com fez uma lista com os 25 álbum essenciais de punk, que “deveriam estar na coleção de todo verdadeiro punk rocker”.

    Porém, embora a lista tenha discos e bandas que de fato mereciam ser incluídas, ela deixa de fora alguns clássicos como The Stooges, MC5, Sham 69, Fang, Blitz e Discharge.

    O criador da lista, Rob O’Connor, reconheceu que há diversas bandas e álbuns que deveriam estar na lista, mas alegou que alguns grupos “não foram tão bons além de uma ou duas músicas ou nunca lançaram um álbum definitivo durante sua carreira”. Ele também escreveu que “a maioria da bandas de punk rock lançaram apenas um single, no entanto, as verdadeiras ótimas bandas conseguiram, pelo menos, lançar um álbum”.

    Confira a lista logo abaixo e não esqueça de deixar um comentário contando o que achou.

    01. The Sex Pistols – Never Mind the Bollocks
    02. The Ramones – Leave Home
    03. X – Los Angeles
    04. Dead Boys – Young, Loud and Snotty
    05. Buzzcocks – Singles Going Steady
    06. Misfits – Walk Among Us
    07. Wire – Pink Flag
    08. Minor Threat – Out of Step
    09. Richard Hell and the Voidoids – Blank Generation
    10. Bedlam – Bedlam
    11. X-Ray Spex – Germ Free Adolescents
    12. Johnny Thunders and the Heartbreakers – L.A.M.F.
    13. Gang of Four – Entertainment!
    14. The Clash – London Calling
    15. Bad Brains – Bad Brains
    16. Dead Kennedys – Plastic Surgery Disasters
    17. Suicide – Suicide
    18. Black Flag – Damaged
    19. Descendents – Milo Goes To College
    20. Circle Jerks – Group Sex
    21. Avengers – Avengers
    22. The Damned – Machine Gun Etiquette
    23. The Germs – GI
    24. The Dictators – Go Girl Crazy!
    25. The Angry Samoans – Back From Samoa

    O post original foi publicado aqui

     
    • carames 0:43 em 06/04/2012 Link Permanente | Resposta

      Gosto é gosto… mas minha lista é beem diferente:
      01. Ramones – Ramones
      02. Sex Pistols – Nevermind the Bollocks
      03. The Clash – London Calling
      04. Dead Kennedys – Fresh Fruit for Rooting Vegetables
      05. Stooges – Fun House
      06. MC5 – Kick out the jam
      07. X – Los Angeles
      08. Circle Jerks – Group Sex
      09. Black Flag – Damaged
      10. Bad Religion – Suffer
      11. NOFX – Heavy Petting Zoo
      12. Green Day – Dookie
      13. Exploited – Punk’s not dead
      14. Rancid – …and out come the wolves
      15. Offspring – Smash
      16. Anti-flag – Die for the government
      17. Buzzcocks – Another Music in a different kitchen
      18. GBH – From here to reality
      19. Pennywise – Pennywise
      20. Toy Dolls – Dig that groove baby
      21. Television – Marquee Moon
      22. New York Dolls – Too Much Too Soon
      23. Bad Brains – Bad Brains
      24. Minor Threat – Out of Step
      25. The Dictators – Go Girl Crazy

  • carames 1:20 em 07/02/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , lista, melhor solo de guitarra, muse, , , , ,   

    Guns n’ Roses tem melhor solo de guitarra da história 

    O portal da publicação britânica “New Musical Express” está se especializando em listas. “Quais são os momentos mais eletrizantes do rock?”, questiona a equipe, que convidou os integrantes da tribo da banda Two Door Cinema Club para ajudá-la a selecionar os 50 melhores solos de guitarra de todos os tempos. E o resultado foi a banda de rock norte-americana dos anos 80, Guns N’ Roses, em primeiro lugar, com o inconfundível solo de “Sweet Child O’Mine”.

    10 — Shine On You Crazy Diamond — Pink Floyd. 1974

    Esse é um dos maiores sucessos da banda britânica Pink Floyd e é uma composição escrita por Roger Waters, Richard Wright e David Gilmour em tributo a Syd Barrett. Foi tocado pela primeira vez em 1974, durante uma turnê pela França, e gravado no ano seguinte no álbum “Wish You Were Here”. Segundo a revista, esse solo não possui o retalhamento maníaco de vários outros da lista e é mais introspectivo, letárgico, um pouco auto-indulgente e absolutamente convincente por todas essas razões.

    9 — Paranoid Android — Radiohead. 1997

    Essa canção foi o primeiro single do álbum “OK Computer”, da banda britânica Radiohead, lançado em 1997. O título é uma referência a um personagem do romance “O Mochileiro das Galáxias”, de Douglas Adams, e Thom York compôs a música numa mansão do século XV, que ele acreditava estar mal assombrada. Para Steve Sparrow, da banda Morning Parade, que o comenta na lista, ele é um “anti-solo” e foi criado em meados dos anos 90, quando o Radiohead ainda utilizava as escalas de blues, que tem dominado os solos de guitarra desde o início do rock.

    8 — Johnny B. Goode — Chuck Berry. 1958

    Ken Mochikishi Home, do The Bronx/Mariachi El Bronx, chama atenção no site do “NME” para o fato de que todos seus ídolos da guitarra já se arriscaram a tocar essa frase de guitarra simples, cativante e memorável, mas que ninguém o fez como o próprio Chuck Berry. Esse solo ficou tão marcante que ganhou homenagem cinematográfica, quando foi tocado pelo personagem Marty McFly, interpretado por Michael J. Fox, no filme “De Volta Para o Futuro”, em, 1985, ao retornar 30 anos no tempo.

    7 — The Bends — Radiohead. 1995

    Essa é a faixa-título do segundo álbum de estúdio do Radiohead e, de acordo com a própria banda, marcou o início do retorno gradual da angústia pessoal de Thom Yorke nas letras, ao mesmo tempo em que apontou para temas sociais e globais que dominariam o trabalho da banda mais tarde. Para a equipe do “NME”, esse solo de guitarra foi um rolo compressor fumegante dos anos 90, que pairou como uma esperança acima do hino outsider de Thom Yorke.

    6 — Smells Like Teen Spirit — Nirvana. 1991 

    Essa canção fez parte do segundo e mais célebre álbum da banda grunge norte-americana Nirvana, “Nevermind”, lançado em 1991. Foi produzida por Butch Vig e escrita por Kurt Cobain, que, em 1994, declarou à “Rolling Stone”, que a havia realizado como tentativa de fazer algo no estilo dos Pixies, banda que sempre adorou. Segundo a equipe do portal do “NME”, o resultado obtido foi um som de guitarra tão angustiado quanto os versos que Cobain escrevia.

    5 — Knights Of Cydonia — Muse. 2006

    Parte do álbum “Black Holes and Revelations”, da banda inglesa de rock alternative Muse, essa canção foi lançada em 2006 e fez tanto sucesso que chegou ao décimo lugar do UK Singles Chart e foi parar no videogame “Guitar Hero III: Legends of Rock”. Comparando à “Bohemian Rhapsody”, do Queen, a equipe do “NME” considera que essa canção possui um solo de guitarra frenético, que funciona tão bem no centro das atenções como junto com os vocais agudos. “Leva quatro minutos, mas vale a pena esperar”, garante.

    4 — Killing In The Name — Rage Against The Machine. 1992

    Primeiro single do primeiro album da banda norte-americana de rap metal Rage Against The Machine, a música foi lançada em 1992 e a letra é uma crítica ácida ao racismo presente nos serviços de segurança dos Estados Unidos. Fraser Taylor, do Young Guns, tem Tom Morello como um dos guitarristas favoritos de todos os tempos e acredita que o solo dessa canção é um clássico e um dos trechos de música que estará para sempre preso em sua memória.

    3 — All Along The Watchtower — Jimi Hendrix. 1968

    Reconhecendo que qualquer canção do guitarrista norte-americano Jimi Hendrix poderia estar nesse Top 10, a equipe do “NME” assegura que esse cover de Bob Dylan ganha pela inventividade na mudança da forma pura e por mostrar o mestre em ação. Não é à toa que, das várias versões em diferentes gêneros que obteve, essa canção ficou mais associada à interpretação realizada por Hendrix para o clássico álbum “Electric Ladyland”, de 1968, e chegou à lista das 500 melhores canções de todos os tempos, realizada pela revista “Rolling Stone”.

    2 — Stairway To Heaven — Led Zeppelin. 1971

    Entre em qualquer rodinha com alguém tocando violão e, certamente, em algum momento será arriscado esse clássico do rock, claro que não com a mesma genialidade do original, composto pelo guitarrista Jimi Page e pelo vocalista Robert Plant, e gravado em 1971, para o álbum “Led Zeppelin IV”. Não é à toa que é a partitura mais vendida de todos os tempos. Segundo o “NME”, é tão bom e monumentalmente épico, que virou o cartão de visitas de uma das maiores bandas da história. Se aqui o solo ocupa o segundo lugar, ele aparece no topo da lista da revista mensal norte-americana “Guitar World”.

    1 — Sweet Child O’Mine — Guns N’Roses. 1987

    Basta tocar o solo de guitarra de Slash em qualquer lugar do planeta para que alguém reconheça a canção gravada em “Appetite For Destruction”, álbum de estreia da banda norte-americana de hardrock Guns N’Roses. Maior eficácia impossível, tanto que atingiu o primeiro lugar na parada “Billboard Hot 100”, durante duas semanas de setembro de 1988. Para a equipe do “NME”, esse solo realizado numa guitarra Les Paul é de primeiríssima classe e se torna cada vez mais excitante, além de soar perfeito para a performance vocal de Axl Rose. “Nada mal para uma música que nasceu numa sala de ensaio suja de mijo”, finaliza.

    Fonte: Yahoo.com

     
  • carames 1:17 em 20/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , collapse into now, el camino, fase adulta, , , , , , lista, , , , , odiosa natureza humana, Os melhores discos de 2011, , , , , , , , the sea of memories, , yours truly   

    Os melhores discos de 2011 

    NÃO, não escutei TODOS os álbuns lançados em 2011. Nem ao menos consegui explorar a vasta gama de gêneros musicais disponível. No entanto, para um ouvido criado a base de punk rock/hardcore até que minha lista ficou razoavelmente diversificada. Mas, SIM, é uma lista tendenciosa. E NÃO, não estamos em 1991 quando muitos clássicos indiscutíveis foram criados e uma lista de melhores era unanimidade.
    Infelizmente este foi um ano fraco, mas fique à vontade para discordar e por favor, aproveite este exercício e reflita sobre sua própria lista de melhores do ano:

    01 The Black Keys: El Camino

    02 Neil Young: A Treasure

    03 R.E.M.: Collapse Into Now

    04 Foo Fighters: Wasting Light

    05 Sepultura: Kairos

    06 Matanza: Odiosa Natureza Humana

    07 Bush: The Sea of Memories

    08 Red Hot Chili Peppers: I’m With You

    09 Sublime with Rome: Yours Truly

    10 Gritando HC: Fase Adulta

     
  • carames 0:39 em 08/12/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , As 10 melhores músicas 'abre álbum', , , , , lista, , , , , ,   

    As 10 melhores músicas ‘abre álbum’ 

    A Ultimate Classic Rock elegeu as 10 melhores músicas que além de clássicas, tiveram a responsabilidade de abrir o disco. Confere aí:

    10 ‘Hells Bells’

    AC/DC – ‘Back in Black’ 1980
    AC/DC Hells Bells

    09 ‘Runnin’ With the Devil’

    Van Halen – ‘Van Halen’ 1978
    Van Halen Runnin' With the Devil

    08 ‘More Than a Feeling’

    Boston – ‘Boston’ 1976
    Boston More Than a Feeling

    07 ‘Come Together’

    The Beatles – ‘Abbey Road’ 1969
    The Beatles Come Together

    06 ‘We Will Rock You’

    Queen – ‘News of the World’ 1977
    Queen We Will Rock You

    05 ‘Smells Like Teen Spirit’

    Nirvana – ‘Nevermind’ 1991
    Nirvana Smells Like Teen Spirit

    04 ‘Welcome to the Jungle’

    Guns N’ Roses – ‘Appetite for Destruction’ 1987
    Guns N' Roses Welcome to the Jungle

    03 ‘Black Dog’

    Led Zeppelin – ‘Led Zeppelin IV’ 1971
    Led Zeppelin Black Dog

    02 ‘Sympathy for the Devil’

    The Rolling Stones – ‘Beggars Banquet’ 1968
    Rolling Stones Beggars Banquet

    01 ‘Baba O’Riley’

    The Who – ‘Who’s Next’ 1971
    The Who Baba O'Riley

     
  • carames 0:21 em 08/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 007 Cassino Royale, , , , , , , , 4 Meses 3 Semanas e 2 Dias, A Banda, Batismo de Sangue, Batman - O Cavaleiro das Trevas, , Editora Contexto, lista, Quase Dois Irmãos, , , Se eu Fosse Você   

    Livro – Os melhores filmes novos, 290 filmes comentados e analisados 

    Boa sacada para quem gosta de unir cinema e literatura e pretende se inteirar do que tem sido produzido com qualidade nos últimos anos. Cerca de dois mil filmes lançados no mercado nacional no período de três anos entre 2005 e 2008 serviram de base para este guia.

    Dividido em aventura, brasileiros, comédia, documentário, drama, fantasia, história e infantil o autor organiza uma obra interessantíssima a partir de cinco critérios (argumento, roteiro, elenco, produção e direção) oferecendo ao leitor ficha técnica, análise e uma boa foto de cada filme.

    Luciano Ramos é graduado em Ciências Sociais pela USP, crítico de cinema no Jornal da Tarde. Editou o Guia de Filmes da Abril Cultural nos anos 1980 e 1990 e ficou na Rede Bandeirantes comandando o Departamento de Cinema, até ir em 1995 para o Ministério da Cultura, como coordenador de comunicação. Na Fundação Armando Álvares Penteado, ensina nos cursos de pós-graduação em Jornalismo Cultural e Crítica de Cinema.

    Blockbusters como 007 Cassino Royale (2006) e Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008) e filmes menos comerciais como o romeno 4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (2008) e o israelense A Banda (2007) dividem espaço com o cinema nacional. Batismo de Sangue (2007), Quase Dois Irmãos (2005) e a comédia Se eu Fosse Você (2006) são boas amostras do melhor de nossa produção na última década.

    Um índice alfabético e outro por gênero ajudam na busca. No site, conteúdo exclusivo e atualizado dão conta de outras 50 obras lançadas no mercado brasileiro após a publicação do livro. Editora Contexto, 328 páginas.

    Ficou curioso? No site, a editora desponibiliza uma prévia do primeiro capítulo.

     
  • carames 17:45 em 07/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , Green Day eleita a melhor banda de punk rock da história, lista, , , , , social distortion,   

    Green Day eleita a melhor banda de punk rock da história 

    Os leitores da revista Rolling Stone americana escolheram as dez melhores bandas punk da história. Em primeiro lugar ficou o Green Day, deixando pra trás The Clash, Sex Pistols e Ramones, precursores do gênero na segunda metade dos anos 1970.
    Resta saber o critério adotado pelos leitores, já que a banda (certamente a mais bem sucedida comercialmente entre as citadas) adotou visual e sonoridade mais pop do que o hardcore de discos anteriores como Dookie (1994) ao contrário de outros que se mantiveram fiéis ao estilo.

    01 Green Day

    02 The Clash

    03 Ramones

    04 Sex Pistols

    05 Dead Kennedys

    06 Iggy and The Stooges

    07 Black Flag

    08 The Misfits

    09 Social Distortion

    10 Bad Brains

     
  • carames 1:54 em 04/08/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 10 melhores roqueiros no cinema, , , , , , , , , , , , Afinado no Amor, , , Alta Fidelidade, Billy Idol, , , , Clube da Luta, Coffee and Cigarettes, , Exterminador Implacável, Fight Club, Flea, Floresta do Mal, , , High Fidelity, , , , lista, Little Nicky, Little Nicky - Um Diabo Diferente, , O Grande Lebowski, O Mensageiro, Os Cabeças de Vento, , , Piratas do Caribe, Pirates of the Caribbean: At World's End, Quanto Mais Idiota Melhor, , Singles, Sobre Café e Cigarros, Tenacious D - Uma Dupla Infernal, Tenacious D in The Pick of Destiny, The Big Lebowski, The Postman, The Wedding Singer, , , Vida de Solteiro, Wanted: Dead or Alive, Wayne's World, Wrong Turn 2: Dead End, Zoolander   

    As 10 melhores performances de roqueiros no cinema 

    A Ultimate Classic Rock (sempre ela) divulgou uma lista mais do que interessante. Desta vez foram escolhidas as 10 melhores performances de roqueiros no cinema. Acrescentei ainda outras participações dignas de destaque e que não figuram ente os 10 escolhidos:

    10 Tom Petty em ‘O Mensageiro (The Postman)’ (1997)

    09 Ozzy Osbourne em ‘Little Nicky – Um Diabo Diferente (Little Nicky)’ (2000)

    08 Ronnie James Dio em ‘Tenacious D – Uma Dupla Infernal (Tenacious D in The Pick of Destiny)’ (2006)

    07 David Bowie em ‘Zoolander (Zoolander)’ (2001)

    06 Keith Richards como Capitão Teague em ‘Piratas do Caribe – No Fim do Mundo (Pirates of the Caribbean: At World’s End)’ (2007)

    05 Flea como Kieffer em ‘O Grande Lebowski (The Big Lebowski)’ (1998)

    04 Bruce Springsteen em ‘Alta Fidelidade (High Fidelity)’ (2000)

    03 Billy Idol em ‘Afinado no Amor (The Wedding Singer)’ (1998)

    02 Meat Loaf como Robert Bob Paulson em ‘Clube da Luta (Fight Club)’ 1999

    01 Alice Cooper em ‘Quanto Mais Idiota Melhor (Wayne’s World)’ (1992)

    Minhas indicações:

    Lemmy em ‘Os Cabeças de Vento (Airheads)’ (1994)

    Gene Simmons em ‘Exterminador Implacável (Wanted: Dead or Alive)’ (1987)

    Henry Rollins em ‘Floresta do Mal (Wrong Turn 2: Dead End)’ (2007)

    Iggy Pop e Tom Waits em ‘Sobre Café e Cigarros (Coffee and Cigarettes)’ (2003)

     
  • carames 2:22 em 26/07/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , lista, , , Top 10 melhores músicas (bateristas),   

    Top 10 melhores músicas (bateristas) 

    A Ultimate Classic Rock listou as 10 melhores músicas com performances inigualáveis de bateristas. Que inicie a polêmica:

    10 ‘Toad’ Cream
    Drummer: Ginger Baker


    ‘Fire’ Jimi Hendrix Experience
    Drummer: Mitch Mitchell


    ‘Aja’ Steely Dan
    Drummer: Steve Gadd


    ‘Ticks & Leeches’ Tool
    Drummer: Danny Carey


    ‘My Generation’ The Who
    Drummer: Keith Moon


    ’21st Century Schizoid Man’ King Crimson
    Drummer: Michael Giles


    ‘Karn Evil 9’ Emerson Lake & Palmer
    Drummer: Carl Palmer


    ‘YYZ’ Rush
    Drummer: Neil Peart


    ‘Hot for Teacher’ Van Halen
    Drummer: Alex Van Halen


    ‘Moby Dick’ Led Zeppelin
    Drummer: John Bonham

     
  • carames 0:46 em 29/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 50 músicas mais pesadas antes do sabbath, , , , deep purple, , , lista, , , steppenwolf, , , the kinks, , , the yardbirds   

    50 músicas mais pesadas do rock antes do Sabbath 

    Apesar da criação do heavy metal ser tema de controvérsia até hoje, em um ponto todos concordam, o primeiro álbum do gênero é sem dúvida do Black Sabbath em 1970. A revista Guitar World publicou uma lista com as 50 músicas mais pesadas do rock antes que o Black Sabbath fosse criado:

    01 – LED ZEPPELIN, “Dazed and Confused” (1969)
    02 – MC5, “Kick Out the Jams” (1969)
    03 – HIGH TIDE, “Death Warmed Up” (1969)
    04 – PINK FLOYD, “The Nile Song” (1969)
    05 – EDGAR BROUGHTON BAND, “Evil” (1969)
    06 – BITTER CREEK, “Plastic Thunder” (1967)
    07 – JACULA, “Triumphatus Sad” (1969)
    08 – THE BEATLES, “Helter Skelter” (1968)
    09 – CROMAGNON, “Caledonia” (1969)
    10 – THE JIMI HENDRIX EXPERIENCE, “Voodoo Child (Slight Return)” (1968)
    11 – THE 31 FLAVORS, “Distortions of Darkness” (1969)
    12 – THE STOOGES, “I Wanna Be Your Dog” (1969)
    13 – VALHALLA, “Hard Times” (1969)
    14 – DEEP PURPLE, “Wring That Neck” (1968)
    15 – SCREAMIN’ JAY HAWKINS, “I Put a Spell on You” (1956)
    16 – KING CRIMSON, “21st Century Schizoid Man” (1969)
    17 – CREAM, “Tales of Brave Ulysses” (1967)
    18 – STONE GARDEN, “Oceans Inside Me” (1969)
    19 – BLUE CHEER, “Summertime Blues” (1968)
    20 – LED ZEPPELIN, “Communication Breakdown” (1969)
    21 – STEPPENWOLF, “Born to be Wild” (1967)
    22 – THE CRAZY WORLD OF ARTHUR BROWN, “Fire” (1968)
    23 – THE KINKS, “All Day and All of the Night” (1964)
    24 – VELVET HAZE, “Last Day on Earth” (1967)
    25 – ANDROMEDA, “Keep Out ’Cos I’m Dying” (1969)
    26 – THE SONICS, “The Witch” (1965)
    27 – BLACK WIDOW, “Come to the Sabbat!” (1969)
    28 – VANILLA FUDGE, “You Keep Me Hangin’ On” (1967)
    29 – IRON BUTTERFLY, “In-A-Gadda-Da-Vida” (1968)
    30 – JIMI HENDRIX, “Purple Haze” (1967)
    31 – LED ZEPPELIN, “Whole Lotta Love” (1969)
    32 – TEN YEARS AFTER, “Bad Scene” (1969)
    33 – ARZACHEL, “Leg” (1969)
    34 – THE BEATLES, “I Want You (She’s So Heavy)” (1969)
    35 – HUMBLE PIE, “Desperation” (1969)
    36 – CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL, “Fortunate Son” (1969)
    37 – BUNKER HILL, “The Girl Can’t Dance” (1963)
    38 – CAPTAIN BEEFHEART, “Diddy Wah Diddy” (1966)
    39 – DRAGONFLY, “Blue Monday” (1968)
    40 – THE KINKS, “You Really Got Me” (1964)
    41 – CREAM, “Sunshine of Your Love” (1967)
    42 – SAM GOPAL, “Season of the Witch” (1969)
    43 – THE WAILERS, “Out of Our Tree” (1966)
    44 – THE COUNT FIVE, “Psychotic Reaction” (1966)
    45 – PINK FLOYD, “Interstellar Overdrive” (1967)
    46 – THE GUESS WHO, “American Woman” (1970)
    47 – COVEN, “Pact With Lucifer” (1969)
    48 – THE WHO, “My Generation” (1965)
    49 – THE YARDBIRDS, “Happenings 10 Years Time Ago” (1966)
    50 – THE TROGGS, “Wild Thing” (1966)

     
  • carames 0:15 em 25/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 50 melhores covers de todos os tempos, all along the watchtower, , , , , lista   

    50 melhores covers de todos os tempos 

    A Gibson publicou em seu site uma lista com as 50 melhores covers de todos os tempos em homenagem a artistas que, apesar de não serem os autores, fizeram versões definitivas destas obras. Confira a lista:

    01- ‘All Along The Watchtower’ The Jimi Hendrix Experience (Bob Dylan)
    02- ‘Twist And Shout’ The Beatles (The Top Notes, The Isley Brothers)
    03- ‘Hurt’ Johnny Cash (Nine Inch Nails)
    04- ‘I Fought The Law’ The Clash (The Crickets, Bobby Fuller Four)
    05- ‘Crossroads’ Cream (Robert Johnson)
    06- ‘Hallelujah’ Jeff Buckley (Leonard Cohen)
    07- ‘Mr- Tambourine Man’ The Byrds (Bob Dylan)
    08- ‘The House Of The Rising Sun’ The Animals (Traditional)
    09- ‘You Really Got Me’ Van Halen (The Kinks)
    10- ‘Respect’ Aretha Franklin (Otis Redding)
    11- ‘Jolene’ The White Stripes (Dolly Parton)
    12- ‘Hound Dog’ Elvis Presley (‘Big Mama” Thornton)
    13- ‘Little Wing’ Stevie Ray Vaughan And Double Trouble (The Jimi Hendrix Experience)
    14- ‘The Man Who Sold The World’ Nirvana (David Bowie)
    15- ‘With A Little Help From My Friends’ Joe Cocker (The Beatles)
    16- ‘Ain’t That A Shame’ Cheap Trick (Fats Domino)
    17- ‘Knockin’ On Heaven’s Door’ Guns N’ Roses (Bob Dylan)
    18- ‘Not Fade Away’ The Rolling Stones (Buddy Holly And The Crickets)
    19- ‘(I Can’t Get No) Satisfaction’ Devo (The Rolling Stones)
    20- ‘Young Man Blues’ The Who (Mose Allison)
    21- ‘I Heard It Through The Grapevine’ Creedence Clearwater Revival (Marvin Gaye)
    22- ‘Statesboro Blues’ The Allman Brothers Band (Blind Willie Mctell)
    23- ‘Hard To Handle’ Black Crowes (Otis Redding)
    24- ‘Love In Vain’ The Rolling Stones (Robert Johnson)
    25- ‘Where Did You Sleep Last Night’ Nirvana (Traditional, Lead Belly)
    26- ‘Proud Mary’ Ike And Tina Turner (Creedence Clearwater Revival)
    27- ‘Take Me To The River’ Talking Heads (Al Green)
    28- ‘Higher Ground’ Red Hot Chili Peppers (Stevie Wonder)
    29- ‘Blue Suede Shoes’ Elvis Presley (Carl Perkins)
    30- ‘Blinded By The Light’ Manfred Mann’s Earth Band (Bruce Springsteen)
    31- ‘That’s All Right’ Elvis Presley (Arthur ‘Big Boy” Crudup)
    32- ‘Rockin’ In The Free World’ Pearl Jam (Neil Young)
    33- ‘Oh, Pretty Woman’ Van Halen (Roy Orbison)
    34- ‘American Woman’ Lenny Kravitz (The Guess Who)
    35- ‘Come Together’ Aerosmith (The Beatles)
    36- ‘Gloria’ Patti Smith (Them)
    37- ‘You’ll Never Walk Alone’ Gerry And The Pacemakers (Rogers And Hammerstein From Carousel)
    38- ‘(I Can’t Get No) Satisfaction’ Otis Redding (The Rolling Stones)
    39- ‘You Shook Me” Led Zeppelin (Muddy Waters)
    40- ‘How High The Moon’ Les Paul And Mary Ford (Benny Goodman)
    41- ‘Rusty Cage’ Johnny Cash (Soundgarden)
    42- ‘Blue Bayou’ Linda Ronstadt (Roy Orbison)
    43- ‘Absolutely Sweet Marie’ Jason And The Scorchers (Bob Dylan)
    44- ‘Blueberry Hill’ Fats Domino (Sammy Kaye Orchestra, Glenn Miller And His Orchestra)
    45- ‘Sabbra Cadabra’ Metallica (Black Sabbath)
    46- ‘Sorrow’ David Bowie (The Mccoys, The Merseys)
    47- ‘Monkey Man’ The Specials (Toots & The Maytals)
    48- ‘Money (That’s What I Want)” The Beatles (Barrett Strong)
    49- ‘Suzie Q’ Creedence Clearwater Revival (Dale Hawkins)
    50- ‘A Day In The Life’ Jeff Beck (The Beatles)


     
  • carames 0:07 em 21/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 2001 uma odisséia no espaço, , casablanca, cães de aluguel, filmes não vistos, lista, o poderoso chefão,   

    Filmes, para ver e contar 


    Pesquisa feita pelo site Lovefilm.com revelou que quatro em cada cinco entrevistados mente quando o assunto é ter assistido a determinados filmes. Dos cerca de 1,5 mil entrevistados, 30% apontaram O Poderoso chefão como exemplo de filme que, apesar de não terem assistido, mentiram a amigos que sim para impressioná-los.

    Em segundo lugar ficou Casablanca com Humphrey Bogart e Ingrid Bergman enquanto Taxi Driver de Martin Scorsese ocupou a terceira colocação. Os outros dois filmes que encabeçam a lista são 2001: uma odisséia no espaço de Stanley Kubrick e Cães de aluguel de Quentin Tarantino.

    Segue o trailer de cada filme para dar um empurrãozinho em quem ainda não assistiu. Afinal, mais feio que mentir é não conhecer estes clássicos.

    O Poderoso Chefão (1972)

    Casablanca (1942)

    Taxi Driver (1976)

    2001, Uma Odisséia no Espaço (1968)

    Cães de Aluguel (1992)

     
  • carames 0:05 em 17/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , bad company, , , , lista, melhores segundos discos, , , the allman brothers band, , ,   

    Os 10 melhores ‘segundos’ discos 

    A Ultimate Classic Rock divulgou uma lista com o que considera os 10 melhores segundos álbuns. A publicação já havia divulgado uma lista com os melhores discos de estréia. Led Zeppelin, Van Halen, The Beatles e Black Sabbath que haviam sido citados entre os melhores discos de estréia repetiram o feito com seus discos seguintes.

    Confira abaixo e faça a sua própria lista:

    1: ‘Let There Be Rock’ – AC/DC

    AC/DC Let There Be Rock

    2: ‘Paranoid’ – Black Sabbath

    Black Sabbath Paranoid

    3: ‘Led Zeppelin II’ – Led Zeppelin

    Led Zeppelin II

    4: ‘Diary Of A Madman’ – Ozzy Osbourne

    Ozzy Osbourne Diary of a Madman

    5: ‘Van Halen II’ – Van Halen

    Van Halen II

    6: ‘Meet The Beatles’ – The Beatles

    The Beatles Meet the Beatles

    7: ‘The Southern Harmony and Musical Companion’ – The Black Crowes

    The Black Crowes the Southern Harmony and Musical Companion

    8: ‘Ride The Lightning’ – Metallica

    Metallica Ride the Lightning

    9: ‘Idlewild South’ – The Allman Brothers Band

    Allman Brothers Band Idlewild South

    10: ‘Straight Shooter’ – Bad Company

    Bad Company Straight Shooter

     
  • carames 0:56 em 05/06/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , fresh fruit for rotting vegetables, lista, melhores discos punk de estréia, , punk's not dead, , , ,   

    Os 5 melhores discos de estréia (punk) 

    A Ultimate Classic Rock divulgou uma lista com o que considera os 10 melhores álbuns de estréia mas acabou deixando o punk de lado. Justiça seja feita:

    1: ‘Ramones’ – Ramones

    Pedra fundamental do punk. Bastaram 29 minutos de música e três acordes para quatro novaiorquinos do Queens fazerem história.

    2: ‘Nevermind the Bollocks, Here’s The Sex Pistols’ – Sex Pistols

    Influenciados pelos Ramones, Johnny Rotten e cia fizeram um dos melhores discos da história e de quebra afrontaram a realeza britânica.

    3: ‘The Clash’ – The Clash

    Política e incendiária mistura de rock e ska.

    4: ‘Fresh Fruit for Rotting Vegetables’ – Dead Kennedys

    Um petardo contra o governo Reagan e a classe média americana conservadora.

    5: ‘Punk’s not Dead’ – The Exploited

    Resposta dos moicanos escoceses à música new wave do começo dos anos 1980.

     
  • carames 1:01 em 31/05/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 10 melhores discos de estréia, , , , , , , lista, , , the cars, , ,   

    Os 10 melhores discos de estréia 

    A Ultimate Classic Rock divulgou uma lista com o que considera os 10 melhores álbuns de estréia.
    Confira abaixo e faça a sua própria lista:

    1: ‘Led Zeppelin’ – Led Zeppelin

    É difícil encontrar um álbum de estréia tão coeso e poderoso quanto esta pérola de 1969.

    Led Zeppelin Led Zeppelin

    2: ‘Are You Experienced’ – Jimi Hendrix Experience

    Ninguém até agora conseguiu provar com sucesso que Jimi Hendrix não seja de outro mundo.
    Jimi Hendrix Experience Are You Experienced?

    3: ‘Appetite for Destruction’ – Guns N’ Roses

    Hard rock com sarcasmo pop são a influência desta obra-prima.
    Guns N' Roses Appetite For Destruction

    4: ‘Van Halen’ – Van Halen

    O Hard Rock nunca mais foi o mesmo depois de Eddie Van Halen e seu estilo revolucionário.
    Van Halen Van Halen

    5: ‘The Doors’ – The Doors

    Jim Morrison e Ray Manzarek criaram arranjos incomuns com músicas sombrias e sem baixista.
    The Doors The Doors

    6: ‘Black Sabbath’ – Black Sabbath

    A árvore genealógica do heavy metal moderno foi plantada aqui mesmo.
    Black Sabbath Black Sabbath

    7: ‘Please Please Me’ – The Beatles

    Sempre à frente dos Stones em seus primórdios, este primeiro registro contém oito músicas da parceria Lennon/Mccartney.
    The Beatles Please Please Me

    8: ‘England’s Newest Hit Makers’ – The Rolling Stones

    O primeiro registro dos Stones está recheado de covers de soul e blues mas com uma roupagem única.
    The Rolling Stones England's Newest Hit Makers

    9: ‘The Cars’ – The Cars

    ‘Good Times Roll’,  ‘My Best Friend’s Girl’ e  ‘Just What I Needed’ são apenas as três primeiras músicas do disco.
    The Cars The Cars

    10: ‘Boston’ – Boston

    O disco homônimo do Boston invadiu as rádios com um exército de espaçonaves.
    Boston Boston

    Matéria publicada originalmente na Ultimate Classic Rock

     
  • carames 23:18 em 25/05/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: 10 melhores, , lista, , progressivo   

    As 10 melhores músicas do Pink Floyd 

    Listas, sempre elas. Desta vez a revista Rolling Stone elegeu as 10 melhores músicas do Pink Floyd. Confira e discorde (ou não):

    01. “Wish You Were Here”

    02. “Comfortably Numb”

    03. “Time”

    04. “Shine On You Crazy Diamond”

    05. “Echoes”

    06. “Money”

    07. “Another Brick In The Wall (Part 2)”

    08. “Us & Them”

    09. “Dogs”

    10. “Hey You”

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: