Marcado como: malcolm mclaren Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 11:00 em 18/04/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , Crescendo com os Sex Pistols, , malcolm mclaren, precisa-se de sangue novo, , ,   

    Livro – Crescendo com os Sex Pistols, precisa-se de sangue novo 2012 

    livro - crescendo com os sex pistolsDa experiência frustrada de Malcolm Mclaren empresariando os New York Dolls veio a idéia para criação dos Sex Pistols.

    Se com os Dolls o tema era o comunismo e roupas vermelhas, para os Pistols estava reservado o Anarquismo e as roupas da loja de Mclaren, chamada Sex e capitaneada por sua esposa, a estilista Viviene Westwood.

    Tão meteóricos quantos os Dolls, Johnny Rotten e cia seguiram à risca a cartilha de seu empresário e conseguiram em poucos meses entrar e sair de duas gravadoras embolsando valores astronômicos sem sequer fazer o mínimo esforço.

    Ultrajaram a realeza em pleno jubileu da rainha e os lares britânicos em plena hora do chá. Já com Sid Vicious (cuja história foi contada no filme de Alex Cox, Sid and Nancy) a bordo partiram para sua derrocada final em solo ianque, não sem antes abalar as estruturas da música em ambos os lados do Atlântico e garantir um disco épico na história da música.

    Quase duas décadas depois de sua implosão a banda voltaria a se reunir para uma turnê com sua formação original fazendo valer a letra de Anarchy in the UK “não sei o que quero mas sei como consegui-lo”. Editora Madras, 360 páginas.

     
  • paulocarames 11:00 em 14/03/2013 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , malcolm mclaren, nina antonia, , , the new york dolls   

    Livro – A Arrasadora Trajetória do Furacão The New York Dolls 2012 

    livro - A Arrasadora Trajetória do Furacão The New York DollsSe tem uma banda que levou a sério a máxima sexo, drogas e rock n’ roll com certeza foram os New York Dolls. A biografia com subtítulo Do Glitter ao Caos (no original, Too Much Too Soon, mesmo título do segundo álbum da banda) da escritora/fã Nina Antonia resume bem o que foram os intensos e breves anos em que a banda saiu do anonimato para quebrar tabus e modificar conceitos.

    Antes do punk, vieram os Dolls que foram responsáveis por dois clássicos instantâneos (New York Dolls de 1973 e Too Much Too Soon de 1974) e tiveram uma carreira curta porém intensa. Do alto de seus sapatos plataforma, David Johansen, Arthur “Killer” Kane, Jerry Nolan, Sylvain Sylvain e Johnny Thunders criaram Personality Crisis, Looking for a Kiss e Trash além do visual que hoje é conhecido e reconhecido em bandas como Kiss e Aerosmith.

    A despeito do que muitos pensam e apesar do visual drag queen, o envolvimento de Thunders e cia com as groupies também era baseada em excessos. Entre elas, Sable Starr (que também carimbou Robert Plant, Mick Jagger, Rod Stewart, Alice Cooper) e Connie Gripp (futuro affair de Dee Dee Ramone).

    Infelizmente numa carreira de tantos excessos, sobrou pouco tempo pro rock n’ roll. Ainda assim, a banda encarou uma volta com Johansen, Sylvain e Kane nos anos 2000 e ainda hoje tem status de lenda mesmo que quatro dos integrantes da banda já tenham falecido. Só pra lembrar, da tentativa fracassada de empresariar os Dolls, é que Malcolm Mclaren tirou o aprendizado para criar os Sex Pistols quando voltou à Inglaterra. Editora Madras, 206 páginas.


     
  • paulocarames 15:39 em 28/04/2012 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , , , , , , malcolm mclaren, , , , , , , , , , the edge   

    DVD – Ramones: Songs That Changed the World I Wanna Be Sedated 2007 

    Documentário canadense de 36 minutos que foi ao ar em 2003, posteriormente lançado em dvd, em 2007. Faz parte da série Impact que desvenda a história por trás de canções que mudaram o panorama da música mundial.

    Desta vez o destaque são os Ramones e o clássico I Wanna Be Sedated – lançado em 1978 no álbum Road to Ruin.

    Legs McNeil (Mate-me por favor), Hilly Kristal (dono do CBGB’s), Monte Melnick, Mickey Leigh (irmão de Joey), Daniel Rey, Jim Bessman (biógrafo da banda), Jerry Only (Misfits) e The Edge traçam um rápido panorama dos primeiros anos de banda e suas primeiras apresentações ao vivo.

    O paralelo entre a explosão deste hit e o quanto sua influência resistiu a era disco são descritas por Marky Ramone, o único ramone entrevistado.

    Além dos depoimentos o vídeo também conta com trechos da banda ao vivo em janeiro de 1981 no programa Tomorrow Show.

    Ficha Técnica:
    Standing Room Only

    Joey Ramone – vocal
    Johnny Ramone – guitarra
    Dee Dee Ramone – baixo, backing vocal
    Marky Ramone – bateria


    ramones - i wanna be sedated 4ramones - i wanna be sedated 5
    ramones - i wanna be sedated 3


     
  • paulocarames 12:51 em 11/07/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , glen matlock, great rock n' roll swindle, , malcolm mclaren, paul cook, , , , ,   

    Documentário – Sex Pistols: The Great Rock n’ roll Swindle 1980 

    Malcolm Mclaren criou a maior farsa do rock n’ roll (aliás, título apropriado para este falso documentário). Mclaren, que havia empresariado os New York Dolls, voltou para Inglaterra após sua experiência frustrada com as drag queens americanas e resolveu aliar música e moda para fazer dinheiro.

    Em poucos meses ele criaria os Sex Pistols e viraria o Reino Unido de cabeça para baixo. SEX era o nome da loja de roupas fetichistas e S&M que mantinha com sua esposa e estilista de renome Vivienne Westwood. Foi lá que Steve Jones e Paul Cook se conheceram.

    Johnny Rotten passeava pela rua usando uma camiseta com a inscrição “Odeio Pink Floyd” e foi convidado a assumir os vocais após cantar uma música de Alice Cooper em um Jukebox parecendo o corcunda de Notre Dame.

    Em uma apresentação de Tv eles chocaram o país xingando o apresentador e dizendo palavrões ao vivo em rede nacional. Conseguiram ser chutados de sua gravadora (EMI) e embolsar uma boa grana.

    Logo assinaram com a A&M e lançaram o single God Save the Queen em pleno jubileu da rainha. Proibidos de tocar em praticamente todos os lugares, restou ao grupo mais um golpe de publicidade. Tocaram a bordo de um barco em pleno Tâmisa, atrás de um barco da marinha real inglesa.

    Com um mês de contrato conseguiram ser chutados de mais uma gravadora, embolsando mais uma boa quantia em dinheiro. Com a saída do baixista Glen Matlock, Sid Vicious não só entraria para banda como se tornaria o maior ícone punk que se tem notícia.

    O lançamento do álbum Nevermind the bollocks, here’s the Sex Pistols (algo como ‘deixe os culhões pra lá, aqui estão as pistolas sexuais’) não facilitou a vida da banda. Foi então que veio o golpe de misericórdia.

    Uma turnê pelos Estados Unidos culminou no fim da banda. Àquela altura a banda enfrentava brigas internas, com Nancy Spungen (namorada de Sid) atuando como a Yoko Ono punk. A escolha de um circuito alternativo para os shows também se mostraria um fardo. Ao invés de clubes underground como Max’s ou CBGB’s, eles excursionaram por bares do interior cheios de caubóis acostumados a música country.

    Ainda deu tempo de Steve Jones e Paul Cook virem ao Rio de Janeiro e gravarem No One is Innocent e Belsen was a gas com Ronnie Biggs, o famoso assaltante do trem pagador que roubou 2,6 milhões de libras de um trem e após fugir da prisão escondeu-se no Brasil.

    Escrita seguindo lições de marketing de Mclaren, chegaria ao fim este capítulo da história do rock.

    As lições de Malcolm Mclaren:
    01 – Junte jovens e alimente o ódio entre eles
    02 – Estabeleça um nome
    03 – Arranje um advogado cujos interesses não sejam musicais, mas sim dinheiro.
    04 – Não toquem, evitem exposição pública
    05 – Saia da gravadora o mais rápido possível arrancando o máximo possível de grana
    06 – Procure o evento do momento e o explore ao limite
    07 – Cultive o ódio, faça a audiência te odiar
    08 – Diversifique seu negócio
    09 – Leve civilização aos bárbaros
    10 – Afinal, quem matou Bambi??

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: