Marcado como: rick rubin Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • paulocarames 13:59 em 12/11/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , Black Sabbath volta com formação original em 2012, , , rick rubin   

    Black Sabbath volta em 2012 com integrantes originais, disco e turnê 


    Depois de muita especulação, agora é oficial. O Black Sabbath deve voltar a gravar um álbum e fazer turnê com a formação que tinha Ozzy Osbourne no vocal, Tony Iommi na guitarra, Geezer Butler no baixo e Bill Ward na bateria em 2012.

    O disco deverá ser produzido por Rick Rubin e em 33 anos é o primeiro de Ozzy com a banda que em 1997 juntou-se para a turnê Reunion.

    Já a turnê deve começar em 12 de junho de 2012 durante o festival Download Fest em Leicestershire, Inglaterra. Caso a turnê contemple o Brasil, será a primeira vez que a formação original se apresenta por aqui.



     
  • paulocarames 0:24 em 26/09/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , 20 anos, Blood Sugar Sex Magik, give it away, gus van sant, , , , rick rubin, suck my kiss, under the bridge   

    LP/CD – Red Hot Chili Peppers – Blood Sugar Sex Magik 1991 


    Definitivamente, o ano de 1991 é um divisor de águas na história do rock. Depois do boom punk do final dos anos 1970, a década seguinte foi dominada por bandas de hard rock que se destacaram mais pela extravagância com drogas e estrelismo do que pela qualidade das músicas que apresentavam.

    Em 1991, graças à qualidade dos discos lançados, era possível ouvir rock até mesmo nas menores estações de rádio. Mesmo disputando espaço com outros gêneros (sertanejo e dance music no caso do Brasil) as bandas de rock ‘alternativo’ haviam chegado ao mainstream.

    São deste mesmo ano clássicos absolutos como Nevermind (Nirvana), Black Album (Metallica), Ten (Pearl Jam), os duplos Use Your Illusion vol I e II (Guns n’ Roses) assim como o próprio Blood Sugar Sex Magik.

    A capa foi clicada pelo cineasta Gus Van Sant e o álbum produzido por Rick Rubin, (Beastie Boys, Slayer, Johnny Cash) vendeu mais de 13 milhões de cópias e impulsionou a carreira dos Chili Peppers que passaram a excursionar mundo afora e ter seus clipes exibidos exaustivamente pela MTV.

    Tamanha exposição resultou na saída do guitarrista John Frusciante, que teve dificuldades em enfrentar a fama decorrente do sucesso do disco. São deste álbum hits absolutos, não só da banda, mas da discografia definitiva do rock como Suck my Kiss, Give it Away e Under the Bridge.

    O disco consolidaria a fusão funk/metal que a banda apresentara nos quatro álbuns anteriores, porém, com um impacto que alçaria a banda aos olhos do grande público, com direito a trilha sonora de novela da Globo.

    Tracklist:
    01.”The Power of Equality” 4:03
    02.”If You Have to Ask” 3:37
    03.”Breaking the Girl” 4:55
    04.”Funky Monks” 5:23
    05.”Suck My Kiss” 3:37
    06.”I Could Have Lied” 4:04
    07.”Mellowship Slinky in B Major” 4:00
    08.”The Righteous and the Wicked” 4:08
    09.”Give It Away” 4:43
    10.”Blood Sugar Sex Magik” 4:31
    11.”Under the Bridge” 4:24
    12.”Naked in the Rain” 4:26
    13.”Apache Rose Peacock” 4:42
    14.”The Greeting Song” 3:14
    15.”My Lovely Man” 4:39
    16.”Sir Psycho Sexy” 8:17
    17.”They’re Red Hot (Robert Johnson)” 1:12



     
  • paulocarames 12:20 em 15/09/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: acorda hip hop, , , DJ TR, Editora Aeroplano, , nwe, , racionais mc's, , rick rubin,   

    Livro – Acorda Hip Hop 

    De autoria de DJ TR, pesquisador e especialista em Hip Hop nacional e estrangeiro, Acorda Hip Hop resgata a história deste gênero que há muito deixou os guetos e hoje chega a todos os seguimentos da sociedade.

    Brancos; negros; homens; mulheres; no Brasil ou fora dele. O movimento que começou nos bairros pobres de Nova Iorque difundiu seus elementos (grafite, break, MC) e espalhou sua mensagem mundo afora. Criado a partir de elementos da música reggae, o canto de forma improvisada em cima de uma batida caiu no gosto dos jovens pobres nas periferias americanas e de lá para o mundo.

    Dos primórdios na década de 1970 com Run DMC, NWE e Public Enemy até os Beastie Boys e o rap com banda, encontrando no Brasil seus principais representantes (os Racionais Mc’s) nos anos 1980 até a criação e proliferação do Gangsta Rap (Snoopy Dog e Dr Dre) na década de 1990.

    Muito deste desenvolvimento se deve à Rick Rubin, produtor de obras clássicas como Raising Hell do Run-D.M.C. e Licensed to Ill dos Beastie Boys, ambos de 1986 e It Takes a Nation of Millions to Hold Us Back do Public Enemy (1988).

    A partir deste ponto, o hip hop foi ficando cada vez mais popular e saiu das áreas pobres para ganhar espaço em programas de TV como na MTV e no caso do Brasil na Tv Cultura.

    Com depoimentos de Mano Brown, Gabriel, o pensador e Nino Brown, DJ TR nos apresenta uma bela síntese deste gênero que soube mesclar protesto e diversão. E ao contrário do que o autor afirma no prefácio, consegue sim desenvolver uma espécie de Bíblia do Hip-hop Nacional.

    Acesse aqui a versão PDF do livro ou corra para uma livraria. Editora Aeroplano, 456 páginas.

     
  • paulocarames 10:50 em 08/09/2011 Link Permanente | Resposta
    Tags: , , , , , rick rubin   

    CD – Red Hot Chili Peppers: I’m With You 2011 


    O décimo álbum de estúdio do Red Hot Chili Peppers chega às lojas com a mudança nas guitarras de John Frusciante, substituído por Josh Klinghoffer mas com a manutenção do som vitorioso apresentado nos últimos discos: Californication (1999), By The Way (2002) e Stadium Arcadium (2006) – ganhador de 5 prêmios Grammy.

    Coube ao vocalista Anthony Kiedis e ao baixista Flea comandarem o barco com a saída de Frusciante que teve duas passagens pela banda e entre 1988 a 2006 ficou fora entre 92 e 98 sendo substituído por Dave Navarro no (irregular) One Hot Minute de 1995.

    Desta vez, Frusciante deixa a banda para dedicar-se aos seus projetos solo enquanto o baterista Chad Smith promete dar um tempo com o Chickenfoot, projeto que mantém ao lado de Sammy Hagar e Joe Satriani.

    O primeiro single (The Adventures of Rain Dance Maggie) foi lançado em julho. A produção ficou a cargo de Rick Rubin, que havia produzido Blood Sugar Sex Magik de 1991 e já trabalhou com gigantes como Beastie Boys, Run DMC, Public Enemy, Slayer e Johnny Cash.

    Faz um tempinho os Chili Peppers são garantia de bons discos e desta vez não é diferente. Certamente ainda ouviremos canções deste disco nas rádios e em shows (como o que a banda deve fazer ainda em setembro, na cidade de São Paulo).

    Track List:
    01.”Monarchy of Roses” 4:11
    02.”Factory of Faith” 4:20
    03.”Brendan’s Death Song” 5:38
    04.”Ethiopia” 3:50
    05.”Annie Wants a Baby” 3:40
    06.”Look Around” 3:28
    07.”The Adventures of Rain Dance Maggie” 4:42
    08.”Did I Let You Know” 4:21
    09.”Goodbye Hooray” 3:52
    10.”Happiness Loves Company” 3:33
    11.”Police Station” 5:35
    12.”Even You Brutus?” 4:01
    13.”Meet Me at the Corner” 4:21
    14.”Dance, Dance, Dance” 3:45

     
  • paulocarames 3:23 em 12/09/2010 Link Permanente | Resposta
    Tags: , American IV, , , , rick rubin,   

    CD – Johnny Cash: American IV, The Man Comes Around 2002 

    Quarto disco da série American Recordings gravada por Johnny Cash em parceria com o produtor Rick Rubin – conhecido antes por trabalhos com artistas como os rappers Beastie Boys, LL Cool J e Run DMC e os metaleiros do Slayer. É o último álbum lançado em vida por Cash e contou com a participação de Fiona Apple, Nick Cave e Don Henley.
    A decisão de dar início a este projeto partiu do desejo que o cantor tinha em gravar as músicas que sempre desejou ter gravado ou composto. No repertório, covers do Nine Inch Nails, Hank Williams e Beatles mostrando a versatilidade de Cash.

    01. “The Man Comes Around” Johnny Cash 4:26
    02. “Hurt” Trent Reznor 3:38
    03. “Give My Love to Rose” Cash 3:28
    04. “Bridge Over Troubled Waters” Paul Simon 3:55
    05. “I Hung My Head” Sting 3:53
    06. “The First Time I Ever Saw Your Face” Ewan MacColl 3:52
    07. “Personal Jesus” Martin Gore 3:20
    08. “In My Life” Lennon / McCartney 2:57
    09. “Sam Hall” Tex Ritter 2:40
    10. “Danny Boy” Frederick Weatherly 3:19
    11. “Desperado” Frey / Henley 3:13
    12. “I’m So Lonesome I Could Cry” Hank Williams 3:03
    13. “Tear Stained Letter” Cash 3:41
    14. “Streets of Laredo” (tradicional) 3:33
    15. “We’ll Meet Again” Charles / Parker 2:58

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar
%d blogueiros gostam disto: